Raposa: Contador da Prefeitura é suspeito de ter fraudado documentos para obter seguro desemprego

Ari foi apoiador fervoroso de Eudes nas eleições do ano passado

O blog do Neto Cruz recebeu uma espécie de currículo do atual Contador da Prefeitura e braço direito de Eudes Barros, do PL. Trata-se do Contador Registro MA-012605/O, Ariosmar de Jesus Lopes.

A função de Lopes, na gestão Eudes/Maranhãozinho, é controlar os gastos públicos e atestar a correção dos atos administrativos. Para um cargo de tal envergadura precisa ser uma espécie de paladino da moral administrativa e da Legalidade. Ariosmar, segundo informantes bem posicionados do blog, é um verdadeiro ‘wolf‘ das contas públicas.

Em tese, para tal cargo, deveria ser escolhido alguém de reputação ilibada, que não tivesse seu nome envolvido em falcatruas ou coisas do tipo. Mas não foi o que aconteceu na pequena e sem sorte cidade pesqueira de Raposa, supostamente.

O Sr. Ariosmar, conhecido no meio Contábil como Ari, é suspeito de ter fraudado a previdência social para receber indevidamente o benefício do seguro desemprego.

Segundo informações da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), Ari foi contratado pelo Serviço de Abastecimento de Água e Esgotos de Raposa (SAAE) em 01/08/2011, para ser Contador daquela entidade, mesmo tendo se formado somente no final daquele ano. Ali, teria permanecido até 25/02/2015, quando fora demitido.

À época, o salário percebido era no valor de R$ 1.970,00 para uma carga horária de 40 horas semanais. Até aí, tudo bem. Ariosmar requereu e recebeu o seguro desemprego no valor de 6 parcelas de R$1.970,00. Convém lembrar que tal benefício é devido somente aos trabalhadores que permanecem desempregados, sem ter de onde tirar seu sustento.

Conforme informações da base da Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP), passados pouco mais de 8 meses, em 3/11/2015, Ari teria sido recontratado pelo mesmo SAAE/ Raposa, desta vez com um salário de R$3.960,00, o dobro do primeiro soldo, para um cargo não identificado.

Estranhamente, a base de dados da RAIS (Caixa Econômica Federal) não informou tal contratação.

Será que tal contratação realmente existiu? Ou foi só um engodo para tapear, à la Richard “Dick” Milhous Dastardly, o Dick Vigarista, a CAIXA e usufruir de novo benefício do seguro desemprego? Perguntas que serão feitas na sala fria de Eudes, que dias atrás teve que exonerar seu aliado da direção da Unidade Mista por suspeita de tentativa de estupro, denúncia exclusiva desta página.

Novamente deu entrada no benefício e recebeu 6 parcelas de R$3.960,00 de seguro desemprego. Aos especialistas do mundo Contábil, a explicação é que o Sr. Ari “inventou” o vínculo para se garantir com alguma renda, caso saísse da administração de Raposa a partir de janeiro de 2017, situação que de fato teria ocorrido.

Além do vínculo empregatício duvidoso, do cargo não identificado, do salário astronômico e da ausência de informações de tal contratação na RAIS, o Sr. Ari não poderia usufruir tal benefício, vez que em janeiro de 2017 já não estava mais desempregado, tendo sido nomeado Contador da Câmara Municipal de Vereadores de Conceição do Lago-açu/MA, onde teria permanecido por 2 anos, até 31/12/2018.

Mas o rosário de irregularidades cometidas por Ari, CGM de Raposa, como acúmulo ilegal de cargos, empregos geograficamente incompatíveis – no mesmo período, foi até motorista de caminhão em Balsas -, duplicidade de identificação social, colocam em xeque a idoneidade jurídica e moral para exercer a contento o mister inerente à função pública que vem exercendo.

É pauta para muitas outras histórias…

Veja, em anexo, documentos obtidos pelo site, que apontam para o suposto ilícito…

Ribamar: Julinho joga contra Professores e cava sepultura política

Profissionais da Educação ribamarense sentem o peso da mão de Julinho logo nos primeiros meses de gestão. Com interesses nada convergentes com os 27.504 votos obtidos no último pleito, o arrendatário de Josimar Maranhãozinho (PL) tratou de tentar meter a mão no bolso dos professores, Stricto sensu, além de desfazer uma das suas promessas de campanha.

O vereador Professor Cristiano (SD) encaminhou indicação onde pleiteava PL onde os professores ribamarenses tivessem direito a ampliação na jornada de trabalho, exercendo dupla jornada.

Em uma justificativa sem pé nem cabeça, Julinho alegou que pelo fato de as aulas estarem sendo ministradas de forma remota não há o que se falar sobre ampliação da jornada de trabalho, um soco no estômago da classe que investiu pesado na campanha do ex-diretor da Maternidade Benedito Leite.

Para Julinho e boa parte dos vereadores que estão com parentes e aderentes na Folha da Prefeitura de SJR – e que também trabalham de forma remota -, os professores merecem ficar a pão e água…

A obra suspeita de ‘Fernandinho Beira-Mar’ em Bacabal

Leitores do blog na cidade de Bacabal relatam o descompromisso da gestão  Emílio Carvalho/Edvan Brandão com a Saúde. O hospital reinaugurado no último dia 17 e que o prefeito de foto mudou até o nome para homenagear sua matriarca até hoje não está atendendo os bacabalenses.

Fernando de óculos ladeado pelo deputado estadual Roberto Costa

O site apurou que construtora responsável pela reforma milionária do Hospital Socorrão de Bacabal, Mix Construtora e seu proprietário, o ex-dono de bingo e empresa de compra premiada, Fernando Silva Araújo, mais conhecido em Bacabal pela alcunha de “Fernandinho Beira-Mar”, viraram réus em processo judicial envolvendo contratos suspeitos de mais de R$ 13 milhões com prefeitura de Satubinha, conforme processo em anexo.

Tentamos contato com a prefeitura para obter esclarecimentos de quando o hospital funcionará, sem sucesso…

 

O rabo-de-palha de Weverton Rocha

Pois nada há de oculto que não venha a ser revelado, e nada em segredo que não seja trazido à luz do dia, Marcos 4:22.

Essa passagem da Bíblia cai como uma luva para o atual momento vivido pelo senador Weverton Rocha, do PDT, que tem rabo de palha.

Rocha coleciona processos judiciais que se arrastam desde a época em que comandava a Secretaria de Esporte do Maranhão. Segundo apura as investigações sobre o caso, W.R. teria favorecido uma empresa aliada para a reforma de um ginásio, dispensando a licitação de forma indevida e criminosa, o que lhe rendeu investigação por peculato e corrupção.

Nos últimos dias a Imprensa trouxe à tona o modus operandi do publicitário de miséria alheia e que encurtam a caminhada de Weverton, rumo ao Palácio dos Leões. Segundo o Atual7, Weverton acumula mais um pedido de condenação na Justiça, agora por enriquecimento ilícito.

De acordo com o procurador da República Frederico de Carvalho Paiva, que apresentou os memorais (última manifestação das partes no processo) na ação que corre na 6ª Vara Federal do Distrito Federal (DF), Weverton é acusado de recebimento de benesse providenciado pelo empresário Adair Antônio de Freitas Meira, de Goiânia (GO), que comandava uma rede de entidades que mantinha R$ 17,3 milhões em convênios firmados com o Ministério do Trabalho e Emprego quando o pedetista era assessor do gabinete do então ministro Carlos Lupi, diz o site.

Mesmo com risco de ser condenado, Weverton quer ser candidato a governador.

Resta saber até quando ou se aceitará o convite de Dino para indicar um nome mais leve para compor chapa com o tucano Brandão.

É aguardar e conferir…

São Luís: em nota, SEMUS afirma que vacinará professores da rede privada assim que estabelecimentos enviarem relação de profissionais e receber mais doses da vacina

Dr. Joel, Secretário da SEMUS

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) informa a todos os profissionais da Educação da rede particular de São Luís, que ainda aguarda o envio das relações pelos estabelecimentos com os nomes de profissionais a serem vacinados contra a Covid-19, conforme acordado em reunião no dia 19 de abril com as entidades representativas.

A Semus reforça que também aguarda a entrega das doses de vacina pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), conforme solicitado oficialmente desde o dia 16 de abril.

As nossas equipes estão prontas. Assim que as relações de profissionais forem disponibilizadas e as doses de vacina entregues pela SES à Semus, a vacinação contra a Covid-19 para profissionais da Educação da rede particular de São Luís será iniciada imediatamente.

 

São Luís, 22 de abril de 2021.

Secretaria Municipal de Saúde – Semus

CPL de Vitória do Mearim pode ser alvo de investigação por suposto direcionamento de licitações

Licitantes que procuram a CPL – Central de Licitações – do Município de Vitória do Mearim, capitaneada pelo neófito Nato da Nordestina (PL) chama a atenção do Ministério Público, que deverá acionar a Comissão em breve. Segundo apurou o blog, empresas que enviam e-mail solicitando cadastro para acesso a editais não são respondidas dando a entender que, possivelmente, há direcionamento dos certames.

