Política

Paço do Lumiar: dança das cadeiras; saiba quem são as novas nomeadas na gestão Paula da Pindoba

26 de novembro de 2022

Jovem foi testemunha da “amarração amorosa”…

“Eu vejo o futuro repetir o passado”. Ou seria “Ôh, ôh, ôh, ôh, nada mudou”? De Léo Jaime a Cazuza, músicas fazem a trilha sonora da gestão sem sucessor natural de Paula da Pindoba (PCdoB), que já teria sido cooptada pelos Leões a levantar a mão do seu principal rival no município, o que por si só mostra a decadência política do grupo 1ª prefeita da história do município que conseguiu o feito após o mandato cair em seu colo.

Sem saber a diferença de débito e crédito, no ponto de vista Contábil, Pindoba chegou ao comando do município após um AVC sofrido pelo prefeito Dutra. Brincando com a cor da chita, Paço do Lumiar teve o desprazer de alimentar durante um bom período forasteiros e paraquedistas que se beneficiaram dos cofres do município. Alguns conseguiram, após um sofisticado esquema de nomeação na Folha de Pagamento, fazer o famoso Caixa 2 para serem eleitos em outra freguesia.

A repercussão è época das matérias aqui veiculadas levaram a um desmonte do esquema, serviço esse que adiantou a vida dos vereadores que estavam tontos e garantiu, segundo vozes de dentro do núcleo duro da prefeita, a reeleição de Paula. Ou era isso ou era Adelmo Soares “comendo o bandeco” de Fábio Gentil em Caxias.

Em depoimentos apurados pelo site após a série de denúncias do blog do NC, o ex-Planejamento e um dos mentores do esquema, “ex filho” de Paula –  que segundo membros do seio familiar chegava a dormir de costela como se tivesse saído das entranhas da gestora enquanto quem de fato teria direito ao lençol de orelha ia se embalar na rede – que ainda causa ciúme nos verdadeiros herdeiros, Jameson disse que a “Tia” sabia de tudo o que ocorria no esquema de nomeações.

O estrago não foi maior pois os informantes bem posicionados desta página, assim como o editor, cumprem seu papel social de não deixar Paço na mão de quem não tem comprometimento com a coisa pública e “joga o lixo” pra debaixo do tapete, lixo esse que vem bancando o luxo de novos ricos que descobriram recentemente o “caminho das pedras”.

De enteada de sobrinho de deputado ganhando R$ 15 mil sem nem saber onde fica o Cabina Roots, o site mostrou que o dinheiro do povo luminense servia para tudo, menos para atender às necessidades de quem mora no município. O “sócio” do sobrinho de Adelmo Soares, deputado estadual derrotado – se ainda estivesse em Paço com sua tchurma, talvez tivesse sido reeleito –  emplacou subprocurador em Paço. Era uma gestão alinhada aos interesses do grupo que se aproveitou da inocência da prefeita, que não é a mesma de antes.

Prova disso foi a dança das cadeiras que aconteceu no Diário Oficial desta sexta. Fontes seguras afirmam que as exonerações não tiveram “aviso prévio”.

Entre nomeações e exonerações, Paula mostra que daqui em diante vai adotar o mesmo modus operandi de Jameson e Cia.: favorecer os seus. Namorador que só ele, Malheiros arrepiou os cofres de Paço, nomeando namoradas e ex com salários de encher os olhos de qualquer “novinha”. A relação promíscua ainda rendeu um apadrinhamento de casamento, com direito a nomeações de “ex-sócio” de quem hoje vem deixando o lixo se acumular pela cidade, pois o repasse não é mais feito em sua totalidade.

Prova disso são duas nomeações que não apontam para a ilegalidade, mas para a imoralidade.

A nova secretária de meio ambiente, por exemplo, é sobrinha de Paula. E quem vai assessorar a pasta da novata é outra sobrinha, mas do marido da ex-chefe de gabinete e atual adjunta da SEMDES – tutelada do primeiro cavalheiro (?) -, que serviu de testemunha no enlace matrimonial.

Gestão alinhada aos interesses e personalismo de Pindoba ou dos seus “delegados” não faz mais questão de esconder que seu “ex filho” fez escola…

Veja:

Sobrinha de Paula, com formação na área, assumirá o comando do Meio Ambiente após suspeita de irregularidades no comando da pasta

Sobrinha do “crush” da ex-chefe de gabinete começa a carreira voando alto…

 

Com a “vermelhinha” cheirando a leite, indicação da adjunta da SEMDES mostra direcionamento da gestão para fins pessoais de P.P.

 

Crisanto Jr., tio da nova Assessoria Jurídica do Meio Ambiente, casado com a “afilhada” de Pindoba

 

Jovem foi testemunha da “amarração amorosa”…

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI