Política

Eleição do TCE mostra que Brandão quer se livrar de ‘catinga’ de Dino

15 de dezembro de 2022

Foi eleita na manhã desta quarta-feira, 14, a Mesa Diretora do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) para o biênio 2023/2024. O conselheiro Marcelo Tavares foi escolhido como presidente, o conselheiro Jorge Pavão, vice-presidente, o conselheiro Raimundo Oliveira Filho será o corregedor e o conselheiro Edmar Serra Cutrim, o ouvidor. Conforme manda o Regimento da casa, a eleição da mesa se deu na última sessão do Pleno neste ano

No processo da disputa eleitoral de 2022, uma das pautas que foi amplamente discutida foi o da ocupação de espaços de relações de poder. Sobre o PT-MA, forças dentro da sigla divergiram sobre os nomes do quase ex-deputado Zé Inácio e o do ex-SEDUC Felipe Camarão. Fonte confiável do blog aponta que “nada contra”, mas só que quando o apoio a Camarão é explícito, tem-se a ideia de fortalecimento do futuro MJ, potencializando a posição de F. Dino, uma vez que F. Camarão – indicado a vice ex-governador – é o sucessor natural de Brandão [que irá concorrer ao Senado] em 2026.

A posição de Camarão é dentro do PT, segundo a fonte, extremamente confortável, uma vez que representa os interesses do grupo do qual faz parte. Porém, assim como o ex-governador e Conselheiro do TCE-MA Washington Oliveira – conhecido carinhosamente como Macaxeira – algumas lideranças que se lançaram nas eleições achavam que seria interessante ter Camarão como nome da sigla para receber apoio do Palácio, o que só aconteceu para alguns indicados a dedo.

Segundo informante bem posicionado, nas tratativas de apoios de membros da sigla ao nome de Felipe/Brandão estava condicionada a recondução do Washington no TCE, sem combinar com o cabeça de chapa, no caso Brandão.

Washington representava, de certa forma, o Flávio Dino e o grupo da Roseana e Brandão não vai querer isso, logicamente. Basta ver a eleição da ALEMA para apurar que há um novo “comando”. Brandão, se soube disso [articulação] ficou calado e deixou o Macaxeira se estrepar sozinho”, navalhou interlocutor dos corredores do TCE.

Ele [Macaxeira] tinha grande chance de se reeleger novamente presidente do Tribunal de Contas e agora ele não tem mais apoio. Deputados do PT, escanteados, não conseguiram se reeleger. Quem que vai apoiar ele? O grupo fica ligado ao Flávio Dino!, pontuou.

Brandão – que não vê a hora de chegar dia 1º de fevereiro – sinalizou não querer mais o perfil do Flávio perto do seu iminente governo.

No jogo de interesse imediatista, Macaxeira esqueceu que na política se não se constrói um arco de alianças que possam defender na frente, não adianta nada resolver o “agora” porque lá na frente a fatura chega…

LEIA MAIS

TCE elege mesa diretora para novo biênio

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI