PAÇO DO LUMIAR – O que esperar de nossos vereadores?

Tempo de leitura: 5 minutos

Insatisfeitos com o recente aumento da taxa de iluminação pública, moradores colocaram o Dutra e a esposa num outdoor, chamado “Mural da Vergonha”, juntamente com 16 dos 17 vereadores.

Em tempos de eleição, não faltam promessas ao povo. No pleito pelos cargos públicos, sejam eles ao município, estado, congresso, ou ao maior, a presidência da república, o poder do convencimento para conquistar os votos por meio de promessas é uma das táticas mais usadas pelos candidatos, além de outras conhecidas, como a compra de votos.

Esta tem sido uma das maneiras mais usuais de alguns políticos se elegerem, eles não se preocupam em desempenhar seu papel como representante do povo, pois acham que já fizeram sua parte ao pagar pelo voto recebido. Ai o povo passa 4 anos reclamando do desserviço destes políticos. Vem nova eleição e o ciclo repete-se novamente. Em busca desses votos, pelo apoio, os candidatos acabam se perdendo com tantas promessas não cumpridas, seja pelos absurdos prometidos, seja pela própria limitação das atribuições que o cargo lhe oferece.

Mas isso não interessa neste momento, no desejo de se eleger, promete-se absurdos, como se vê em cada eleição neste país, a cada dois anos. Por isso é importante conhecer as atribuições e verdadeiras funções do cargo de vereador, para que não sejamos enganados novamente, ou minimizar assim as esperanças atribuídas a cada um que nos pede voto. Muitos virão, mais quantos tem realmente a verdadeira intenção de trabalhar pelo povo? Trabalhar por Paço do Lumiar? Fica aqui a pergunta para cada um de nós eleitores.

O vereador enquanto agente político, escolhido pela população para ser seu representante, deve representar a sociedade, esta representação está entre as noções mais importantes dentre suas funções, pois os interesses do povo devem ser tratados com responsabilidade acima de tudo. Devem ser sábios na elaboração, discussão e votação de leis que melhore as condições dos munícipes, propondo melhorias no município, obras e serviços para o bem-estar da vida da população em geral.

Os vereadores são os responsáveis por fiscalizar as ações tomadas pelo poder executivo, isto é, pelo prefeito, cabendo-lhes a responsabilidade de acompanhar a administração municipal, principalmente no tocante ao cumprimento da lei e da boa aplicação e gestão do dinheiro público. Acima de tudo, os vereadores devem lealdade a sociedade e não ao prefeito.

Geralmente o que vemos hoje é, a situação defende com punhos de ferro o prefeito, enquanto a oposição o critica. Neste embate, o que fica esquecido é o interesse do povo, sobressaindo o interesse pessoal, de ambos os lados. Espera-se mais de quem foi escolhido pelo povo para lhe representar. Seria tão importante se nossos políticos usassem suas inteligências e conhecimentos em prol de seu povo.

O que se espera de nossos políticos é claramente a interatividade deles com seu povo, espera-se que sejam os mesmos que participam das campanhas políticas, pois é visível a diferença, ou seja, o político de campanha e o político eleito.

O político de campanha carrega seu filho no braço, vai à sua casa, toma seu café, anda a pé pelas ruas da cidade, aperta sua mão, é seu amigo, na verdade, este seria o político que o povo sempre quis.

Agora o político eleito, há, este anda de carro com os vidros fechados, já não te conhece mais, sequer sabe se tens aquele filho que carregara nos braços durante a campanha, teu cafezinho agora é amargo, tua mão está sempre suja, mente sempre que o procura. Estes são nossos políticos. “Não querendo generalizar, mais a maioria é assim.” Porque é tão difícil o político ser uma pessoa normal? Estar em todos os movimentos realizados pela cidade, como estão em tempo de campanha.

Será o medo de pedidos constantes de alguns populares. Quem mandou acostumá-los dessa maneira, sempre deram o que pediam em troca de votos, depois de eleitos se negam a continuar dando, ai os pedidos aparecem, na mesma proporção em que os políticos somem.

Na verdade não queremos que nossos vereadores façam milagres. Só queremos que criem leis que fortaleçam nosso município, nosso povo, que fiscalize com seriedade o executivo, que nos garanta segurança, saúde, educação e vida digna. Só queremos que nossos vereadores sejam mais um de nós, aquele que escolhemos para nos representar na câmara municipal, independentemente de qual lado esteja, pois está é a escolha de hoje, ou se está do lado do prefeito ou contra. Esquecem que foram eleitos para ficar de um só lado, “O DO POVO”.

Votemos com responsabilidade para que não reclamemos durante os anos que virão. Sabemos que a política hoje é tratada de forma diferente, o enriquecimento através da corrupção é sempre a primeira opção para muitos que entram na vida pública. A escolha é nossa, sejamos sábios e votemos em quem temos certeza que tem capacidade de nos representar nos próximos quatro anos. Votar em alguém só porque é amigo não garante facilidades a ninguém, lembre-se que grande parte deles sofre de amnésia depois de eleitos. Votem em quem tem capacidade e conhecimento para nos representar, isso evitará que passemos quatro longos anos reclamando.

Fica aqui a dica para que possamos mudar a história política de nossa cidade. O lembrete é: “Votando com responsabilidade, teremos representantes responsáveis.” E fica a dica.

Da relação abaixo, a única vereadores que não votou “teleguiada” por Dutra e sua esposa Núbia Dutra, foi a vereadora Carmen Aroso (PMDB).

 

Vanusa Neves 45999

ELEITO
2.58%
1,264 VOTOS

Jorge Brito 45123

ELEITO
2.51%
1,230 VOTOS

Leonardo Bruno 23333

ELEITO
2.51%
1,229 VOTOS

Orlete 28111

Orlete 28111

PRTB
ELEITO
2.48%
1,216 VOTOS

Wellington Sousa 40123

ELEITO
2.13%
1,042 VOTOS

Miau Oliveira 12012

ELEITO
1.89%
924 VOTOS

Ana Lucia 12100

ELEITO
1.79%
877 VOTOS

Inacio 31789

ELEITO
1.79%
876 VOTOS

Profª Carmen Aroso 15789

ELEITO
1.70%
834 VOTOS
10°

Fernando Muniz 11000

ELEITO
1.68%
825 VOTOS
11°

Julio Pinheiro 51123

ELEITO
1.62%
792 VOTOS
12°

Marinho do Paço 90000

ELEITO
1.44%
706 VOTOS
13°

França Duarte 10333

ELEITO
1.39%
679 VOTOS
14°

Miguel 44000

ELEITO
1.38%
676 VOTOS
15°

Drielle da Pindoba 65900

ELEITO
1.34%
658 VOTOS
16°

Puluca 43111

ELEITO
1.08%
528 VOTOS

Comentários

Comentários