Fábio Câmara detona Edivaldo Holanda Júnior na Câmara de São Luís

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

http://www.luispablo.com.br/

 

Durante pronunciamento ontem, dia 22, na tribuna da Câmara Municipal de São Luís (CMSL), o vereador Fábio Câmara detonou o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), ao dizer que ele sofre de “miopia administrativa”.

 

Vereador-Fábio-Câmara-e1414093455745

Câmara afirmou que, até para o cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), a promotora de Justiça Lítia Cavalcanti (2ª Promotoria de Defesa do Consumidor de São Luís) teve de solicitar ao juiz Cícero Dias Sousa Filho, da 4ª Vara da Fazenda Pública, a nomeação de um interventor na Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), a fim de que as cláusulas do TAC que já foi aditivado por duas vezes, sejam cumpridas integralmente.

“No mês de junho sugeri ao prefeito que decretasse estado de emergência no sistema de trânsito e transporte da cidade, com o objetivo de usar as suas prerrogativas constitucionais para tomar medidas urgentes e necessárias para sanar as inúmeras dificuldades que a situação apresenta. Em resposta às nossas sugestões, tudo o que fez o chefe do executivo municipal foi aumentar o valor das tarifas; acabar com a domingueira livre”, detonou Fábio.

Para o vereador, Holandinha fecha os olhos para a proliferação dos piratas [ônibus sem condições de circular] e deixa os empresários se beneficiarem com mais alguns milhões.

De acordo com o peemedebista, em face à ineficiência do Poder Público Municipal, a ação da promotora Lítia Cavalcanti eleva definitivamente o tom dos encaminhamentos de modo a poder resultar a sua solicitação em uma medida inédita na história da prefeitura da capital maranhense – uma intervenção na administração pública municipal.

Fábio Câmara vai se reunir amanhã, dia 24, às 9h com a promotora Lígia Cavalcanti, para discutir sobre o assunto.

Comentários

Comentários