Política

Eleições 2022: passado obscuro atormenta e torna espinhoso plano de poder de Weverton

27 de abril de 2021

Nos últimos dias, setores da imprensa local e até nacional trouxeram à tona o memorial que remonta à época em que o pedetista Weverton Rocha era assessor do  Carlos Lupi, presidente nacional da sigla. No caso em tela, o Ministério Público Federal (MPF) acredita que há possível crime de improbidade administrativa, quando do do aluguel de um avião que transportou a equipe de Lupi, enquanto era Ministro do Trabalho, até o Maranhão.

A matéria foi veiculada no site nacional, Estadão:

Essas chagas do passado do senador tornam espinhosa a caminhada, rumo ao Palácio dos Leões. Com rabo-de-palha e exposto a inúmeros escândalos, Rocha começa a sofrer um processo de fritura política, não lhe restando outra opção a não ser indicar a vice, como já foi oferecido, na chapa do vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

FALANDO NISSO…

Enquanto Weverton é manchete negativa em diversos veículos de comunicação e fica mais distante do comando do Estado, Dino segue arregimentado o grupo político do seu preferido na sucessão. Dias atrás, o blog trouxe com exclusividade o interesse de Dino em Cleide Coutinho, para compor uma vice com Carlos Brandão. O conselho teria sido dado pelo ex-governador José Reinaldo, que ontem selou a paz com Flávio e foi reconduzido à base do governo dinista como novo diretor de relações institucionais do Porto do Itaqui, gerenciado pela Empresa Maranhense de Administração Portuária – EMAP .

Zé é chegado de Brandão e deve protagonizar como um dos articuladores políticos do tucano nas eleições do ano que vem.

 

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog