Veja 5 motivos para praticar atividade física durante a preparação para concursos

Tempo de leitura: 2 minutos

Lia Salgado fala sobre a importância da atividade física durante a preparação para concursos públicos. A colunista lista 5 motivos para que os candidatos adotem a prática durante o período preparatório. Veja abaixo:

 

1) Reduz o estresse, que compromete a atividade do cérebro 

O estresse é uma reação biológica de sobrevivência. Desloca a energia para os músculos e para os sentidos importantes em caso de luta ou fuga. Assim, as atividades intelectuais deixam de ser prioridade – o que é péssimo para quem precisa estudar.

 

Por este motivo, a atividade física funciona como uma resposta para a qual o organismo se preparou e ajuda a metabolizar os hormônios que foram liberados (adrenalina e cortisol), levando a pessoa de volta ao equilíbrio. Com isso, o cérebro retoma a sua capacidade intelectual e você pode voltar aos estudos.

 

2) Aumenta a capacidade de resistir às frustrações e dificuldades 

Quando se faz uma atividade aeróbica por um tempo razoável – por exemplo, uma caminhada de 40 minutos – são liberados no organismo 2 importantes hormônios: serotonina e endorfina – que são considerados “hormônios do bem-estar”.

 

A consequência é uma melhor disposição física e emocional diante da vida, e também para lidar com eventuais problemas. O que não falta na vida dos concurseiros.

 

3) Aumenta a capacidade do cérebro – melhor oxigenação e neurotransmissores

Assim que iniciamos uma atividade física, ocorre o aumento dos batimentos cardíacos, e isso tem como consequência imediata a melhor oxigenação do corpo – e do cérebro – o que é excelente para quem precisa estudar muito.

 

Mais uma coisa: os hormônios de que falamos na dica anterior são também neurotransmissores. Isto significa que atuam diretamente na troca de informações entre os neurônios, tornando-a mais eficiente. Bom, né?

 

4) Melhora a resistência física para estudar

Não é novidade para ninguém que preparação para concurso envolve muitas horas sentado, estudando. Sem perceber, a gente vai se contraindo, ficando torta e não é raro terminar o dia com muitas dores no corpo.

 

A atividade física ajuda a colocar tudo no lugar e ativa a musculatura para resistir aos longos períodos de inatividade. Isso evita que o desconforto físico comprometa a concentração nos estudos.

 

5) Melhora a qualidade do sono

O fato de o corpo ter se exercitado, adicionado à redução do estresse, resulta em melhor qualidade de sono. O que também é fator essencial para quem se prepara para concursos, por dois motivos: estar descansado no dia seguinte e ter boas condições de memorização dos conteúdos (que acontece durante o sono).

Comentários

Comentários