Política

Curso de inglês dá calote em funcionários; donos ostentam vida de luxo em SLZ

5 de fevereiro de 2022

Ex-funcionários do CNA Idiomas, rede de escolas de idiomas privada brasileira, com foco no ensino de inglês e espanhol, em São Luís, relatam um verdadeiro calote que sofreram dos representantes da franquia.
Com faturamento R$ 925 milhões, a empresa é uma das respeitadas no mercado da língua.

Acontece que ao fechar a unidade em São Luís, em 2019, localizada no bairro da Cohab, funcionários ficaram sem receber seus direitos trabalhistas. Alguns tinham 10 anos de serviços prestados ao CNA.

Davi Lima, Geovane Sales e Jamila Lima são os “caloteiros” das causas trabalhistas.

A causa, que se arrasta na Justiça, é a prova do descompromisso dos representantes do CNA, desta unidade, com quem deu o sangue pela empresa.

Ostentando uma vida de luxo na capital maranhense [pauta pra próxima matéria[, os agora ex-donos do CNA em São Luís deixaram inúmeros pais e mães de família ao Deus dará, com uma mão na frente e outra atrás, como se diz no popular.

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog