Equipe “super tonta” de Dutra cava sua sepultura política em Paço do Lumiar

Avatar
Dutra assando um peixe na brasa mostrando que sabe se virar

Um informante bem posicionado do Blog do Neto Cruz, como sempre, nos deu alguns sinais do que pode está por trás do colapso em que entrou a gestão Domingos Dutra, em Paço do Lumiar. Somando-se ao “engessamento” do chefe do executivo que seria, segundo alguns críticos, apenas prefeito de foto, a letargia da equipe que rodeia Dutra ajuda a enterrá-lo, de vez, no ostracismo político luminense, quiçá do Maranhão.

A passos de pomba, como diz Nietzsche na obra Ecce Homo, secretários sem traquejo político não tentam ajudar o magrelo e apenas cumprem tabela.

Exemplo notório na atual gestão é o secretário de educação, Dr. Paulo Roberto Barroso, que decidiu iniciar uma caça aos professores que se recusam a ler a sua cartilha e de sua anfitriã, Núbia Dutra.

Outro exemplo é o secretário de infraestrutura, Walburg, que se recusa a ouvir quem tem conhecimento da realidade de Paço e se dana a querer dar suporte apenas ao bairro Maiobão, esquecendo de outras áreas do município que estão em estado precário.

A última aquisição foi a neófita secretária de saúde, a esposa do prefeito, Núbia Dutra. Sem saber a diferença entre agulha e seringa, ela ocupa hoje um cargo de elevado garbo, mas não detém conhecimento técnico para tal e tem levado na breca a importante pasta.

Enfim, vê-se que a culpa é, em primeiro lugar, do prefeito Domingos Dutra, que não tem pulso firme e em segundo lugar, sua “equipe tonta”, que tem alguns personagens que estão movidos, literalmente, pelo vil metal…

 

Comentários

Comentários