O site tentou contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, sem sucesso.

Nato é aliado de Josimar Maranhãozinho e eleito pelo PL, partido comandado pelo investigado pela Polícia Federal.

Fontes da cidade asseguram que Nordestina está engessado com o deputado federal, que tem o controle de importantes setores da prefeitura com indicações no primeiro escalão da gestão.

Mas isso é outra história…

Erlânio Xavier: casa de ferreiro, espeto de pau


O presidente da FAMEM e prefeito de Igarapé Grande – fiel escudeiro e sócio do senatorial Weverton Rocha -, Erlânio Xavier, já pode ser conhecido como o vendedor de ilusões na cidade que comanda e ludibria. De acordo com informantes bem posicionados do blog, conta com a ajuda da secretária municipal de cultura, Evanucia Calisto, para embromar profissionais que operam na arte e cultura do Município.

O site apurou, via Relatório de Execução Financeira que Igarapé Grande conta com saldo em conta no valor de quase R$ 100 mil. O dinheiro, segundo a Lei Federal nº 14.017/2020, estabelece mecanismos e critérios para garantir apoio aos trabalhadores e trabalhadoras da cultura e à manutenção de territórios/espaços culturais com atividades interrompidas devido à pandemia do novo coronavírus.

Segundo a tabela, Erlânio não liberou um centado do dinheiro enviado pelo governo federal ao Município. Coisa de gente avarenta e mal intencionada.

Calisto tem dito a inúmeras pessoas que procuram o atendimento que os solicitantes não são englobados no roll de beneficiários, com a clara intenção de que o dinheiro seja destinado para outros fins, supostamente, nada republicanos.

Enquanto isso, quem precisa do dinheiro passa fome e sente a dura e pesada mão de Erlânio Xavier, que segue sendo cabo eleitoral de Weverton, em vez de cuidar dos igarapé-grandenses…

EM TEMPO

No site da Federação, foi divulgado que o Maranhão iria receber mais de R$ 49 milhões pela Lei Aldir Blanc.
Xavier tirou proveito político da situação e sacramentou a expressão casa de ferreiro, espeto de pau, uma vez que afirmou que iria dar o suporte para prefeituras através da entidade que preside mas não resolve nem os problemas da própria gestão…

Paço do Lumiar: Major Roberto mostra porque é líder de governo da gestão Pindoba

O vereador Major Roberto (Patriota), fez pronunciamento durante a sessão na última terça-feira (20), onde deixou evidente seu posicionamento com embasamento técnico na liderança do governo Pindoba (PCdoB). A 18ª Sessão Legislativa CMPL foi a com o maior número de vereadores inscritos. Inicialmente, o parlamentar pontuou sobre a questão do álcool em gel apreendido pela PRF na BR-135, mostrando com dados que se tratava de um negócio jurídico perfeito.

De acordo com parlamentar, o lapso temporal entre a recebida do álcool até a sua entrega foi de 6 meses, processo licitatório que era vigente desde a passagem da ex-secretária de saúde Soraya Santana.

A responsabilidade do transporte fica por conta da contratada, no caso a empresa K7 Química.

Sobre a ausência da nota fiscal, Major frisou que a atualidade permite apresentar documentos em PDF e virtuais, como exemplo prático apontou as sessões remotas da Câmara.

Ao ser indagado pela vereadora Ana Lúcia sobre a responsabilidade do transporte do produto, Major Roberto deu uma aula e, diferente de defesas com apaixonites agudas e excesso de bajulação, o líder de governo mostrou ao vivo porque ocupa tal posição na gestão.

Veja o vídeo:

 

 

Othelino vistoria obras e acompanha Mutirão da Saúde em Pinheiro

Nesta quarta-feira (21), o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), acompanhado do prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), e da vice-prefeita, Ana Paula Lobato (PDT), vistoriou os serviços de recuperação asfáltica da Rua 3 de Setembro, no bairro São Benedito, no município. A restauração da via é fruto de emenda parlamentar de sua autoria, no valor de R$ 1 milhão.

No ato, Othelino afirmou que a emenda, que se soma ao trabalho da Prefeitura de Pinheiro por meio do Programa ‘Pró-Asfalto’, contemplará, ainda, ruas dos bairros Campinho e Floresta.

O prefeito Luciano Genésio agradeceu a parceria que, segundo ele, tem rendido benefícios ao município. No mesmo sentido, a vice-prefeita Ana Paula Lobato ressaltou o apoio do presidente do Parlamento Estadual em benefício de Pinheiro.

Em seguida, a comitiva se dirigiu para a Associação da Polícia Militar, onde estava sendo realizado o ‘Mutirão da Saúde’, ação social destinada às famílias que residem no bairro Cidade das Águas, localizado no entorno de um lixão, em Pinheiro. A iniciativa contemplou cerca de 100 famílias com atendimento básico de saúde, entrega de medicamentos e vacinação.

A ação, proposta pela vice-prefeita Ana Paula Lobato, após visita à comunidade, onde esteve acompanhada pelo vereador Léo Lobato, foi realizada pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde.

Maranhão abre mais de 13 mil novas empresas, no primeiro trimestre de 2021

Sombra, Presidente da JUCEMA

Nos primeiros 90 dias de 2021, em meio à pandemia do novo coronavírus, o Maranhão gerou uma explosão empreendedora, por vocação e necessidade. A Junta Comercial do Maranhão (Jucema), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), informou que 13.375 negócios foram abertos no estado, entre o dia 1º de janeiro e 31 de março. Segundo a Jucema, o número de CNPJs criados foi maior em 24%, em relação ao mesmo período de 2020, quando houve 10.774 registros.

São pessoas entre 21 a 40 anos, cerca de 52% homens e 48% mulheres. Muitos perderam o emprego na crise gerada pela pandemia do novo coronavírus; e outros, segundo o presidente da Jucema, Sérgio Sombra, já buscavam na atividade empreendedora uma alternativa de renda.

“O desemprego está levando as pessoas a se tornarem empresárias. O empreendedorismo se torna, portanto, uma saída. E, não tendo outra possibilidade de renda, os maranhenses abriram as suas empresas. Mas, há quem sempre quis ser dono do próprio negócio; uma pesquisa do Sebrae diz que este público são 50% dos brasileiros”, informou Sérgio Sombra.

A maior parte dos novos negócios, em São Luís, se concentra em bairros periféricos, com destaque para Cidade Operária e Anjo da Guarda. Das 13.376 novas formalizações, 90% são micro e pequenas empresas. Por setores, o comércio teve 5.954 novos negócios, serviço 5.346, indústria 930, construção civil 734, e agropecuária 86. O comércio de vestuário, saúde e alimentos despontam o ranking dos novos CNPJs. No ranking por cidade, São Luís lidera com 4.507 novos negócios; Imperatriz, 1.198; São José de Ribamar, 653; Timon 390; e Paço do Lumiar, 331.

DESBUROCRATIZAÇÃO

Para abrir uma empresa, Sérgio Sombra informou que basta o interessado acessar o site Empresa Fácil (www.empresafácil. ma.gov.br). No endereço eletrônico, pode ser feito o processo de abertura do negócio, realizar alterações, e dar baixa de uma empresa. Sérgio Sombra disse que há também um call center, por onde pode ser feita uma consultoria com profissionais da Jucema.

“Estes são meios práticos, que desburocratiza o atendimento. Mas, também atendemos de forma presencial, basta vir ao prédio da Junta Comercial (localizado em frente à Praça João Lisboa, Centro, São Luís)”, destacou Sérgio.

TAXA ZERO

Taxa Zero é o nome de um programa do governo do Maranhão, por meio da Jucema, para a isenção de taxas na abertura de empresas. A primeira etapa do programa foi realizada no início do segundo semestre de 2020. O objetivo é dinamizar a economia e, em especial, a atividade empreendedora. Sérgio Sombra informou que a segunda etapa do Taxa Zero é realizada do dia 5 de abril a 4 de junho, deste ano. As taxas de abertura, na Jucema, variam de R$ 130 a R$ 550.

“Significa custo zero aos empreendedores que formalizarem empresas classificadas como Limitada (Ltda), Empresário Individual por Responsabilidade Limitada (Eireli), Sociedade Anônima (S/A), Empresário Individual (EI) e Sociedade Cooperativa”, disse Sérgio. O presidente da Jucema informou que a meta é, nestes 60 dias, o estado conseguir mais 2.500 novos negócios registrados.

EMPRESAS QUE FECHARAM 

Entre janeiro e março, a Jucema também registrou o fechamento de 3.656 empresas. O saldo entre o total de empresas abertas e empresas fechadas foi positivosomando 9.719 empreendimentos