Esporte

Promotor afirma não haver fatos novos no caso Bruno Matos. Cai por terra falsa acusação que Diego Polary seria o culpado

18 de abril de 2015

O Ministério Público, em nome do Promotor de Justiça Agamenon Batista de Almeida Júnior, tomou conhecimento do “LAUDO DA RECONSTITUIÇÃO DOS FATOS” e não “LAUDO FINAL DA PERÍCIA”, como foi erroneamente divulgado por vários meios de comunicação nesta semana, assim como outras diligências solicitadas e já apresentadas, e concluiu que: Não existe fato novo a possibilitar nova definição jurídica dos fatos descritos quanto a acusação dos réus. Abaixo, documento encaminhado pelo promotor aos altos do processo no dia 09 de abril de 2015.

Em tempo

“O que sempre teve contra o Diego Polary, foram apenas acusações por parte de uma vítima. Não existe impressões digitais do jovem, assim como não é possível seu reconhecimento no vídeo, diferente do vigia (João) que assume ser dono da faca e é visivelmente visto no vídeo chegando de bicicleta e se envolvendo na briga e logo em seguida passou 10 dias foragido da polícia.”, afirma o advogado de Polary, Dr. Serejo.

Leia mais:

O que diz o laudo, segundo O delegado Dominici da equipe de investigação

CASO BRUNO MATOS: Defesa de Polary questiona laudo

Quem quer prejudicar Diego Polary no caso da festa do senador Roberto Rocha ?

Segue documento conseguido com exclusividade pelo Blog do Neto Cruz, reafirmando a responsabilidade, competência, seriedade e conduta ilibada do Promotor Agamenon.

1234567

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI