Paço do Lumiar: Professores não engolem explicação sobre ‘rateio do FUNDEB’; entenda o caso

Tentando “abafar” o caso, movimento da SEMED é de prometer, igual prometeu o abono, a aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários. Resta saber se o Chefe de Gabinete entregará em tempo hábil no protocolo da Câmara, uma vez que precisa ser aprovado pelos vereadores

Reunião que aconteceu nesta quinta no Centro Administrativo do Tambaú – que serve com Prefeitura em vez de ser na Sede – não convenceu os Professores. Fonte presente no “freak show” das contas do FUNDEB afirma categoricamente que a contabilidade criativa não explica o destino do que foi postado no site Mova-se, que era alimentado por quem hoje está do outro lado do balcão.

A insatisfação só aumenta quando a “Audiência Pública às escuras” deu a entender que há algo de podre no Reino da Dinamarca. Avisados em cima da hora para explicação ao inexplicável, a pasta que tem como indicação uma aliada do deputado federal reeleito Márcio Jerry (PCdoB) fez questão de não ter a participação em massa das Mães e Pais que contavam com o rateio do fundo para comprar até material escolar para seus filhos, encontrando-se num  mato sem cachorro.

Segundo Contador escalado pra apresentar a defesa da cobrança dos Professores que ainda não engoliram a “explanação”, foram gastos em torno de R$ 6 milhões com “reformas“, o que aponta para possível irregularidade grave no uso de recursos da União pagos a Paço por meio de precatórios do antigo Fundef, hoje Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica).

O Contador, segundo interlocutores, chamou a atenção de Auditores que vêm detectando outros ralos para o dinheiro da educação básica, como a contratação de crédito junto a instituições financeiras, diante do cenário de recebimento dos precatórios. De 10% a 20%, do valor esperado do Fundeb, varia a remuneração a bancos.

O TCU já alertou que a prática também é ilegal. O MP, por meio de entendimento e de decisões já tomadas por tribunais superiores via Constituição é de que o dinheiro do Fundeb deve ser destinado exclusivamente para a educação básica.

O que também chamou a atenção foi a explicação de rateio proporcional a todos os servidores da Educação, o que não aconteceu. Alguns receberam 200 reais, apenas, enquanto a expectativa era de R$ 27 mil, a contar do saldo em conta após todas as obrigações que ultrapassa R$ 30 milhões. A conta não bate na hora que se multiplica o número de funcionários e os valores recebidos. Sobra dinheiro…

Vereadores presentes na reunião pediram um relatório das obras ditas executadas, uma vez que já há em curso no GAECO investigação sobre malversação do dinheiro público com contrato que beira R$ 20 milhões com a empresa de Bacabal. Suspeita de ser uma empresa fantasma, não prestaria serviços em Paço do Lumiar, apenas emitindo notas fiscais para a Prefeitura, pois foi criada somente para tal finalidade.

A Comissão de Educação da Câmara Municipal de Paço deve ser acionada. Composta pelos vereadores Major Roberto, Miau Kerlon e Miercio Roberth, a obrigação dos edis – caso sejam provocados pelos lesados Professores que foram atacados por certo “Assessor Especial” – é a de apresentarem para a sociedade luminense, no mínimo, a cópia integral da Lei 23 de 07/12/2022.

Mas isso é assunto para outra história…

Veja a planilha apresentada durante o migué…

 

Primo de prefeito do interior ostenta euros

Edir Mendes Calvet, filho do irmão do pai do prefeito de Rosário, Calvet Filho (PSC), escrachou que assim como seu primo legítimo, tem um total apego ao vil metal, mas em uma moeda mais sofisticada.

Para o desatento eleitor rosariense, o euro – exibido para quem quiser marocar – ostentado por Edir, hoje, está cotado em R$ 5,65. Ou seja, quase 6 vezes o valor.

Segundo fontes mais que confiáveis do blog, Edir passa 24h por dia em rede social defendendo o prefeito e atacando quem critica a gestão. Na gestão do ex-prefeito Bimba, o Calvet usava do mesmo expediente.

Origem da o$tentação deve ser apurada pelos órgãos que investigam a rota do dinheiro público…

Brandão na GloboNews…

Nesta quinta-feira (19), o governador Carlos Brandão concedeu entrevista ao jornal “Em Ponto”, da GloboNews. Durante o diálogo, conduzido pelas apresentadoras Marina Franceschini e Cecília Flesch, Brandão falou sobre a aliança entre os governos do Estado e Federal no combate a movimentos extremistas, além de desafios regionais e nacionais, a exemplo de projetos estruturantes e reforma tributária.

O governador iniciou a conversa repudiando os ataques de vândalos às sedes dos Poderes, ocorridos em Brasília, no dia 8 de janeiro, e ressaltou a importância do Fórum de Governadores junto ao presidente Lula e STF, para evitar maior enfraquecimento da Democracia Brasileira.

“Primeiramente, quero declarar o meu repúdio ao ato antidemocrático ocorrido em Brasília, que não ajuda a Democracia. Eu e mais 26 governadores estivemos lá em solidariedade aos Poderes, participando da reunião com o presidente Lula, e com os presidentes do Supremo e do Congresso. Foram atos de vandalismo que enfraquecem a nossa Democracia, realmente repudiável por toda a população do Brasil”, repudiou o governador maranhense.

Carlos Brandão fala da atuação do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, em relação às prisões e investigações, e defende punições exemplares para que atos desta gravidade, incentivados por bolsonaristas, não se repitam nunca mais.

“Depois de grandes conquistas da Democracia, a gente vê esses atos de pessoas que não aceitam o resultado das Eleições por meio de manifestações agressivas, depredando o patrimônio da nossa nação. Eu não tenho dúvida que as medidas estão sendo tomadas pelo ministro Alexandre de Moraes a partir de duras decisões, prisões e investigações. Com certeza, essas pessoas serão punidas exemplarmente para que isso fique para a história do Brasil e não se repita nunca mais”, defendeu Brandão.

O governador reforçou a importância do envio de policiais militares do Maranhão em apoio à Força Nacional, para ficarem à disposição do governo federal durante o tempo que for necessário.

“Já tínhamos 46 policiais militares na Força Nacional de Segurança em Brasília, e mandamos mais 34, totalizando 80 policiais colaborando com esse projeto em defesa da Democracia. Eu mesmo fiz questão de acompanhar o embarque e passei uma mensagem para que cumpram a missão de cidadãos brasileiros, exerçam a plena função como militares e protetores dos nossos direitos. A mensagem foi, acima de tudo, de fé e de esperança”, disse Brandão.

Na oportunidade, Brandão falou sobre a união dos três Poderes no Maranhão que resultou na adoção de medidas em prevenção a um efeito cascata causado por atitudes extremistas semelhante ao praticado na capital federal.

“Aqui no Maranhão, convocamos todos os Poderes para participarmos de uma reunião e de uma entrevista coletiva para esclarecer à população as medidas de prevenção que estávamos tomando, de proteção dos prédios públicos, uma vez que isso poderia se interiorizar para outros estados. Fortalecemos a segurança dos prédios dos Poderes e acompanhamos passo a passo para a garantia dessa proteção”, afirmou o governador.

O governador comenta que o desfazimento de acampamentos em apoio a ações golpistas no Maranhão ocorreu de forma relativamente tranquila, após o comunicado da decisão do ministro Alexandre de Moraes, e reforça que junto ao Judiciário, Legislativo e Ministério Público, o governo do Maranhão segue acompanhando as movimentações com esse caráter.

“Existiam acampamentos em frente ao quartel, que fizemos a dispersão pela Polícia Militar após decisão do ministro Alexandre de Moraes. Aqui foi bem tranquilo, os próprios manifestantes saíram após a decisão do ministro. Apesar de a situação estar relativamente tranquila, seguimos vigilantes”, comentou Carlos Brandão.

Na ocasião, Brandão avalia que apesar das diferentes correntes de pensamento ideológicos ao entorno do novo governo federal, não haverá dificuldades no firmamento de parcerias para obras estruturantes junto aos governos de Estado.

“O presidente Lula deixou bem claro que é presidente de todos os brasileiros, não interessando se o governador votou nele ou não. Durante a reunião de governadores, todos estavam ali em função de serem solidários à Democracia. Inclusive, o presidente Lula tem uma nova reunião marcada com os governadores para o dia 27, para discutirmos programas estruturantes para os estados, cada governador deve levar três ou quatro projetos”, avaliou o governador do Maranhão.

Ainda sobre a importância de relevar pensamentos políticos em prol do beneficiamento de todos e de todas, Carlos Brandão afirma que o diálogo junto aos prefeitos maranhenses será uma conduta cultivada no seu governo.

“Aqui no Maranhão, estamos fazendo da mesma forma, estamos conversando com todas as lideranças políticas, prefeitos e deputados. O palanque está desmontado, nós temos que governar para todos, mesmo tendo os nossos aliados e adversários, mas isso é algo para ser discutido apenas nas Eleições”, afirmou Brandão.

Em relação às obras estruturantes que serão solicitadas ao Governo Lula III, Brandão destaca que o Fórum de Governadores do Nordeste já prepara projetos que deverão beneficiar toda a região, em conjunto.

“Na sexta-feira, teremos uma reunião entre os governadores do Nordeste para fazermos uma grande discussão sobre as principais ações regionais para que a gente possa levar ao presidente Lula. Primeiramente, vamos alinhar quais os gargalos, problemas estruturantes do Nordeste, a exemplo de energia renovável, infraestrutura, saúde e educação. São projetos que devem atingir a todos os estados”, pontuou o governador.

Indagado sobre a reforma tributária, o governador falou sobre a maturidade do novo Congresso, a habilidade democrática de diálogo do presidente Lula e defendeu que a aprovação deve ocorrer para que haja a retomada do crescimento do Brasil.

“A reforma tributária é uma pauta muito polêmica, mas não existe uma caminhada sem o primeiro passo. A Democracia permite que haja bastante diálogo, e para essa reforma já foram iniciadas as discussões, que agora precisam ser aprimoradas. Ela precisa ser aprovada, é importante para a retomada do crescimento do nosso país. Com o Congresso renovado, há uma maturidade para avançar nisso. Por ser um democrata, o presidente Lula tem uma grande habilidade para congregar parlamentares por meio do diálogo”, explicou o governador Carlos Brandão.

Pré-Carnaval do Maranhão 2023 começa na sexta (20); confira a programação do fim de semana

A espera acabou! A partir desta sexta-feira (20) será aberta a programação oficial do Pré-Carnaval 2023, a primeira edição da festa após os dois longos e desafiadores anos de pandemia da Covid-19. Em seus perfis nas redes sociais, a Secretaria de Estado da Cultura (Secma) divulgou o roteiro para o primeiro final de semana de folia.

Para o Pré-Carnaval deste ano, o Governo do Maranhão preparou uma vasta programação, com vários grupos de blocos tradicionais, shows de atrações locais e mais de 10 trios elétricos em São Luís.

Ruas do Centro Histórico e de outros bairros da capital, além das avenidas Beira-Mar e Litorânea participam do circuito.

Cortejo

A largada para o Pré-Carnaval será dada na sexta-feira (20), a partir das 16h, com cortejo de blocos tradicionais pelas ruas centenárias do Centro Histórico de São Luís.

A concentração será na Praça Deodoro, com blocos carnavalescos atravessando a Rua Grande, Praça João Lisboa até a Praia Grande, encerrando o trajeto.

Beira-Mar

No sábado (21), será o início da programação na Avenida Beira-Mar, no Centro Histórico de São Luís. As atrações se apresentam no perímetro do Complexo Cultural e Tecnológico da RFFSA.

Animam o público, a partir das 16h, Bicicleta do Samba, bloco GDAM (Grupo de Dança Afro Malungos), Bloco Os Apaixonados, Soul Samba, banda Raiz Tribal e o Bicho Terra.

Cohatrac e Anjo da Guarda

A programação do Pré-Carnaval do Maranhão 2023 também chega neste sábado ao Cohatrac e ao Anjo da Guarda.

A descentralização da festa, com itinerância em vários bairros da capital maranhense, é um dos diferenciais deste ano.

“Seguindo determinação do governador Carlos Brandão, para o Pré-Carnaval deste ano, elaboramos uma programação que contemple, também, os bairros de São Luís. A intenção é garantir acesso à cultura e gerar mais oportunidades de renda nas comunidades”, afirma o secretário de Cultura do Maranhão, Yuri Arruda, que completa: “Entendemos que o Carnaval, além de uma rica manifestação cultural da nossa gente, pode ser um importante vetor econômico para o comércio formal e informal”.

No bairro do Cohatrac, às 16h, o Bloco Vem BB inicia a folia, seguido do grupo Tôdimais, Ivan Marques, Gui Muller, banda Cheiro da Terra e Gerude e banda.

No Anjo da Guarda, também às 16h, fazem a festa os grupos Baralho da Madre Deus, Young Samba, Lene Marques, Breno Farra e Ronald Pinheiro e banda.

Litorânea

No domingo (22), o palco da folia será a Avenida Litorânea, com shows do grupo Argumento, Samba de Reis, Fabrícia e Trio Vagabundo do Jegue, a partir das 13h.

Acesse cultura.ma.gov.br e os perfis da Secma no Instagram (@cultura.maranhao) e no Twitter (@culturadoma) para ficar por dentro de toda a programação do Pré-Carnaval 2023.

Chame o Douglas: ASCOM ‘mata’ Paula da Pindoba

O milagroso repórter Douglas Pinto, que fez até cadeirante andar, mais uma vez mostrou que nasceu para importante missão que executa diariamente. Desta vez, Pinto caiu na chuva de novo e botou pra correr um “enviado” da prefeitura, leia-se Ascom.

Acontece que, por se tratar de imprensa, deve-se mandar para esclarecer os fatos alguém direcionado pela própria “Assessoria” da prefeita, muitos com sobrenome de Especiais. Deve ser pelos salários que são muito rechonchudos, pra pouco trabalho.

Ao se deparar com todo o aparato da TV Mirante, um “coordenador” de saúde teria corrido mais do que o diabo como corre da Cruz. Douglas fez questão de evidenciar mais um ato falho criado pelo inconsciente de quem é incompetente para “blindar” a gestora. A denúncia é de abandono da UBS do Novo Horizonte.

Sem conhecimento de causa – nem argumentação para rebater com dados questionamentos legítimos da Imprensa Livre – a Assessoria hoje comandada por forças estranhas e que declaradamente apoiaram um opositor de Brandão, prefere atacar setores do Jornalismo, como aconteceu dias atrás.

Paço do Lumiar: falta de feeling em nota ao explicar exonerações deve causar exoneração de ‘Assessora de Comunicação’

 

Com uma péssima oratória e dicção ruidosa, Rubenita Carvalho poderia ter ido ao encontro da equipe e defendido a gestão que vem lhe garantindo bons louros. Como não passa de uma engrenagem num robusto esquema que beneficia seus chefes, preferiu enviar como boi de piranha um pobre Barnabé. Nervoso, sumiu, escafedeu-se…

Com uma série de erros, demissões infundadas e perdidos por não saberem se estão operando em Paço ou em Ribamar, quem se julga expert em Marketing está é, de fato, matando o resto da imagem da “pobre” P.P….

Veja:

Antes de deixar o comando da ALEMA, Othelino deixa seu legado…

Dney Justino
Acessibilidade - Othelino inaugura obras na Alema e garante pleno acesso às pessoas com deficiência

Othelino entrega obras de adequações para garantir maior acessibilidade às pessoas com deficiência à Casa do Povo

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), inaugurou, na manhã desta terça-feira (17), obras de adequação para garantir mais acessibilidade às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida às instalações da Casa do Povo. A solenidade contou com a presença do promotor de Justiça de Defesa da Pessoa com Deficiência, Ronald Pereira; do juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, Douglas Martins; da procuradora-geral de Justiça em exercício, Regina Leite, entre outras autoridades.

Na ocasião, Othelino falou do compromisso de sua gestão com a garantia dos direitos de ir e vir às pessoas com deficiência e de assegurar o pleno acesso dos cidadãos às instalações da Casa.

“Esta é a Casa do Povo e, portanto, deve estar acessível a todos os maranhenses, sem exceção. A concepção original do prédio não incluiu a acessibilidade, mas fizemos várias adequações e todas as intervenções necessárias para viabilizar um acesso seguro e garantir o direito das pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida”, afirmou o chefe do Legislativo maranhense.

O juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas Martins, afirmou que a Assembleia será um exemplo para os outros órgãos estaduais. “Toda instituição pública tem o dever de garantir esse direito. O Poder Legislativo está à frente e será um modelo para os outros órgãos”, ressaltou.

Autonomia

Segundo o diretor-geral da Alema, Valney Pereira, a Assembleia está assegurando que as pessoas se desloquem com mais autonomia nos espaços do prédio. “Foram aplicados recursos para a construção de uma estrutura que proporciona mais conforto e garante um direito de todos, que é ter livre e pleno acesso aos órgãos públicos”, ressaltou.

As adequações feitas na Assembleia Legislativa atendem a um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) alinhado com a Vara de Interesses Difusos e Coletivos. Segundo o diretor administrativo da Alema, Antino Noleto, tornar a Casa Legislativa acessível era uma meta do presidente Othelino e da atual Mesa Diretora. “Foi desenvolvido um grande projeto dentro do planejamento estratégico do Parlamento Estadual para que tudo pudesse ser possível”, acrescentou

 

Dney Justino
Presidente Othelino Neto aplaude pronunciamento da deputada Andreia Rezende, durante a solenidade

Presidente Othelino Neto aplaude pronunciamento da deputada Andreia Rezende, durante a solenidade

 

Modificações

Iniciadas em dezembro de 2021, as intervenções contemplaram a construção de rampa para possibilitar o acesso à galeria do Plenário Nagib Haickel, assim como o nivelamento do primeiro patamar do espaço, a fim de permitir o uso por pessoas com deficiência, mobilidade reduzida, obesas e deficientes visuais.

Também foi feita a substituição de piso comum por não trepidante, criando rota acessível na Casa; sinalização, piso e mapas táteis, totens indicativos de ambientes e placas, todos com inscrição em braille, além de adequações nos banheiros e nos espaços de circulação.

O projeto de reforma e adequação contemplou, ainda, a construção de rampa para possibilitar deslocamento acessível à recepção, rebaixamento de guias, instalação de corrimão adequado em rampas e escadas, sinalização de rota de fuga acessível e a criação de plataforma no auditório Fernando Falcão.

 

Dney Justino
As intervenções de acessibilidade contemplaram rampas de acesso a diversos setores da Casa

As intervenções de acessibilidade contemplaram rampas de acesso a diversos setores da Casa

 

Sensibilidade

Presente à solenidade, a deputada Andreia Rezende (DEM), usuária de cadeira de rodas, comemorou a adequação da Assembleia Legislativa às normas de acessibilidade. “Não posso deixar de ressaltar a sensibilidade do presidente Othelino, que fez tudo para que todo o prédio estivesse adaptado. Tenho um sentimento de muita alegria e orgulho”, disse.

Para Isabelle Passinho, presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de São Luís, o projeto de acessibilidade da Alema tem como objetivo propiciar, além de tudo, uma sociedade mais igualitária. “Agora, as pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida poderão ter acesso com segurança e independência à Casa do Povo”, salientou

 

Dney Justino
Othelino afirmou que todas as intervenções foram realizadas para viabilizar um acesso seguro às pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida

Othelino afirmou que todas as intervenções foram realizadas para viabilizar um acesso seguro às pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida

 

O promotor de Justiça de Defesa da Pessoa com Deficiência, Ronald Pereira, enfatizou a importância da entrega das obras. “A acessibilidade é um direito que visa garantir a possibilidade de todas as pessoas a viverem de forma independente e, assim, exercerem seus direitos de cidadania e de participação social. Hoje é um dia histórico nesta Casa Legislativa”, afirmou.

Por sua vez, a procuradora Geral de Justiça em exercício, Regina Leite, enalteceu a iniciativa do Parlamento Estadual. “Parabenizo a gestão do presidente Othelino, que foi responsável pela idealização dessas importantes obras, e por sua sensibilidade com esta causa”, concluiu.

Brandão determina ‘limpa nome’ de quem tem débitos com a CAEMA

Nesta quarta-feira (18), a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) lançou a campanha “Fique em dia com a Caema”, que busca facilitar formas de pagamento aos clientes que queiram regularizar dívidas com a empresa.

A ação, que seguirá até o dia 28 de fevereiro, beneficia quem tem débitos até o dia 31 de dezembro de 2022 e é válida para clientes vinculados a imóveis residenciais, comerciais, industriais e também aos poderes públicos.

Débitos acima de R$ 2 mil terão desconto de 70% e podem ser negociados com entrada de 10% do valor devido, com pagamento em 12 parcelas iguais e subsequentes, sem incidência de juros de parcelamento, pagas rigorosamente nas suas respectivas datas de vencimento.

Os débitos com valores iguais ou inferiores a R$ 2 mil serão isentos, mediante a atualização dos dados dos clientes, incluindo o CPF, em caso de pessoa física, e o CNPJ, tratando-se de pessoa jurídica – além do telefone e e-mail em ambos os casos.

“Lançamos essa campanha para que possamos isentar as pessoas que têm débitos de até R$ 2 mil. E quem deve acima deste valor, terá as contas parceladas, todas as multas e juros cancelados, além do abate de 70%. É uma oportunidade que está envolvendo 335 mil famílias que vão ficar com o CPF limpo, de imediato”, afirmou o governador Carlos Brandão.

O presidente da Caema, Marco Aurélio Freitas, destaca que a ação tem uma importância social sobretudo às famílias que não têm condições de se regularizarem.

“A campanha ‘Fique em dia com a Caema’ é uma oportunidade para que os nossos clientes se regularizem com a empresa. Essa é uma ação, acima de tudo, social. O governador tem um olhar extremamente carinhoso com essa questão. Nunca na história da Caema houve um estímulo tão favorável para regularização”, destacou o presidente da companhia.

Onde negociar

Os interessados em negociar devem se dirigir a uma das lojas físicas da Caema, tanto em São Luís como nos demais municípios do Maranhão, ou ligar para o Call Center da empresa (0800 7010 195), para o Whatsapp (98) 9913-0195 ou ainda acessar o aplicativo Caema Mobile.

Saiba detalhes da maior apreensão de xila da história de Paço do Lumiar

Por volta de 3h da manhã de hoje, o Cabo da PM Wellington e Soldado Alessio, lotados na 22º BPMMA de Paço do Lumiar avistaram em atitude suspeita um caminhão Volvo, que seguia sentido São Luís com uma carga de maconha avaliada em 300 kg. O Cmdt. Tenente-coronel Zadock é quem coordena a equipe.

Segundo apurado pelo blog, os bravos e experientes PM’s suspeitaram que algo de errado não estava certo, decidindo abordar o motorista. Ao adotarem as medidas como sinais sonoros, o motorista empreendeu fulga, sendo interceptado na altura do bairro Portal do Paço, no Rio São João.

Na alucinante fuga, o transporter  da xila ainda bateu na viatura na lateral e traseira, sendo que só assim o piloto de fuga do tráfico conseguiu ser parado.

Neste momento, o escorregadio caiu no mato, tomando rumo ignorado.

O crime configurado é o de Tráfico de Drogas (Art. 33 – Caput – da LEI DE DROGAS).

Todo material foi apresentado sob supervisão do Delegado de Polícia Civil Cláudio Santos Barros, no Plantão Central do Maiobão.

Para quem tiver interesse, o WhatsApp do Batalhão é 98883-0659.

O Instagram é 22bpmma

Veja as imagens:

Fanático por Bolsonaro e crítico de Flávio Dino reclama de ‘censura’; redes sociais foram ‘deletadas’

Bolsonaro, com cara de poucos amigos e Arnon, tido por setores da imprensa como o suprassumo da UDM (União da Direita Maranhense)

O agora Ministro da Justiça e ex-governador do Maranhão Flávio Dino (PSB) sofreu, diuturnamente, ataques – por vezes infundados – do “sumido” Conselheiro do CRCMA e “milionésimo” suplente de deputado Filipe Arnon.

De dia, o jovem que adorava curtir em banhos termais em cidades distantes usando carro do órgão que deveria ser usado para “fiscalizar” declarava amores por Lahesio Bonfim, candidato que enterrou, assim como os de Felipe, os do candidato apoiado pelo PL (sigla que Arnon concorreu em mais um projeto natimorto), que foi o ainda Senador Weverton Rocha (PDT).

Com o discurso raso e sempre se colocando acima da Direita, o empolgado bolsonarista sempre expôs Dino em seus momentos de lazer, de sunga, ou usando do expediente de caricaturas para insinuar que o Senador licenciado estaria acima do peso. Em rádio gaúcha, Dino foi de novo atacado por não está em sua melhor silhueta.

No caso da rádio, que merece a moral do “Justiceiro”, há um pedido de retratação. No caso de Filipe Arnon foi totalmente diferente.

Ontem, mais humilde do que nunca, Arnon falou sobre o “limpa” em suas redes sociais. Nem de longe lembrando o combativo patriota, que chegou a ter insolação ao ficar aquartelado por apenas 1710 segundos, Filipe deu a entender que seu discurso de “nunca desistir” morreu na praia.

Os mais malinos dizem que, com medo de ser taxado de terrorista, o dito cujo foi quem “raspou” todo o conteúdo, supostamente, com teor antidemocrático…

De preferido a preterido: de como Márcio Jerry caiu em desgraça com Flávio Dino e perdeu lugar para Ricardo Capelli e Diego Galdino…

A subida do jabuti Márcio Jerry na árvore política teve início lá em 2012 quando, aliado e amigo de primeira hora do político em ascensão Flávio Dino, se tornou o comandante da rede de comunicação que apoiou o prefeito eleito naquele ano, Edivaldo Júnior, de quem viria a ser secretário municipal de Comunicação. Em 2014, já bastante encorpado financeiramente, Jerry vira coordenador da campanha vitoriosa de Flávio Dino ao Governo do Maranhão.

Assim que tomou posse, Flávio Dino fez do fiel companheiro e amigo o poderoso secretário de Articulação Política e Comunicação, uma espécie de controlador de tudo, de todas as pastas, de todos os cargos de segundo escalão e de todos os rumos do governo. Foi com esse poderio todo que o arrogante Márcio Jerry humilhou, fez valer todas as suas vontades e de seus familiares, se tornou o homem mais temido e odiado do governo e pavimentou seu caminho para ser um dos deputados federais mais votados das eleições de 2018.

Empossado deputado, Márcio Jerry achou que teria vida fácil em Brasília, que seria ouvido em todas as mídias televisivas e radiofônicas, que reinaria absoluto entre blogueiros e formadores de opinião em geral, que seria o rei do alto clero. Na primeira investida nesse sentido, quase levou uns sopapos de um colega que o colocou em seu devido lugar no baixíssimo clero.

Fracassado como deputado federal, sem ter feito nada de relevante e sem ter sido destaque em coisa nenhuma e sem ter apresentado nenhum projeto de lei, ao rato colinense não restou outra alternativa que não pedir ao chefão dos comunas do Maranhão que lhe retornasse ao governo em alguma pasta importante e endinheirada que pudesse comprar políticos, lideranças, oferecer empregos e salvar seu mandato nas eleições de 2022. E Dino, com pena do amigo fracassado, lhe deu a poderosa Secretaria das Cidades de porteiras fechadas e orçamento gordo para ele se refestelar todo com o dinheiro público e se salvar politicamente.

Esperto, Flávio Dino percebendo que Márcio Jerry era só gogó e pouca ação e que em pouco tempo poderia fazer com ele o mesmo que fez com Jomar Fernandes de Imperatriz, levando-o à cova política, chama de Brasília o sisudo, de poucas palavras e experiente jornalista Ricardo Capelli, amigo e correligionário de longas datas, para lhe ajudar naquilo que Márcio Jerry não teve competência para fazer. Em pouco meses como titular da Secretaria de Comunicação, Capelli organizou e dinamizou a pasta, cortou gastos desnecessários, cancelou contratações e construiu uma nova imagem do governo e do próprio Dino.

Além de Capelli ter caído nas graças de Dino, outro auxiliar do governador também passou a lhe chamar a atenção e a ofuscar ainda mais Márcio Jerry. Trata-se do faz de tudo Diego Galdino, um batorezinho de pouco mais de 1,5 metro de altura que se mostrou muito competente tanto na secretária de Cultura, de onde foi titular, como na Secretaria de Governo, que comandou até a saída para o Ministério da Justiça com o chefe. Capelli e Galdino fizeram Dino perceber o quanto o engodo Márcio Jerry era inútil e desnecessário.

Com a eleição do presidente Lula, ficou ainda mais evidente o pouco caso que Flávio Dino fazia de Márcio Jerry. Lula nomeou Flávio Dino seu ministro da Justiça e Dino nem pensou duas vezes e chamou para sua equipe os dois homens em quem mais confia: Ricardo Capelli e Diego Galdino, segundo e terceiro mais importantes do MJSP. E Márcio Jerry, que a vida inteira se vendeu como preparado, não foi sequer cotado para assumir qualquer coisa no governo federal. Vai ter que se contentar em ser deputado do baixo clero, subir vez por outra na tribuna com um plenário vazio e fazer seus discursos igualmente vazios sempre esfregando as mãozinhas curtas uma na outra com sinais de nervosismo.

Pelo visto o baixo clero Márcio Jerry já pensa no que vai fazer depois que deixar a Câmara dos Deputados em 2026. Recentemente fez soltar nas redes sociais um vídeo em que compõe, junto com outros camaradas comunistas, aquilo que seria uma marchinha de carnaval dos comunas. Pelas imagens, feitas certamente de um iphone de outro comunista, se ver todos empolgados compondo os versos da musiquinha numa mesa cheia de cascos da holandesa Heineken, a mais cara das cervejas. A pergunta é: porque não tomaram cerveja maranhense Magnífica, feita de mandioca?

Quanto ao Ricardo Capelli, braço direito do poderoso ministro Flávio Dino, além de segundo homem mais importante do Ministério da Justiça, tornou-se também o interventor federal da segurança pública do Distrito Federal, indicado por Dino e nomeado por Lula, e hoje dar entrevistas em todas as mídias televisivas, radiofônicas, impressas e blogs.

Tudo que o insosso, insípido e incompetente Jerry queria e não conseguiu.

LEIA MAIS

Paço do Lumiar: Professores querem saber destino de R$ 33 milhões do FUNDEB; pasta é ‘controlada’ por indicação de Márcio Jerry

Paço do Lumiar: o olho grande de Márcio Jerry…

Junto com o marido, sobrinha de Márcio Jerry fatura R$ 30 mil por mês em Paço do Lumiar

Sobrinha de Márcio Jerry e marido pedem licença de Paço após escândalo de supersalários