Política

MORREU >>> Homem tem 80% do corpo queimado enquanto dormia no centro de São Luis

3 de janeiro de 2015

Internado desde a manhã desta sexta-feira (02), na UTI do Hospital Djalma Marques o Socorrão, em estado grave, morreu na manhã deste sábado o homem que teve 90% do corpo atingido pelas chamas enquanto dormia em uma praça no centro da capital, Ivaldo Canário de Sousa, conhecido como ‘Xitara’ não resistiu aos graves ferimentos.

IMG_0505

Morador de rua ainda é tratado como assombração

A imagem de um homem negro, em situação de rua, pobre, sem roupas, agonizando, com 80% do corpo queimado e caído ao chão, foi publicada em praticamente todos os portais de noticias, a sociedade do espetáculo e o sensacionalismo produzem estas aberrações.

Faltou dizer quem é este homem, porque ele está ali, porque até acontecer o crime ele era invisível. Afinal, quem são as pessoas em situação de rua? Por que elas estão nesta situação?

LEIA MAIS:

Morador de rua tem corpo incendiado, em SL

Um homem de 38 anos de idade foi vitima de um grave atentado no centro da capital maranhense na manhã desta sexta-feira (02), ele teve 80% do corpo queimado.

O homem identificado como Ivaldo Canário de Sousa, conhecido como Xitara, dormia em uma praça no centro de Sâo Luis, quando Daniel dos Santos Nogueira de 31 anos despejou combustível sobre o corpo de Ivaldo e ateou fogo. As chamas atingiram 80% do corpo da vitima que foi socorrido por populares.

Chama atenção o tempo para a chegada do socorro, mesmo o acidente tendo acontecido no centro da cidade, próximo aos Hospitais Djalma Marques e Santa Casa, o homem agonizou durante uma hora estendido ao chão, sob o olhar de curiosos, até a chegada de uma viatura do Corpo de Bombeiros que o transportou para Hospital Djalma Marques, o Socorrão I.

Segundo nota divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde, Ivaldo Canário de Sousa, está internado na Unidade de terapia Intensiva, seu estado de saúde e grave.

Daniel dos Santos Nogueira, acusado de praticar o crime foi preso e atuado em flagrante, durante depoimento ele confessou ter ateado fogo na vitima por vingança, já que segundo ele, Ivaldo teria lhe roubado a carteira porta cédulas e o aparelho celular.

Vale ressaltar que a vitima é flanelinha e vive em situação de rua, fato amplamente explorado pela mídia, a imagem de um homem negro, sem roupas, agonizando, com 80% do corpo queimado e caído ao chão, foi publicada em praticamente todos os portais de noticias.

Faltou dizer quem é este homem, porque ele está ali, porque até acontecer o crime ele era invisível, Afinal, quem é a população em situação de rua? Por que elas estão nesta situação?~

Do Abimael Costa

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI