CAXIAS – Léo Coutinho envolvido em suposta compra de votos

Em Caxias um episódio de compra de votos envolvendo alunos do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), por candidato da coligação “A mudança Continua”, que tem como majoritário o candidato Léo Coutinho, parece estar dando “pano pras mangas”. Em imagens que encontram-se com o ministério Público Federal, uma cabo eleitoral chamada Odete Gonçalves, pede explicitamente votos para a candidata  a vereadora Aureamélia Soares e para o candidato Léo Coutinho.

A empresária promoveu uma verdadeira “festa de arromba” em sua residência para atrair jovens eleitores, muitos menores de idade e estudantes do IFMA. Durante a festa que foi promovida para realização de uma reunião política para a candidata Aureamélia Soares, muita cerveja, uisk, churrasco, lanches e até cachaça e, ainda vale transportes por uma semana foram oferecidos aos jovens. Outro que participou desse aliciamento de eleitores, foi o secretário de esporte Anderson Soares, do governo Léo Coutinho.

pedido-de-investigacao
Em discurso, todos pedem votos para a candidata Aureamélia Soares e também para o candidato Léo Coutinho. Com base nas imagens, fotos, escutas telefônicas e depoimentos já obtidos pelo ministério público federal, a coligação “Caxias é do Povo”, entrou com pedido de investigação também contra o candidato a prefeito Léo Coutinho que tentou de todas as formas sair de fininho desse episódio, chegando até a entrar na justiça pedindo a retirada da internet das imagens onde mostram claramente os cabos eleitorais e até seu secretário, pede voto para o candidato a prefeito, parece estar se envolvendo em um dos maiores escândalos de compra de votos do Maranhão.

Alunos de um instituto federal foram aliciados, pedidos explícitos de votos para os candidatos foram feitos no rega bofe, o secretário de esportes do governo Léo Coutinho estava presente e ainda em discurso pede votos para o candidato. A lei é bem clara, oferecer qualquer vantagem a eleitores em troca de apoio ou votos, mesmo que por terceiros ligados ao candidato, é crime! Léo Coutinho será investigado pela justiça eleitoral. Com tantas evidências, será difícil explicar para a lei e ainda para a opinião pública o que fazia ali um secretário seu, em um evento onde eleitores e de menores foram aliciados com passes escolar, bebidas e comidas.

Outro rumor muito grande que circula em Caxias, seria um detalhe muito curioso que as investigações desse mesmo episódio chegaram, mas que parece que será revelado apenas nas últimas horas. Léo Coutinho programa seu último comício na sexta feira com a vinda do Governador a Caxias. Os olhos do estado todo estarão voltados para a cidade, parece que realmente vai dar pano pras mangas.

Blog Maranhão de Verdade

Justiça acaba com factoide criado para prejudicar Wellington e enganar a população de SLZ

 

O juízo da 4ª Vara da Fazenda Pública, proferiu sentença nos autos do processo 2614/2013 que o candidato Wellington do Curso (PP) figurava como parte.

Ao fazer a a análise do processo, o juiz proferiu a decisão afirmando o Wellington não é parte no processo e ainda cabe ressaltar que o autor, mesmo sabendo que o réu, sempre alegou mas o estado evitou apontar pessoa diversa responsável do esbulho denunciado.

Então, após análise detalhada, o juízo acolheu a preliminar suscitada e extinguiu o processo.

As máscaras caíram. Nessa terra maravilhosa de São Luís, a velha política está sendo enterrada. Separação de Poderes é um pilar inabalável de nosso Estado de Direito!

4ec09ea0-4342-49f4-9ae9-cd7ac350be79 04d64cf8-8e57-4761-8682-1aae1eeeec23 7db08880-c019-4f22-bca6-e6ecc2f940b1

 

 

ROSÁRIO – Willame caminha para vitória esmagadora

O enfermeiro Willame Anceles (PCdoB), candidato a prefeito no município da querida e histórica Rosário, promete, no próximo dia 2, botar fim à gestão catastrófica da inoperante Irlahi Linhares, que fez o desfavor de destruir uma das cidades com maior valor histórico ao povo do Maranhão.
Terra do saudoso Ivar Saldanha. Ivar Saldanha foi presidente da Caixa Econômica no Maranhão, prefeito de São Luís por três vezes, deputado estadual por sete vezes (exercendo quatro vezes o cargo de presidente da Assembleia Legislativa), deputado federal por duas vezes e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.
Trago à memória esta figura ilustre pra dizer que Rosário tem, filhos competentes e de renome na política. Porém, para tristeza dos rosarienses, as últimas gestões não fizeram jus ao seu filho ilustre, Saldanha.
Anceles surge como uma nova esperança por dias melhores para o município. Vem sendo bem recebido por onde passa e tem um grupo político coeso e coerente e com certeza, caminha de forma sólida para uma eleição vitoriosa.
Acompanhe na íntegra o Plano de Governo do candidato Willame Anceles clicando abaixo:

proposta_governo1470666189998

 

 

Justiça confirma candidatura de Zequinha Amaral e condena coligação liderada pelo PC do B ao pagamento de multa por litigância de má-fé

unnamed (1)

Em decisão expedida nesta quarta-feira (28), o juiz Celso Serafim Júnior, da 86ª Zona Eleitoral, confirmou que o candidato a prefeito da coligação “Unidos Por Matinha”, Zequinha Amaral (PRTB), está apto a disputar as eleições do dia 02 de outubro.

O magistrado também condenou a coligação “Matinha é de Todos”, da candidata Linielda (PC do B), ao pagamento de multa no valor de dez salários mínimos por litigância de má-fé.

Linielda e o seu marido, Eldo Jorge, também do PC do B, utilizando a coligação, tentaram indeferir o registro de candidatura de Zequinha Amaral. Eldo, é importante frisar, teve que abandonar o projeto de ser prefeito de Matinha, e substituir o seu nome pelo o da esposa, depois de ter o seu registro de candidatura cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/Ma). Eldo Jorge responde a processo na Justiça por crime de compra de votos.

A decisão de utilizar de uma manobra judicial para tentar prejudicar a candidatura de Zequinha Amaral ocorreu, segundo informações dos bastidores políticos da cidade, depois que o casal comunista tomou conhecimento das últimas pesquisas de intenção de voto que apontam Amaral como vencedor do pleito.

unnamed

Vereador de três mandatos e já tendo exercido o cargo de da Câmara Municipal, Zequinha tem como candidata a vice-prefeita a também ex-vereadora, Maria de Jesus.

Ele comanda o maior grupo político da história de Matinha que, além do PRTB, conta com os apoios do PDT, PSDB, PSL, PSC, PTB, PP, DEM, PHS, PT do B, e PTN; oito, dos onze vereadores; além de de centenas de lideranças políticas e comunitárias.

“A manobra frustrada dos adversários é uma demonstração clara do desespero dos mesmos. Estamos fortes, unidos e, o que é o principal, contando com o apoio verdadeiro do povo matinhense que, no dia 02 de outubro, sairá, mais uma vez, vitorioso”, disse Zequinha.

Para o atual prefeito Beto Pixuta (PDT), Zequinha é, sem dúvida, o melhor nome para governar Matinha, a partir de janeiro, e fazer com que a cidade continue no caminho certo do progresso.

“Nossa administração trabalhou muito nestes quase quatro anos. E o povo apoia Zequinha e Maria de Jesus porque quer que esse ciclo proveitoso de desenvolvimento tenha continuidade”, afirmou.

 

TRE cassa Julinho e Luis Fernando é candidato único

Luis Fernando e Eudes lideram caminhada em Itapari e Panaquatira.

Luis Fernando e Eudes lideram caminhada em Itapari e Panaquatira.

Foi por unanimidade. A corte do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) confirmou na tarde desta terça-feira, dia 27, a cassação da candidatura do médico Julinho Matos (PMDB) à prefeitura de São José de Ribamar.

Pelo placar de 4 a 0, o TRE manteve a decisão da juíza da primeira instância em São

José de Ribamar, Tereza Mendes, que indeferiu o registro da candidatura do peemedebista.

Com a decisão, apenas o candidato da coligação Aliança Democrática Ribamarense, Luis Fernando Silva (PSDB), está apto a concorrer ao pleito no próximo dia 2 de outubro.

Julinho teve sua candidatura indeferida pela Justiça, em decorrência de suas duas contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA), durante sua passagem pela diretoria da Maternidade Benedito Leite.

Além das contas reprovadas, Julinho não se desincompatibilizou no dia 2 de julho, como manda a lei eleitoral, do cargo de médico que exerce no Estado, fato este que também impediu sua candidatura, segundo o procurador da República junto ao TRE, Thiago Ferreira de Oliveira.

Desmoralizado na Justiça e sem perspectiva eleitoral, Julinho e seu pequeno séquito continuam, no entanto, fazendo uma campanha baixa contra Luis Fernando em São José de Ribamar.

Blog do Robert Lobato

PAÇO DO LUMIAR – “Posso até morrer na praia, mas vou nadar até o fim.”, declara radialista Helena Leite ao dar como certa a derrota de Domingos Dutra

10305614_1405790659707197_5933416243944006578_n
Radialista Helena Leite

“Pela primeira vez, aceitei participar da política do Paço do Lumiar.
Apoio Dutra, a unica forma de termos uma política cultural séria e valorizada, porque estaria ao lado dele.
Hoje, ao amanhecer, as notícias que vem do Paço são as piores.
Na verdade, o dinheiro é quem manda nessa eleição, porque também fui assediada.
Como coloco a cultura popular acima de tudo, até mesmo da minha vida financeira, resolvi continuar com Dutra, acreditando que o povo do Paço do Lumiar, saberá fazer justiça.
Quanto ao Boi da PINDOBA, que também apoia Dutra, caso não vença, nada mudará, pois exatamente a 16 anos, tudo que esse boi conquistou, nada veio do Paço. Portanto, não sentiremos falta de nada, só preciso ter saude.
Uma coisa é certa, caso o povo não me ajude a eleger Dutra, passarei a cuidar apenas do boi, pois abandonarei esse município, principalmente PINDOBA, que benefícios recebeu do governo Estadual.
Sou Dutra! Sou 65!
A campanha de baixo nível que as pessoas têm feito contra sua esposa, os eleitores de Dutra, sabem que a administração da Prefeitura será exclusivamente dele.
Sou assim, posso até morrer na praia, mais vou nadar até o fim.”

Declaração de Helena Leite em um badalado grupo de WhatsApp 

IMAGEM DO DIA – Na crise, eleitores de SLZ começam a vender votos…

33e7693b-dfa4-4293-b8ef-e2c30e170573

As eleições estão chegando e é importante que o eleitor fique atento a uma questão muito séria: a compra e venda de votos. O Código Eleitoral determina até quatro anos de prisão não somente para candidatos que oferecem dinheiro ou bens em troca de votos, mas também para o eleitor que recebe dinheiro ou qualquer outra vantagem

PAÇO DO LUMIAR – Gilberto Aroso caminha para vitória esmagadora nas urnas no dia 2 de Outubro…

b983a4e5-b863-4c35-8729-d2eba9cdfc34

O candidato a prefeito de Paço do Lumiar Gilberto Aroso (PRB), lacrou ontem sua vitória nas eleições deste ano.

Por 3 votos a 1, “Giba”, como é chamado carinhosamente por aliados de campanha, teve sua candidatura deferida pelo TRE, jogando por terra uma série de especulações e factoides criadas pela imprensa chinfrim local e também pela desesperada oposição.

Tido como preferido pelo eleitorado luminense, Gilberto vem fazendo seu “dever de casa” como nenhum outro candidato, com suas passeatas, carreatas e reuniões nos 4 cantos de Paço do Lumiar.

Com isso, como dito por uma leitora assídua do Blog do Neto Cruz, só Deus pra tirar essa eleição de Gilberto…

Como o diabo foge da cruz, Holandinha foge dos debates em SLZ

Palanque de Holandinha sem ninguém...
Palanque de Holandinha sem ninguém…

Líder em todas as pesquisas de opinião – não se sabe cargas d’água como -, na corrida eleitoral para a prefeitura de São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Jr. (PDT), que concorre à reeleição, tem suscitado críticas dos adversários pela decisão de não participar dos debates promovidos por emissoras de televisão locais, que realizam o programa. O mesmo não compareceu ontem na TV Guará, no debate realizado pela emissora e apresentado pelo mediador Américo Azevedo Neto.

De acordo com a coordenação da campanha, a determinação do prefeito se deve a participação de debates em emissoras que tem tradição, no caso a Difusora e Mirante.

Holandinha mostra, assim, duas coisas no ponto de vista do editor deste blog: 1º não ter peito para debater, com os demais candidatos a prefeito, problemas e soluções para São Luís, problemas estes acarretados por sua gestão catastrófica; 2º falta de comprometimento com a população ludovicense.

Considera-se a decisão do prefeito um “profundo” desrespeito para com a cidade e o processo eleitoral. Edivaldo não dá valor à democracia.

Durante o debate ontem na TV Guará, muitas perguntas seriam direcionadas ao neo-pedetista, como perguntas formuladas por Eduardo Braide (PMN) e Wellington (PP). Na ausência de Holanda, os demais pré-candidatos lançavam as perguntas entre si, causando em determinado momento do debate um tom de “Guerra Fria”.

Não foram poupadas críticas ao gestor, entretanto, no que se refere a ausência nos debates..

Agora, cabe a população julgar, afinal, quem não deve não teme. A população deve estar refletindo: por que o prefeito não quer ir, será que é porque ele já se considera eleito?

Dia 2 saberemos e, num eventual segundo turno, dia 30 de Outubro saberemos quem é quem…