Política

São Luís: Silvana Noely sai do estado de ‘letargia’ e parte pra cima de vereador suspeito de denúncias de abuso

13 de dezembro de 2023

Texto: Acsa Serafim

Na sessão ordinária desta terça-feira (12), a vereadora Silvana Noely (Mais Brasil), presidente da comissão de Assistência Social, Mulher e Direitos Humanos, encaminhou à Comissão de Ética, Mesa Diretora e Procuradoria da Mulher uma denúncia que já havia sido registrada na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), envolvendo o vereador Domingos Paz (Podemos) e uma suposta vítima de 12 anos.

Silvana Noely destacou que o regimento interno da Casa permite que a Comissão de Direitos Humanos receba denúncias.

No discurso, Silvana Noely também se pronunciou sobre as acusações feitas por Domingos Paz de que a parlamentar teria armado as denúncias de abuso contra ele. No plenário, Paz apresentou gravações em áudio e vídeo com a suposta vítima de abuso e seu responsável negando as acusações contra ele.

Silvana Noely afirmou que todas as denúncias apresentadas por ela foram feitas com embasamento, após ouvir as vítimas e conhecer todos os fatos.

“Recentemente, Domingos Paz foi à TV Mirante afirmar que está sofrendo perseguição política. Esse vereador já afirmou que ia atirar em dois parlamentares e tirar a própria vida. Eu teria que ser muito irresponsável para colocar minha vida em risco trazendo denúncias sem antes fazer uma busca ativa. Isso não é política, que fique claro”, declarou.

Silvana Noely afirmou que a jovem de 17 anos, que foi trabalhar na casa do vereador e teria sofrido uma tentativa de abuso sexual no ano passado, detalhou o suposto crime em uma carta, que foi enviada para exame grafotécnico, cujo resultado, segundo a parlamentar, está previsto para esta terça-feira.

“Se a carta for falsa, eu entrego o meu mandato”, afirmou.

Silvana Noely também apresentou gravações em áudio apontando que uma mulher chamada Divina, que seria próxima do vereador Domingos Paz, procurou a suposta vítima oferecendo uma mesada no valor de R$ 1 mil em troca de que a suposta vítima gravasse o material em áudio e vídeo negando as acusações contra o parlamentar.

“Ninguém vai me chamar aqui de mentirosa. Eu não tenho interesse algum em prejudicar o seu mandato. Nenhuma das suas tentativas de me jogar contra a população, como se eu estivesse lhe perseguindo, vai adiantar”, concluiu.

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI