AXIXÁ – Roberta Barreto deixou débito na CEMAR de quase 500 mil reais

Tempo de leitura: 1 minuto

Roberta Barreto, possessa, humilhando axixaenses

Desde quando assumiu a gestão municipal, no dia 1º de Janeiro de 2017, a prefeita Sônia Campos se deparou com um débito de mais de 400 mil reais deixados pela ex-prefeita Roberta Barreto.

O município vivia sob ameaça de corte de energia todos os dias, até que a Procuradoria entrou com uma ação judicial e conseguiu uma liminar para que não fosse suspenso o fornecimento de energia das escolas, postos de Saúde, poços de abastecimento de água e iluminação pública. A ação tramita na comarca de Icatu junto com uma ação de ressarcimento contra Roberta Barreto para que ela devolva os valores que deixou de pagar a CEMAR.

A prefeitura foi surpreendida com a suspensão do fornecimento de energia pois todas as contas desde o dia 01 de janeiro de 2017 até hoje estão pagas e em dia e pela lei só pode cortar energia de contas com pelo menos de três meses de atraso. O que não é o caso da prefeitura de Axixá.

É preciso restabelecer a verdade dos fatos, porque essas mesmas pessoas que deixaram de pagar as contas da CEMAR durante anos são as mesmas que criam fakenews para propagar falsas informações.

O município entrará na justiça contra a CEMAR na segunda.

Abaixo, uma parte das contas deixadas “no prego” pela ex-prefeita de Axixá, Roberta Barreto.

Comentários

Comentários