FARRA EM CACHU – Nepotismo é flagrado na gestão Tonhão, em Cachoeira Grande

Tempo de leitura: 1 minuto

O Ministério Público agiu contra o prefeito de “Cachu” – como é chamada carinhosamente Cachoeira Grande -Tonhão (PMDB), por nepotismo. Informantes do Blog do Neto Cruz infiltrados na gestão municipal nos passaram essa informação desde semana passada.

De acordo com a fonte, foi detectado o nepotismo no que diz respeito ao Sec de Educação, Abdoral Jr., que tinha incontáveis familiares “pendurados” na prefeitura, sendo que não pode, visto que o mesmo é secretário e isso caracteriza-se como nepotismo.

O Ministério Público mandou o recado. Tonhão teria feito uma reunião às pressas com Abdoral e CIA. e cantou a pedra: “Vou ter que demitir todos”, falou o prefeito. Abdoral, como que querendo salvar o empregos da parentada, teria ensaiado pedir demissão do cargo, mas, segundo o informante bem posicionado do Blog, desistiu.

Essa é mais uma das “cagadas” que Tonhão vem realizando nos 10 meses. Nem parece que já foi prefeito. O pior é que a fonte afirma que o Sec de Educação tem feito ouvido de mercador e não quer escutar denúncias vindas de um povoado que nem escola tem. Porém, de acordo com a fonte, foi liberado já até dinheiro para a “reforma” da “escola fantasma”.

Mas isso é assunto para outra postagem…

Comentários

Comentários