Política

Enquanto Dino alimenta projeto político de Maranhãozinho, Brandão segue de ‘bico seco’; entenda

18 de setembro de 2021

O blog do Neto Cruz traz agora um fato curioso e que pode criar uma contenda na gestão Flávio Dino (PSB). Trata-se da nomeação da diretora geral do Hospital Regional de Morros, Denise Márcia Andrade Paz Gomes.

Ontem (17), pautamos que o prefeito de Morros, Paraíba (PL), aliado de primeira linha do deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL) – que sonha em ser candidato a governador do MA -, estaria prestes a perder seu lastro de poder no estabelecimento de saúde. O motivo seria sua participação calorosa no ato que lançou o Moral da BR ao governo, o que no primeiro momento não teria sido perdoado por Dino, que já tem seu candidato declarado.

O site recebeu, através de seu informante bem posicionado, a informação de que a atual diretora da “UPA de Morros”, Denise, é indicação expressa de Josimar, que já disse pra quem quiser ouvir que não vai ser curvar ao Palácio dos Leões e seguirá firme com seu projeto de poder.

Denise persegue quem não for “22”

O que se sabe, até então, é que Flávio Dino não sabia da indicação, dentro do seu próprio governo. É como se Dino estivesse completamente perdido, mais preocupado com seu projeto de chegar ao Senado e/ou ser vice de Lula e deixando passar batido erros que podem custar caro, num futuro bem próximo.

Enquanto se segura na poltrona suada de governador e engessa Carlos Brandão (PSDB), Flávio Dino deixa Josimar Maranhãozinho deitar e rolar e o pior: emplacando perseguição contra apoiadores de campanha de Dino em todas as eleições. Dino, que é metido a batedor de pênalti, levou um drible de Josimar.

Prova disso foi a exoneração da secretária do HRM, conhecida como Cleilma Carvalho. Documento obtido com exclusividade pelo blog mostra a notificação de dispensa da agora ex-funcionária, que se negou a compactuar com o projeto do Moral da BR e, tão logo, foi mandada pro olho da rua, sem nenhum motivo aparente. Em nota, a ex-funcionária deixou transparecer que a perseguição política é a ordem da nova direção do Hospital.

Para não ficar desinformado, Flávio Dino teria mandado um novo Diretor Administrativo para o Hospital Regional de Morros, indicação expressa do vereador de São Luís, Paulo Victor (PCdoB), que soma com o projeto do atual governador. Caio Lima seria uma espécie de olheiro dos atos nada republicanos de Denise, indicada de Maranhãozinho.

Enquanto Flávio Dino não tomar uma atitude e exonerar a atual Diretora Geral do HRM, Denise, fica clarividente que está alimentando os rivais políticos do seu grupo, como é o caso de Josimar Maranhãozinho. Enquanto isso, Brandão fica na surdina, esperando Dino se levantar da cadeira pra fazer política com a caneta na mão.

Pra completar, Denise é esposa do atual secretário de educação de Morros, Mário, o que demonstra que Paraíba, prefeito da cidade, faz parte da trama e em nada soma com o projeto de Flávio Dino.

Carlos Brandão deve cobrar, após este post, uma atitude do seu principal motivador…

EM TEMPO

Áudio vazado por Paraíba, tramando a demissão da mãe de um vereador de Morros, mostra como o prefeito vem usando mecanismos para perseguir quem não reza sua cartilha.

Aguardem…

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog