Em São Luís, Detinha leva zero na pesquisa estimulada

Os campeões de votos Josimar Maranhãozinho e Detinha são os mais bem votados do Maranhão

A deputada estadual Detinha (PL), esposa de Josimar de Maranhãozinho, zerou na pesquisa realizada pelo Jornal Pequeno para a Prefeitura de São Luís.

O levantamento contava com 13 nomes no cenário estimulado, e ninguém respondeu que iria votar em Detinha.

Além dela, o jornalista Franklin Douglas (PSOL) e o sindicalista Saulo Arcangeli (PSTU) também não foram citados.

Josimar terá uma missão quase impossível se quiser transformar a esposa em prefeita de São Luís.

Fonte: Marrapa

Após matéria do blog, Simplício e Augusto Lobato correm atrás de Dutra

Na manhã deste domingo, o Blog do Neto Cruz publicou com EXCLUSIVIDADE carta associada ao prefeito Domingos Dutra, licenciado do cargo após ter sido acometido por um AVC, em junho do ano passado. Numa tentativa orquestrada pela primeira-dama Núbia Dutra de volta ao comando do município, o Ministério Público e Câmara de Vereadores apuraram manter o prefeito afastado, até que se prove sua capacidade mental de responder pelos atos da vida civil. Até o momento, Dutra não compareceu ao Nina Rodrigues para ser periciado.

Na carta, Dutra – ou Núbia – alega que como prefeito no mandato, tem a prerrogativa de concorrer à reeleição pelo PCdoB, sigla onde hoje se encontra filiada Paula da Pindoba, interina.

Foi o suficiente para que o suplente de deputado federal e titular da SEINC no Estado Simplício Araújo corresse, na companhia de Augusto Lobato – presidente estadual do PT no Maranhão, ao encontro de Dutra como se fosse um encontro casual.

A legenda da foto postada no Insta soa, nos bastidores da política do Lume, como um interesse repentino dos dois [Simplício e Lobato] com o velho ‘Futi’:

Muita alegria hoje em arrancar esse sorriso desse grande guerreiro do Maranhão. Dutra, que lutou muito por um Maranhão melhor e mais justo, enfrenta há um ano e três dias uma batalha pela saúde. Na foto também o Presidente Estadual do PT, Lobato. Retiramos as máscaras apenas para a foto, pois muitos não acreditariam ser o Domingos Dutra.

Quando assumiu a prefeitura de forma interina, Paula era filiada no Solidariedade, partido comandado no Estado por Araújo.

Resta saber se os dois querem, assim como o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Caxias, Adelmo Soares, ajudarem num possível retorno de Dutra ao comando da prefeitura, algo que segundo analistas é inviável acontecer.

Há quem diga que tudo não passa de movimento para barganhar ‘espaços’ na gestão…

 

 

PRONTO! Dutra envia carta ao PCdoB e diz que será candidato a prefeito de Paço

Após a tentativa frustrada de Dutra/Núbia reassumir o comando da prefeitura de Paço do Lumiar, em março deste ano, eis que o prefeito licenciado reaparece, desta vez pleiteado e, segundo ‘ele’, legitimamente, a concorrência à reeleição nas eleições de 15 de novembro.

O documento assinado com caneta vermelha aparece com o que seria a identidade do velho “Futi”. No teor, Dutra requer informações sobre a convenção do partido, além de colocar o nome “à disposição” para concorrer ao cargo de prefeito como preconiza, segundo o documento, a legislação vigente.

Porém, Dutra não foi até o momento avaliado pela junta médica do Nina Rodrigues, o que coloca em xeque a sua capacidade psíquica e corrobora com a incapacidade e restrição legal imposta ao exercício dos atos da vida civil.

Resta saber se o movimento não é mais uma das traquinagens da primeira-dama, Núbia Dutra, que se aliou recentemente a um pré-candidato a prefeio, neo liberal.

O assunto promete render…

 

 

PRTB é Braide

O Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) caminhará com Braide nas eleições de 2020, rumo à prefeitura de São Luís.

O martelo foi batido ontem, 24, após dias de diálogo entre a sigla e o pré-candidato do PODEMOS.

Jairzinho Filho, empresário, assumiu o PRTB e chegou a pensar em concorrer ao posto no Palácio de La Ravardière.

Em um gesto de maturidade política, o presidente estadual do partido do vice-presidente da República soma com Braide nas eleições de novembro.

Com Jairzinho Filho na disputa, direita maranhense passa a ter um ...

 

CAIU MAIS UM – Em Paço, após denúncia do blog, marido da sobrinha de Jerry pede exoneração; salário era de R$ 15 mil

Na persecução do bom Jornalismo e da informação quente e com exclusividade, o Blog do Neto Cruz desbaratou um verdadeiro esquema de supersalários na prefeitura de Paço do Lumiar, na gestão interina de Paula da Pindoba. Ciente ou não, Paço respira “novos ares” após as denúncias feitas com exclusividade por este canal e que vem sendo ‘requentadas’ sem nada novo a mostrar…

Em junho, esta página denunciou que Camila Saraiva [sobrinha do deputado federal Márcio Jerry] juntamente com o esposo, faturavam mensalmente, juntos, a bagatela de R$ 30 mil.

A exposição foi o suficiente para que ambos pedissem ‘licença’ de 15 dias, para deixar a poeira sentar.

Porém, o clima na Secretaria de Fazenda do Município nunca mais foi a mesmo – leia-se insustentável -, o que forçou com que Cláudio Alves a pedir exoneração do cargo, com direito a despedida no grupo dos secretários.

Assim, o blog vai cumprindo sua missão social e livrando Paço de paraquedistas e forasteiros…

Veja:

PRESIDENTE JUSCELINO – O imoral Dr. Pedro

Quem acompanha os bastidores da política juscelinense sabe que o médico Dr. Pedro é afilhado de Josimar Maranhãozinho, o “Moral da BR”. O termo moral, aí usado, não tem nada a ver com conjunto de regras. Mas ao fato de Maranhãozinho ter feito um show com a banda Zezé Di Camargo e Luciano no município que administrava, à época, e ter bloqueado a BR 316. Daí a alcunha. Enfim…

Segue na linha, imoral agora, o pretenso candidato e discípulo de Hipócrates, Dr. ‘Paulinho’.

Fantasiado de “22”, Paulo perambula pela Zona Rural do município rasgando tudo o que determina a Legislação Eleitoral como, também, as diretrizes da Organização Mundial da Saúde. Logo ele, médico, que fez o seguinte juramento:

“Prometo que, ao exercer a arte de curar, mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência”

A foto acima mostra quão ávido está o jovem médico pelo poder, certo de que é um jogo que vale tudo, até atacar.

Abraçado com uma senhora aparentemente idosa, ‘Paulinho’ joga na lata de lixo os anos de estudos e de vida acadêmica.

Um dos principais virologistas britânicos recomendou que as pessoas parem de se abraçar e se beijar para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Segundo John Oxford, da Universidade Queen Mary de Londres, o novo coronavírus é um “vírus social”.

“Acho que precisamos refletir sobre nossas ações sociais, como interagimos com as pessoas, acho que isso é extremamente importante, mais até do que usar uma máscara. Isso (uso de máscara) é uma distração”, disse ele à BBC.

Em sua profissão, Pedro Lemos está em ambientes [hospitais] que são umas das principais formas de contágio do novo coronavírus. Não precisa alongar no assunto, pois a imagem falam por si só.

Além disso, a afronta de ‘Paulinho’ ao Judiciário é visível. Há um pedido explicito e implicito de votos, caso algum signatário do Ministério Público decida acionar o afoito pré-candidato que, na verdade, quer usar a prefeitura de Presidente Juscelino como trampolim para ser deputado…

Na contramão do combate à pandemia, ‘Paulinho’ Lemos dá um show de irresponsabilidade com a saúde dos juscelinenses.

Esta é a opinião do blog…

 

“O que eu tentei foi ajudar a empresa do meu pai”, teria dito Fred Campos ao justificar embargo do Hospital-Maternidade de Paço

Em vídeo publicado nas redes sociais, em novembro de 2018, o então prefeito de Paço do Lumiar Domingos Dutra detonou os irmãos Campos – Fred e Alderico. Dutra apresentou documentos factíveis:

“O prefeito Domingos Dutra anunciou a retomada das obras do hospital-maternidade de Paço do Lumiar, onde funcionou a Unidade Mista do Maiobão, na Avenida 13. O serviço estava suspenso porque uma empresa de propriedade da família Campos havia entrado na Justiça pedindo a paralisação das obras.”

Em determinada parte do vídeo, Dutra pede até “pelo amor de Deus” que os brothers deixassem a obra prosseguir.

Agora pré-candidato pelo Partido Liberal, Fred não consegue segurar a língua na boca ou os dedos no bolso e vai no direct de quem comenta algo contra o prefeiturável.

Informante bem posicionado do blog enviou abaixo um suposto printscreen associado a Fred, em que este responde a um questionamento de uma usuária da rede social Instagram.

 

Fred, como todos sabem, pode até ser inteligente para alguns “setores”. Mas quando se trata de verbalizar o que pensa, a emenda sai pior do que o soneto.

No caso em tela, Campos dá a entender que os interesses da família estão acima do bem o do mal.

“O que eu tentei foi ajudar a empresa do meu pai”, tecla Fred Campos.

Veja abaixo o vídeo em que Dutra associa aos Campos, à época, a não continuidade do tão sonhado Hospital-Maternidade de Paço…

 

MORROS – Sidrack imprime ritmo acelerado de obras em diversos pontos da cidade

Os moradores da Rua do Passeio, Rua Vila Nova e Rua da Saudade não precisam mais esperar. A prefeitura de Morros imprime ritmo acelerado de obras.

O projeto prevê serviços de drenagem, calçadas, meio fio, limpeza, sinalização, paisagismo, a implantação de uma moderna iluminação, além da pavimentação asfáltica em toda sua extensão. Pensando em melhorar e facilitar o trânsito no local, está sendo construído um novo retorno em frente ao cemitério.

O cenário urbanístico nas proximidades do Cemitério municipal também já vê sinais de mudança. A prefeitura construirá uma Capela. O objetivo das obras é que as famílias possam se despedir dos seus entes queridos com dignidade.

As obras, também, irão beneficiar centenas de famílias que conviviam com poeira constante e dificuldade de acesso a outros bairros.

Flávio Dino e a esquerda de punhos fechados, mas com as mãos nos bolsos

Flávio Dino e o PCdoB são importantes na esquerda brasileira, e suas opiniões merecem ser consideradas, seriamente, e com muito respeito. O artigo de Flávio Dino em que invoca Mandela para defender que a esquerda deve se integrar em uma Frente amplíssima para 2022 merece uma reflexão sobre a estratégia para derrotar Bolsonaro:

“As disputas entre os progressistas giram mais sobre fatos pretéritos do que sobre propostas para o futuro. Portanto, é preciso priorizar mais o futuro dos cidadãos do que o “julgamento” de erros do passado. Necessitamos de uma ampla união progressista que livre o Brasil do bolsonarismo. Lulistas, trabalhistas, socialistas, comunistas, verdes, social-democratas, todos têm um grande papel”.[1]

Evidentemente, o contexto político-histórico é muito diferente. Mandela saiu da prisão em 1990, quando a situação na África do Sul era pré-revolucionária, e o país era, ao lado do Brasil, um dos campeões mundiais em número de greve. Foi eleito pelo CNA (Congresso Nacional Africano), em 1993, uma organização legal sem qualquer presença de representação política de frações da burguesia branca, e que tinha no seu interior um dos partidos comunistas mais poderosos do mundo. Mas é verdade que venceu após a negociação de uma transição pactuada do regime do apartheid, que oferecia garantias à classe dominante, como o controle do mandato do Banco Central.

O centro do argumento de Flávio Dino é que uma candidatura que seja a expressão somente de uma frente de esquerda não poderá impedir Bolsonaro de conquistar um segundo mandato.

Nas suas palavras:

“Se ficarmos presos à configuração política que levou ao desfecho das eleições de 2018, provavelmente ele se repetirá. É hora de olhar para o futuro”.

Em uma palavra, a defesa de uma tática Kirchner, mas ainda mais assertiva. A primeira observação que se impõe, e que é do tamanho do Pão de Açúcar, é que é impossível hoje elaborar hipóteses sobre qual será o cenário do Brasil para o próximo ano, o que dizer de qual será a relação política de forças em um segundo turno de 2022. Simplesmente, não é possível.  A segunda é que não há razões, em função da conjuntura aberta desde março, e a simultaneidade de uma calamidade humanitária e uma crise econômica catastrófica, para excluir a possibilidade de derrotar Bolsonaro antes das eleições de 2022. A terceira é que em um artigo que reduz a discussão da estratégia contra Bolsonaro ao debate da melhor tática eleitoral para 2022, Lula não é citado.

Acontece que a luta pelos direitos democráticos de Lula ainda não acabou. Pode-se avaliar como incerto, difícil, e até improvável, mas uma luta só termina quando acaba. Não é preciso ser lulista ou petista para concluir que a disputa está em curso.

Continue lendo em Revista Fórum…