Política

CPI da Covid: antes a favor, agora Dino é contra investigação de estados

29 de Maio de 2021

no

Os governadores de 17 estados e do Distrito Federal apresentaram uma ação, nesta sexta-feira (28/5), ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, pedindo a suspensão do depoimento de chefes de Executivos estaduais na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19.

Assinam o documento quase todos os governadores convocados para depor aos senadores do colegiado: Wilson Lima (PSC-AM), Waldez Góes (PDT-AP), Ibaneis Rocha (MDB-DF), Hélder Barbalho (MDB-PA), Wellington Dias (PT-PI), Marcos Rocha (PSL-RO), Carlos Moisés (PSL-SC) e Mauro Carlesse (PSL-TO). A exceção foi Antonio Denarium (sem partido-RR).

Governantes que não foram chamados pelos senadores deram respaldo ao pedido, dentre eles Renan Filho (MDB-AL), Rui Costa (PT-BA), Renato Casagrande (PSB-ES), Ronaldo Caiado (DEM-GO), Flávio Dino (PCdoB-MA), Paulo Câmara (PSB-PE), Cláudio Castro (PL-RJ), Eduardo Leite (PSDB-RS), João Doria (PSDB-SP) e Belivaldo Chagas (PSD-SE).

A “assinatura” de Dino como vacina para não participar – mesmo ainda não tendo sido convocado – da sabatina que está sendo promovida pelo Senado Federal destona da própria defesa do governador do MA. Flávio dizia não haver problemas em ampliar a CPI para estados e municípios mas, pelo que tudo indica, mudou o tom, o que leva o comunista a se contradizer…

Com informações do Correio Braziliense

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog