CRIME//» Vigia assume autoria do assassinato do advogado Brunno Matos

Márcio Dominici, delegado do 7º Distrito Policial, em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira, informou que o vigia da casa de Carlos Alberto Marão Filho, assumiu a autoria do assassinato do advogado e assessor jurídico da prefeitura de São Luís, Brunno Matos, no dia 6 de outubro.
1gGKI8hL_400x400
João José Nascimento Gomes, o vigia, confessou ter matado a facadas o advogado, que comemorava a vitória do candidato ao senado, Roberto Rocha (PSB). De acordo com o delegado, João Gomes já está detido e deve ser processado por homicídio, tentativa de homicídio e agressão grave.

Em depoimento, o vigia afirmou que percebeu uma confusão envolvendo seu patrão, Carlos Humberto Marão Filho, e interviu para ajudá-lo, golpeando Bruno e outras duas pessoas.
A confissão gera uma reviravolta no caso, que tinha como principal suspeito do crime Carlos Alberto. Detido no Centro de Triagem de Pedrinhas, Carlos Alberto deve ser liberado ainda hoje.

Diego Polary, supostamente envolvido no crime, será indiciado. De acordo com o delegado, o inquérito foi concluído e será encaminhado ao Ministério Público.

http://www.oimparcial.com.br/

No Dia dos Professores, Wellington do Curso homenageia a classe e reafirma seu compromisso com a Educação

O professor, candidato eleito a deputado estadual pelo PPS e empresário de um dos renomados cursos preparatórios para vestibulares da capital maranhense, Wellington do Curso, homenageia a todos os professores, em especial aos do Maranhão, que
sempre trabalham com amor, determinação e dedicação, mesmo tendo que enfrentar tantas falhas no sistema educacional.

 

10649887_614896575285751_861321557423141549_n

Para Wellington, a melhor forma de homenagear os professores maranhenses é intensificar políticas públicas para melhorar a qualidade do ensino no Maranhão, valorizar os profissionais da Educação com melhores salários, capacitação profissional, melhores condições de trabalho e ampliar o acesso das crianças, jovens e adultos aos diversos níveis de ensino.

Sempre priorizando a Educação e acreditando ser ela o instrumento de transformação da sociedade, Wellington reconhece que sem educação não se constrói um Estado livre, democrático e independente.

“Ser professor é promover o saber universal, especializar políticos, médicos, cientistas, técnicos, administradores, artistas… Eu tive a felicidade de conhecer e conviver com excelentes professores durante toda a minha trajetória de vida.
Ao homenageá-los, homenageio a todos os educadores convicto de que eles são as vigas mestras que sustentam nossa sociedade e projetam um futuro radiante. O professor é um missionário da fé, da esperança, da justiça e da liberdade.
Ser professor é ter a capacidade de “sair de cena, sem sair do espetáculo”. É apontar caminhos, mas deixar que o aluno caminhe com seus próprios pés. Afinal, são os educadores que constroem o futuro. Parabéns, professores!”, declarou Wellington do Curso.

Secretaria de Agricultura de Paço do Lumiar comemora o sucesso na produção experimental de tomates no município

 

A introdução do fruto na produção agrícola significa mais que a diversificação no cultivo, representa economia

 

Paço do Lumiar começa a produzir tomates cereja em larga escala

Paço do Lumiar começa a produzir tomates cereja em larga escala

 

A Secretaria de Agricultura de Paço do Lumiar comemora o sucesso da produção experimental do tomate no município. O plantio do tomate, tipo Híbrido Tropical Thaiti, foi feito no Centro de Produção de Mudas e Biofertilizante Agroecológico de Paço do Lumiar, que fica na localidade Cumbique.

 

O experimento significa mais que a diversificação da produção agrícola do município – que já produz hortaliças, plantas medicinais e ornamentais – representa economia, pois a partir do momento que os agricultores receberem as mudas e começarem a cultivar o fruto, não haverá mais necessidade de importar o produto de outros estados, como acontece atualmente.

 

“O Maranhão não tem vocação de produção de tomate. Por isso a importância desse projeto desenvolvido aqui no Centro de Produção de Mudas. Estamos tentando introduzir culturas novas para não haver mais necessidade de importação”, enfatiza a secretária de Agricultura de Paço do Lumiar, Rosany Aranha.

 

A engenheira agrônoma e chefe do departamento de Agricultura da Semapa, Elainy Costa, explica que este tipo de tomate responde bem às condições climáticas do município. “Esta variação tem o ciclo precoce de 90 dias. Ela se adapta bem ao nosso clima”. E informa. “A partir do sucesso que foi esse plantio, vamos colocar as sementes para secar e produzir as mudas”, comemora.

 

 

 

Centro de Produção de Mudas

 

O Centro de Produção de Mudas de Paço do Lumiar, localizado em Cumbique, tem produção mensal de 60 mil mudas. Estas mudas são distribuídas gratuitamente para os mais de dois mil produtores agrícolas da região. Além da distribuição das mudas e do biofertilizante, há também o acompanhamento técnico.

 

“O Centro funciona em regime de comodato. Aqui trabalham seis funcionários, temos as estufas onde são produzidas as mudas e o minhocário, além da produção de biofertilizante”, informa o técnico agrícola e coordenador do Centro, Alonso Chagas.

 

A produção do Centro é agroecológica. Cada produtor recebe dois mil litros de biofertilizantes de 15 em 15 dias. O biofertilizante, produzido em grandes toneis, é uma mistura de cana-de-açúcar, bananeira, rapadura, esterco de frango ou boi e os aceleradores. Eles são utilizados em pulverizações foliares ou aplicados diretamente na cova, como é o caso da plantação de tomates.

 

De acordo com a secretária Rosany Aranha, a Embrapa é uma parceria importante para o Centro de Produção de Mudas. “Eles ajudam na infraestrutura e também na transferência de novas tecnologias, tais como telados ou métodos de irrigação”, conclui.