IMAGEM DO DIA >> A solidariedade de Wellington do Curso

Gentis e amáveis, as pessoas de bom coração trazem estampado a sua bondade como uma espécie de marca própria, facilmente identificável por quem se permite observar. Se doam de maneira incondicional e são, por excelência, altamente altruístas.

Uma pessoa boa, simplesmente é. Dá-se por completo e interpreta o mundo de forma simples. É essencialmente otimista e acredita que as coisas sempre podem dar certo. Utiliza as palavras corretas com docilidade e permite que, a simples evocação de seu nome ou imagem, acalente e tranqüilize os que o fazem.

Há pessoas boas que são como diamantes: preciosas, de grande valor que revelam a sua bondade a cada entalhe da lapidação da vida. Comumente relacionam o sofrimento vivido com aprendizagem, paciência e tolerância. Consolam pelo entendimento de que a dor eleva e que, por pior que seja, pode ser percebida como privilegio.

As pessoas de bom coração seguem a máxima cristã – mesmo que dela não tenham conhecimento: “não permita que saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita”.

Movimenta-se no mundo com leveza como se o seu mundo obedecesse outra regra. São leves como se a lei da gravidade não se aplicasse a elas. Conhecem o significado do perdão – e talvez esse seja o segredo da leveza!

Eu conheço pessoas de bom coração! São abnegadas e usam sua própria escala de valor, baseada no bem – e nem por isso são tolas! Não sofrem; aprendem. Não lamentam; trabalham. Não duvidam; oram. Não se doutrinam; conversam com Deus. Por Paulo Madjarof Filho

1604948_645081758933899_676482714932668105_n

 

“Visitando o Hospital Aldenora Belo…
No final da tarde desta quinta-feira, em acompanhamento ao tratamento do pequeno Francisco Izaac (2 aninhos), estive retornando ao Hospital Aldenora Belo e visitando a Casa de Apoio Criança Feliz.
Continuamos dando o apoio necessário ao Izaac e à família, pois como havia postado antes, é de cortar o coração ver uma criança lutando contra o câncer e tendo que raspar a cabeça. Pedimos a Deus que continue abençoando esta criança linda e que tudo isso possa ser superado para honra e glória do Senhor.
Daqui a pouco vou postar um vídeo do príncipe Izaac.

Conquistar esse sorriso, não tem preço!
Não posso reclamar, Deus tem se revelado nas coisas mais simples da minha vida.”, 

 

Wellington do Curso, deputado estadual eleito pelo VOTO CONSCIENTE.

 

Mais de cem pessoas presas em festa do Bonde dos 40 em São Luis.

Rilton Silva
O 1º Batalhão de Policia Militar realiza neste momento uma mega operação na Avenida Santos Dumont, próximo a Associação da Telemar. De acordo com as primeiras informações da Policia Militar, cerca de cem pessoas estão sendo detidas e encaminhadas para a Superintendência Estadual de Investigação Criminal no Bairro de Fátima.
As viaturas do Grupo Tático Móvel do 1º Batalhão da Policia Militar foram acionadas para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo, e ao chegarem no local se depararam com uma festa de um suposto integrante do ”Bonde dos 40”.
No local foram apreendidos veículos, armas e uma grande quantidade de droga.
Veja as outras fotos.

 

CHAMEM O MTE >> Maranhenses são mantidos em regime de escravidão na Usina de Belo Monte, no PA

14815061726_7dc336b3c7_z

EM CAMPANHA, DILMA FOTOGRAFA COM TRABALHADORES DA USINA DE BELO MONTE. E AGORA DEPOIS DAS ELEIÇÕES?

O Blog do Neto Cruz recebeu uma denúncia de que estes pais de família estão, de certa forma, trabalhando sobre regime de escravidão na grande obra que a Presidente Dilma tanto noticiou no período de campanha presidencial.

A Usina Hidrelétrica de Belo Monte é uma central hidrelétrica que está sendo construída no Rio Xingu, no estado brasileiro do Pará, nas proximidades da cidade de Altamira.

Estes trabalhadores saíram daqui com o intuito de trabalharem e receberem seus soldos. Porem, o que aconteceu é que eles trabalharam e dinheiro que é bom, nada!

Um desses trabalhadores pediu o auxílio deste humilde Blog para denunciar a “sacanagem com os maranhenses”, como disse.

“Soube que a maior votação que Dilma teve foi no nosso estado, o Maranhão. Será que ela não vai se sensibilizar com a nossa situação?”, indagou o “barnabé”.

Já enviei e-mail com esta matéria para os vários órgão de proteção ao trabalhador. Vamos ver se os mesmos agem em tempo preciso. Esses maranhenses deixaram suas famílias aqui em busca de sustento e o que encontram é má fé e enrolação.

“A empresa que contratou os funcionários é a  Locaservice ConstruçãoServiços e Mão de Obra Especializada e a empresa que está devendo dinheiro para a Locaservice é a  Norte Energia S.A.”, finaliza o trabalhador sem dinheiro.

 Segue uma foto enviada pelo informante do blog que é um dos maranhenses, que mostra homens sem a mínima expressão de alegria.

unnamed (1)

Acabou o “amor” ? Vereadores trocam farpas na câmara de Paço do Lumiar

IMG_0461

Olhares cerrados –  Esq. Maru e na Dir. Itaparandi

Rilton Silva

Com tantos problemas para serem buscadas soluções em prol da melhoria de vida da população de Paço do Lumiar, o vereador de oposição Jorge Maru (PROS), utilizou o expediente da Câmara Municipal, nesta terça – feira, 09, para tratar de fofocas.

Pelo menos foi o que demonstrou o edil, ao se incomodar com meras especulações do quase ex – deputado Domingos Dutra, que dando destaque a eleição da mesa diretora da Câmara Municipal, ocorrida no dia 13 de novembro afirmou que alguns vereadores haviam se vendido para votar no atual presidente Leonardo Bruno (PPS), que foi reconduzido ao posto de presidente pela maioria absoluta do parlamento.

O vereador Jorge Maru mostrou total despreparo e acima de tudo falta de respeito com seus colegas do parlamento, ao ler na integra o discurso do quase ex – deputado Domingos Dutra. Ao perceber a merda que fez, tentou corrigir o erro, mas já era tarde demais e foi esculhambado por seus colegas vereadores.

O vice – presidente da Câmara Municipal, o vereador José Itaparandi (PTB) repudiou a atitude de Jorge Maru e pediu pra que ele se conformasse, pois a eleição da mesa era um fato, e foi uma eleição determinada pelo  Tribunal de Justiça do Maranhão.

Flávio Dino levará ao STF processo que investiga a morte do filho

20141210233927898735o

Correio Braziliense


No começo de 2014, Flávio Dino deixou a presidência do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) para se candidatar ao governo do Maranhão. Foi eleito no primeiro turno, pelo PCdoB, com mais de 60% dos votos. Mas, ao seu lado, faltava alguém importante para celebrar a vitória. Em 2012, o filho caçula do governador, Marcelo Dino, à época com 13 anos, não resistiu a uma forte crise de asma e teve uma parada cardiorrespiratório durante internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Lúcia.

A família registrou ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) sob a alegação de erro médico. A polícia deu início à investigação e, dois meses depois, indiciou a médica e a enfermeira que atenderam o jovem com a justificativa de que houve falhas no atendimento. Em agosto, os pais deram entrada em uma ação penal privada contra a médica Izaura Costa Rodrigues e a enfermeira Luzia Cristina dos Santos Rocha. Segundo eles, havia indícios suficientes para subsidiar a denúncia, e o Ministério Público do DF e dos Territórios (MPDFT) perdera prazos para oferecer a acusação.

No entanto, todas as tentativas de desqualificar o atendimento a Marcelo Dino foram até agora infrutíferas. Em novembro, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) extinguiu o processo que apurava as circunstâncias da morte de Marcelo. A decisão da Corte confirmou o entendimento do Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT) de arquivar o inquérito que apurava suposta imperícia da médica e da enfermeira que atenderam Marcelo. No entanto, os pais do menino não se conformam. Decidiram prossesguir com o processo e recorrer da decisão ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Como foi viver uma superação pessoal como a eleição para o governo do Maranhão numa situação de perda do filho?
Não há superação total para quem é vítima de uma violência dessa dimensão. Quando tudo ocorreu, disse que iria sobreviver para transformar o luto em luta. É o que tenho feito: lutado por justiça para o meu filho, por um futuro melhor para as crianças do Maranhão, por um país mais justo.

Após o arquivamento de um dos processos, quais são os próximos passos? O que o senhor vai alegar para levar o caso ao Supremo?
Apesar dos estranhos esforços de um promotor do DF, nenhum processo criminal foi arquivado ainda. Há recursos da procuradoria geral de justiça e da família de Marcelo pendentes no STJ. Note-se: a procuradoria geral de justiça recorreu contra o arquivamento do caso. Na ação penal privada, movida por mim contra a médica Izaura, há recurso pendente no Supremo. Interessante notar que jamais o mérito do caso do meu filho foi julgado. Há apenas filigranas processuais inventadas para impedir exatamente que o Judiciário julgue o mérito, ou seja, avalie os disparates que ocorreram no hospital Santa Lúcia no dia 14 de fevereiro de 2012.

Quais processos tramitam hoje?
O inquérito policial, que não foi arquivado, pois existem recursos no STJ, inclusive do próprio Ministério Público do DF. Existe a ação penal privada, em exame no Supremo. E uma ação indenizatória movida contra o hospital Santa Lúcia, ainda em primeira instância. Além disso, o hospital foi multado pelo Ministério do Trabalho e pela Vigilância Sanitária, além de responder a uma ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho.

Quais provas e argumentos o senhor tem usado para alegar que houve erro médico no caso da morte do seu filho?
Meu filho tinha asma moderada. No dia 13 de fevereiro, teve uma crise na escola, jogando futebol, e então foi levado ao Santa Lúcia, onde ficou por 19 horas consecutivas, sem nenhuma nova crise. Nesse período, nenhum exame específico foi realizado nele. Sequer um pneumologista o avaliou. Mas confiávamos no hospital. Na manhã do dia 14, todos os parâmetros dele estavam ótimos, saturação de oxigênio excelente. Estava bem disposto. Mandou mensagem de celular aos amigos avisando que estava saindo do hospital. Às 6 horas da manhã, ele tomou uma dose de SoluMedrol aplicado por uma auxiliar de enfermagem, que legalmente não poderia estar ali nem fazer aquele procedimento. O remédio pode causar parada respiratória, sobretudo quando aplicado muito rapidamente. A mãe de Marcelo estava presente à hora da aplicação e relatou que ela durou alguns segundos. Imediatamente, meu filho teve uma crise respiratória que nunca havia tido na vida.

O que houve a seguir?
Não havia nenhum médico na UTI Infantil do Santa Lúcia. Meu filho morreu por uma aplicação errada de medicamento e por demora no atendimento dentro de uma UTI no suposto melhor hospital de Brasília. O inquérito conduzido pela Polícia Civil constatou, a partir dos depoimentos de enfermeiras, que a médica Izaura Costa Rodrigues estava auxiliando um parto no momento em que meu filho teve a crise. Ela era a única plantonista, responsável pela UTI, mas não estava presente no momento. Simplesmente saiu, e não deixou nenhum substituto. Isso é absolutamente ilegal. Quando chamada, tardou cerca de cinco minutos para chegar, pois foi trocar de roupa, que estava suja da sala de parto. Pode parecer pouco, mas para uma pessoa que está sem respirar é determinante. E quando ela chegou, sequer fez a intubação orotraqueal, provavelmente porque não sabia fazer. Ela esperou a chegada de um anestesista, que demorou mais 10 minutos. Enquanto isso meu filho agonizava na nossa frente. A mangueira do oxigênio quebrou. Enfim, um caos. Essa é a verdade, apurada claramente no inquérito policial.

O senhor, como ex-juiz federal, não confia na Justiça brasileira?
Sim, confio. Por isso mesmo que sei que a impunidade não vai prevalecer nesse bárbaro caso. Pode levar a minha vida inteira, mas algum tipo de justiça será feita. A justiça possível vai ocorrer. A justiça plena será feita por Deus.

O que mudou na vida dos senhor nos últimos três anos? Como tem sido esse tempo?
Tempo de muita dor e sofrimento. Nó na garganta diariamente. E muita saudade de um menino maravilhoso e feliz, grande jogador de futebol e guitarrista.

Alguma dessas decisões seria capaz de reduzir o sofrimento da família?
Não, jamais. Lutamos por justiça sobretudo por causa de outras famílias. Creio que chegará o tempo de esses crimes não serem tão banais como são atualmente em Brasília. No caso de Marcelo queremos apenas que o poder Judiciário possa julgar o que ocorreu, coisa que até aqui nunca foi possível, por conta de filigranas processuais. Temos direito à verdade.

Paço do Lumiar encerra campanha dos 16 Dias de Ativismo com orientação a motoristas e pedestres

Ativismo.16Com o objetivo de orientar a população sobre os direitos humanos das mulheres, a Secretaria Municipal Extraordinária de Políticas para a Mulher – SEMUP, realizou na manhã desta quarta-feira, 10, várias intervenções de transito, no conjunto Maiobão, para marcar o encerramento da campanha de “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”.

 

A ação contou ainda, com a distribuição de panfletos e orientação a pedestres e motoristas. Servidores da SEMUP expuseram faixas com mensagens de alerta, e uma assistência social prestou informações sobre como, quando e onde denunciar casos de agressão às mulheres.

 

“As ações da Secretaria da Mulher, em quaisquer que sejam as campanhas, visam promover o debate entre homens e mulheres, sobre as formas de violência e políticas de proteção. Em aproximadamente um mês, promovemos uma serie de ações, como seminário, palestras, com ênfase na garantia dos direitos das mulheres e no amparo das mesmas”, contou a secretária Carla Sousa.

 

A campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” foi criada em 1991 por 23 feministas de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), nos Estados Unidos. Trata-se de uma mobilização educativa e de massa, que luta pela erradicação desse tipo de violência e pela garantia dos direitos humanos das mulheres. A campanha é realizada em 159 países.

 

 

Em seu perfil no facebook, Wellington do Curso parabeniza o juiz Marlon Reis

10406697_644566728985402_8294424194951543279_nHoje é o dia dele… Aniversário do amigo, juiz maranhense, @marlonreis, que liderou a conquista da Lei da Ficha Limpa e é autor das obras “O gigante acordou” e “O nobre deputado”, magistrado por quem tenho respeito, apreço e admiração.

Aproveito a data para desejar felicidades e longos anos de vida ao amigo Márlon Reis. Muita força e determinação para lutar em favor de uma sociedade mais justa, através de uma democracia limpa e realmente representativa.

“A democracia precisa extrapolar os limites da representação tradicional.”
Juiz Márlon Reis.

 

 

Flávio Dino faz defesa de integração entre estados

Flávio Dino em Fórum de Governadores do Nordeste

Integrar o Maranhão ao desenvolvimento social e econômico do Brasil e do Nordeste. Este foi o principal objetivo do governador eleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB-MA), ao falar com os governadores dos outros 8 estados do Nordeste. Representando o Maranhão, Dino defendeu que a região não sofra cortes orçamentários por parte do Governo do Estado e que funcione como a “locomotiva da retomada do crescimento econômico do Brasil”.

Para Flávio Dino, os próximos quatro anos devem ser de união de esforços entre os estados do Nordeste para que os cortes de gastos não atinjam a região, que vem crescendo a partir da diminuição das desigualdades sociais, mas precisa dar passos mais largos por uma política industrial integrada.

Assegurar a continuidade da distribuição de renda para mobilidade social ascendente e o fornecimento de serviços públicos de qualidade sem aumento de tributos para a população foram pautas defendidas por Flávio Dino no fórum de governadores, que se reuniram na capital da Paraíba (João Pessoa) para discutir pautas que garantam o desenvolvimento dos estados nordestinos nos próximos 4 anos.

“O Nordeste avançou nos últimos anos na redução das desigualdades sociais e precisamos continuar nessa direção. Temosagora mais um desafio ousado, que é avançar em políticas industriais para diminuir as desigualdades regionais, colocando os estados nordestinos na dianteira do crescimento do país,” disse.

A superação das desigualdades regionais, como pauta prioritária para o diálogo com os demais entes federativos, deve ser pautada pela garantia de que estados que historicamente ficaram à margem dos investimentos nacionais sejam reposicionados como vetor prioritário de desenvolvimento. O aumento da contribuição do Nordeste no crescimento do país nos últimos anos demonstra que a região deve estar, cada vez mais, na liderança do desenvolvimento nacional.

Os pleitos estaduais foram registrados em carta subscrita pelos nove governadores eleitos para comandar os estados nordestinos de 2015 a 2018.

Foram definidos como principais temas para o Nordeste a garantia de recursos para o custeio dos serviços de Saúde (sobretudo para atendimento de média e alta complexidade) e a construção de uma política nacional de Segurança Pública – com a modernização das Forças de Segurança e combate às drogas e às armas.

Recepcionados pelo governador reeleito do Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), também estiveram presentes os governadores Paulo Câmara (PSB-PE), Wellington Dias (PT-PI), Camilo Santana (PT-CE), Robinson Faria (PSD-RN), Renan Filho (PMDB-AL), Jackson Barreto (PMDB-SE) e Rui Costa (PT-BA).

Os governadores eleitos avaliaram positivamente a reunião, sobretudo para a integração de forças políticas para apresentar pleitos junto ao Governo Federal e dialogar com as bancadas estaduais na Câmara dos Deputados e no Senado Federal para garantir os investimentos necessários para a região.

Pauta de desenvolvimento para o Brasil

A refundação do Fórum de Governadores do Nordeste foi uma das definições da reunião. A ideia é unir esforços para que a região cresça e seja protagonista na formulação de uma agenda positiva para o país. A partir do planejamento integrado de desenvolvimento do Nordeste, os governadores se comprometeram a trabalhar pela redução das desigualdades sociais e regionais.

A partir de 11 pontos prioritários para o desenvolvimento do Nordeste, os futuros gestores estaduais se articulam para garantir que temas como a distribuição dos royalties provenientes das riquezas minerais atendam à Saúde e à Educação, de acordo com lei aprovada em 2013 e teve forte apoio popular em todo o Brasil.

Outros pontos para o desenvolvimento da região destacados na carta foram o investimento em infraestrutura e logística, modificação da tributação do comércio eletrônico interestadual, universalização da educação integral, defesa da Reforma Política e combate à corrupção.

“No Maranhão, temos uma grande expectativa quanto a essa articulação institucional importante para o desenvolvimento regional. A discussão da política nacional deve sair dessa agenda depressiva de polícia e corte de gastos. A agenda real do país é a do crescimento, com a defesa firme das políticas sociais como vetor de desenvolvimento,” defendeu Flávio Dino na apresentação da carta.

João Victor a um Passo de ser vereador de Paço do Lumiar

20622_513749828665605_1391959325_n

João Victor e Josemar Sobreiro – Sintonia Total

João Victor Mendes de Abreu Viana, 29 anos. Um jovem empresário e Bacharel em Direito. Na tenra idade, teve sobre sua responsabilidade gerir o Sistema Autônomo de Água e Esgoto de Paço do Lumiar, confirmando assim a simpatia que o prefeito da cidade tem pelo mesmo.

No auge dos seus expressivos 754 votos, João Victor, como é conhecido, está mais perto do que nunca de ser um edil luminense. Quem sabe se o mesmo não “deixou” o cargo no SAAE, já viabilizando a articulação ?!

Os menos avisados estão dizendo que o Blog está levantando suposições. Eu digo o contrário: São afirmações. Vamos ver nos próximos dias o desenrolar dos fatos e assim constatar que mais uma vez os informantes do Neto Cruz estavam bem posicionados…