Política

Pardais tiram o sono de condutores em Imperatriz

18 de janeiro de 2021

Informantes bem posicionados do blog em Imperatriz, capitaneada pelo prefeito reeleito Assis Ramos (DEM), apuram uma reclamação generalizada a respeito de multas ocasionadas pelos indigestos “pardais”, que são os equipamentos ‘discretos’ de fiscalização eletrônica.

Os dispositivos possuem sensores instalados no pavimento e são programados para flagrar os motoristas que excederem o limite de velocidade estabelecido no trecho. Em Imperoza, os condutores alegam que estes aparelhos estariam muito “sensíveis” e, em relação ao contingente populacional, em maior quantidade do que na própria capital, São Luís.

“Estima-se mais de R$ 300 mil de arrecadação só com os benditos pardais . O secretário de trânsito nada diz. Além disso, quando os pardais não estão multando, os semáforos da cidade estão com problemas.”, lamenta imperatrizense em contato com o site.

A página tentou contato com a Assessoria de Comunicação da prefeitura, sem sucesso.

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog