Política

O morde e assopra de Márcio Jerry

15 de junho de 2021

Desagregador, egocêntrico e vaidoso até a alma, o secretário de Cidades, Márcio Jerry, de repente aparece com uma frase forçada tentando, numa avaliação superficial, promover unidade no grupo do governador Flávio Dino, desunido desde as eleições de 2020 em São Luís quando o senador Weverton Rocha liderou um grupo que peitou o comunista.

Numa reunião, inclusive, em que Dino tentou recuperar o caldo derramado, o candidato derrotado de Weverton, Neto Evangelísta chegou a soltar um dedão na cara do governador, com toda proteção de Rocha.

Agora, o conhecido enterrador de carreiras políticas desde sua passagem por Imperatriz, quando ainda puxava a cachorrinha, aparece numa versão conciliador, muito fake para os tempos sombrios de febre de notícias falsas.

O objetivo real, para quem conhece o jogo rasteiro do rato, é exatamente o contrário.

Enquanto vende na TV Mirante um perfil de bom moço, nos bastidores, Márcio Jerry faz o diabo em favor de Weverton Rocha e não esconde seu flerte com a galera de Barreirinhas, mesmo sabendo das ligações perigosas do seu amigo de farra com o bolsonarismo que nunca vai se misturar com o comunismo dinista.

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog