Esporte

Marquinhos Matador confessa ter matado também a técnica de enfermagem Mayara Amorim

24 de abril de 2015
Mayara Amorim também era técnica de enfermagem e trabalhava em hospital particular e foi morta em fevereiro deste ano na região de Pedrinhas

 

 (DIVULGAÇÃO)
Após confessar a morte da técnica de enfermagem, Wilna de Paula Costa, de 29 anos, Marco Aurélio Teixeira, o “Marquinhos Matador”, confessou que também assassinou a técnica de enfermagem Mayara Amorim, que morava em Pedrinhas e desapareceu quando dirigia para o trabalho em um hospital particular, localizado no bairro do Bequimão.O caso aconteceu no início do ano. Mayara assassinada por Marquinhos Matador. Na casa dele, a polícia encontrou a Carteira de Identidade e cartões da vítima. Mesmo após a revelação do assassino, não é descartado a participação de outras pessoas no crime.Marco Aurélio confessou ter assassinado a própria esposa em 2006 utilizando um fio elétrico para estrangular a companheira, mesmo modus operandi empregado na morte de Wilna. Ele também teria assassinado uma namorada quando era adolescente.

Com a confissão detalhada da morte de Mayara, sobe para quatro o número de homicídios praticados pelo presidiário, que estava beneficiado pelo regime semiaberto, autorizado pela Justiça.

( O Imparcial)

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI