Política

Morre Humberto de Maracanã

19 de janeiro de 2015

Humberto teve a perna esquerda amputada devido a uma infecção

Morreu por volta das 16h desta segunda-feira o cantador de bumba-meu-boi Humberto de Maracanã, uma das figuras mais representativas do folclore maranhense. Ele estava internado desde a última terça-feira (13) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Carlos Macieira. Humberto tinha 75 anos e comandava o batalhão de Maracanã, do sotaque de matraca, desde 1972. Ele deixa esposa e 22 filhos.

Humberto deu entrada na unidade hospitalar com quadro de infecção generalizada e teve a perna esquerda amputada. O quadro de saúde do artista era considerado grave, mas o boletim médico divulgado ontem pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que houve melhora na infecção após o procedimento no membro inferior. Hoje, no entanto, o estado se agravou e o cantador não resistiu.

Conhecido no meio folclórico também como Guriatã (ave de canto melodioso), Humberto nasceu em São Luís e tornou-se amo do Boi de Maracanã aos 34 anos. Desde então, participava ativamente do cenário cultural maranhense, tendo sido agraciado, inclusive, com o título de Mestre em Cultura Popular pelo Ministério da Cultura.

Ganhou também diversos outros prêmios em nível local e foi homenageado pela Câmara Municipal de São Luís e pela Assembleia Legislativa, entre tantas outras honrarias.

Sua toada mais conhecida, “Maranhão, Meu Tesouro, Meu Torrão”, virou hino do folclore do estado e foi gravada pela conterrânea Alcione.

Artistas, políticos, escritores e demais personalidades lamentaram a morte de Humberto. Os poderes Executivo e Legislativo estaduais e municipais lançarão, nas próximas horas, notas de pesar pelo falecimento do cantador.

 

Fonte: http://www.blogsoestado.com/danielmatos/

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI