Política

Prefeito e filho da ‘capital da macumba’ são acionados pelo MP após ‘lançar’ bloco de Carnaval; entenda

24 de janeiro de 2024

O Promotor Carlos Augusto foi eleito o novo presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem), em uma eleição no mês passado. Com uma disputa acirrada, Carlos Augusto conquistou a liderança da entidade ao obter 189 votos, superando o promotor Reinaldo Campos Júnior, titular da Promotoria de Raposa, que alcançou 159 votos.

O Promotor de Justiça Carlos Augusto Soares procedeu com um aditamento da portaria que instaurou inquérito civil para apuração de possível ato de improbidade administrativa, praticados pelo atual prefeito de Codó, José Francisco Lima Neres, e seu filho, Pedro Henrique Pitombeira Neres, em virtude da criação do bloco de carnaval ‘Camaleões’, bem como do uso de dinheiro público para a contratação da banda Araketu, para apresentar-se no respectivo bloco, no carnaval do ano passado na “capital da macumba”.

O Ministério Público, advindo novas provas que impliquem em participação de outro agente ou da prática de novo fato delituoso, ou de existência de circunstância que agrave ou modifique a pena, deverá, considerando o princípio da obrigatoriedade da ação penal, aditar a denúncia.

À época, blogs que cobrem fatos da cidade apontaram o estrondoso sucesso dos ‘Camaleões’, que usam o mimetismo para imitar o ambiente, para se confundir com ele.

VÍDEOS: Bloco Camaleões agita fim de semana em Codó e abre caminho para grande São João do governo de Zé Francisco

 

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI