Política

Recursos do Fust estão disponíveis para conectividade com foco em escolas, favelas e áreas rurais

14 de agosto de 2023

O Ministério das Comunicações (MCom), em ação conjunta com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), libera R$ 1,17 bilhão de crédito para o setor de telecomunicações por meio do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust). Empresas prestadoras de serviços de telecomunicações e outras entidades cujas atividades sejam compatíveis com os projetos terão acesso a crédito para aplicação em iniciativas que ampliem o acesso à banda larga no País, especialmente em localidades como escolas, favelas e áreas rurais.

“O nosso principal foco são as escolas públicas, unidades de saúde e comunidades de difícil acesso. Um grande investimento que estamos fazendo para reduzir as desigualdades e levar acesso à internet para regiões que hoje estão excluídas digitalmente”, explicou o ministro Juscelino Filho. O MCom tem trabalhado com o Conselho Gestor do Fust, Anatel, MEC, BNDES e demais atores do setor para dispor diferentes formatos de apoio ao fundo para diversos públicos.

O presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, explica que “nesta primeira fase, buscamos, via crédito, ampliar a fronteira econômica das redes de telecomunicações, financiando projetos em áreas sem conexão adequada, com foco inicial em escolas, área rural, pequenos municípios e favelas, bem como apoiando a aquisição de equipamentos para expansão dos pequenos provedores de internet por meio dos agentes financeiros repassadores”.

Para informações sobre como acessar os recursos do fundo, as empresas interessadas podem visitar página relacionada no site do BNDES.

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI