Política

MDB: Verde fica amarelo

26 de janeiro de 2024

O presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, não cumpriu o que acertou com o esverdeado parlamentar Cléber Verde, que anda procurando onde se encostar para não voltar a ser feirante.

Na ida ao MDB, antes da reviravolta que jogou o partido no colo do irmão de Brandão, Marcus, Verde teria exigido que a sigla fizesse parte da base de apoio ao prefeito de São Luís Eduardo Braide. Afinal, Cléber tinha nomes de sua confiança em cargos estratégicos na prefeitura.

Acontece que o mundo não gira, ele capota, e Verde deixou de ser peça-chave nas tratativas da sucessão municipal de São Luís, visto o novo comando da sigla, que após movimento do ex-Detran André Campos – de deixar a gestão Braide -, ficou claro as intenções do partido de Sarney, que é de indicar um vice na chapa Duarte Jr.

Se Cléber vai apoiar, ou não, o “devaneio” de outros pretensos pré-candidatos em cidades usando o nome do MDB, isso ficou bem claro: no partido, o apito dele não toca…

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI