“Marcio Jerry já pediu retirada de postagem do blog e foi atendido”, diz Luís Cardoso

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Enquanto estávamos depondo ontem durante a manhã e tarde na sede da Superintendência da Polícia Federal sobre vazamento de informações de operações ou sobre prováveis extorsões, o secretário de Comunicação Social e Articulação Política, Márcio Jerry, usava sua página social no Twitter para ejacular prazer. Aliás, há três semanas ele vinha antecipando a operação de ontem e informando que eu e alguns dos meus filhos seríamos presos. Como ele sabia antecipadamente da operação?

O gozo de Jerry não foi maior em razão de não sermos algemados e levados para o presídio de Pedrinhas. Mas ele torceu pelo Twiter para que fossemos  dormir como bandidos. O delegado que comandou a operação concluiu não haver mais necessidade de cumprir a prisão temporária.

Márcio Jerry em nenhum momento fala em vazamento de informação, mas diz que fomos levados por extorsão. Não existe em nenhum momento alguma ligação minha extorquindo ninguém. Vou relatar aqui um caso em que o próprio Jerry sabe que não adoto tais práticas.

Continue lendo aqui…

Comentários

Comentários