Passou por grade, esqueceu caneta… Veja histórias de atrasados no Enem

Candidatos chegaram para a prova segundos após fechamento do portão.
Em SP, candidata desmaiou após se espremer por grade e ser retirada.

Do G1, em São Paulo

Candidatos que perderam o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste sábado (24), por questão de segundos, deram diversas justificativas para o atraso. Houve quem teve que voltar para casa para buscar a caneta preta que esqueceu, quem acabou confundindo o endereço e indo para a entrada errada do local de provas, e quem decidiu fazer compras de manhã e acabou chegando tarde demais para o Enem.

Veja histórias de quem acabou ficando de fora do Enem 2015:

Aluna desmaia em frente ao local de prova (Foto: Reprodução/ Globo News)Aluna desmaia em frente ao local de prova em SP
(Foto: Reprodução/ Globo News)

SP – Espremidos nas grades
Em São Paulo, houve tumulto no fechamento dos portões da Uninove na Barra Funda, Zona Oeste (veja acima, na reportagem da Globonews). Pelo menos cinco candidatos chegaram depois do fechamento dos portões, às 13h (horário de Brasília), e passaram por entre as grades do local de provas para tentar chegar à sala de aula. Houve tumulto na portae policiais militares precisaram separar as pessoas que tentaram reabrir o portão.

Momentos depois de afrouxarem as barras das grades e se espremerem por entre elas, os candidatos foram retirados pelo menos local por seguranças que estavam dentro da instituição. Após o tumulto, uma das candidatas desmaiou na calçada.

Segundo a Globonews, a candidata se chama Evelyn, tem 20 anos, teria errado o local de entrada do prédio onde faria as provas, e por isso chegou ao local correto depois do fechamento dos portões.

DF – Portão reaberto
Em Brasília, o G1 flagrou um local de provas em que os portões foram reabertos e a entrada de candidatos atrasados foi permitida. O local fica na escola Sigma (veja no vídeo acima).

ENEM 2015 - SÁBADO (7) - JI-PARANÁ (RO) - Rosângela Almeida chegou atrasada porque esqueceu a caneta preta e precisou ir buscar. "Qualquer vaga pra mim estava boa, eu só queria entrar na universidade. Ano que vem estou de volta", diz (Foto: Samira Lima/G1)Rosângela Almeida chegou atrasada porque esqueceu a caneta preta e precisou ir buscar (Foto: Samira Lima/G1)

RO – Esqueceu a caneta: Rosângela Almeida chegou atrasada porque esqueceu a canetapreta e precisou ir buscar. “Qualquer vaga pra mim estava boa, eu só queria entrar na universidade. Ano que vem estou de volta”, diz.

ENEM 2015 - SÁBADO (24) - MOGI DAS CRUZES - Graziele perdeu o Enem em Mogi das Cruzes por causa de um minuto de atraso. (Foto: Fernanda Ribeiro/G1)Graziele perdeu o Enem em Mogi das Cruzes por causa de um minuto de atraso. (Foto: Fernanda Ribeiro/G1)

SP – Manhã de compras: Graziele Maria da Conceição, de 28 anos, perdeu o Enem 2015 por menos de um minuto. Ela faria a prova em uma universidade de Mogi das Cruzes (SP), onde o portão fechou exatamente às 13h. “Fui hoje de manhã para a 25 de Março. Demorei para encontrar vaga para estacionar”

MACEIÓ – Em vídeo, o G1 mostra o fechamento dos portões de um dos locais de prova. Uma candidata conseguiu entrar pouco antes de eles serem fechados. Segundos depois, um outra aluna foi barrada porque já eram 13h, e os portões já haviam sido fechados.
ENEM 2015 - SÁBADO (24) - TERESINA (PI) - Casal perde a prova após lanche (Foto: Josiel Martins)Casal perde a prova após lanche (Foto: Josiel Martins)

PIAUÍ – Vanderson Cunha e Brenda Oliveira são namorados e perderam o Enem porque foram comer um pastel das antes das provas e chegaram 15 minutos atrasados, em Teresina. “É uma frustração muito grande”, disse Vanderson.

Júlia Prado chorou após ficar do lado de fora (Foto: Lislaine dos Anjos/ G1)Júlia Prado chorou após ficar do lado de fora (Foto: Lislaine dos Anjos/ G1)

MATO GROSSO – Júlia Prado, de 18 anos, não conseguiu fazer a prova, em Cuiabá, por falta de documento de identificação. Ela chegou a entrar no local do exame, mas teve que sair porque estava sem um documento com foto, apenas o título de eleitor.

Candidata perdeu prova ao buscar documento no carro em Poços de Caldas (Foto: Lúcia Ribeiro / G1)Candidata perdeu prova ao buscar documento no carro em Poços de Caldas (Foto: Lúcia Ribeiro / G1)

MINAS GERAIS – Cintia Caixeta Policarpo, de 26 anos, viajou 30 quilômetros de Campestre (MG) até Poços de Caldas, mas acabou chegando em cima da hora e perdeu a prova ao retornar ao carro para pegar um documento.

Cobertura completa
O G1 preparou uma cobertura especial para as provas. Pela manhã, a cobertura em tempo realtrará informações, fotos e vídeos da entrada dos candidatos nos locais de prova. Repórteres espalhados nos locais de provas de todos os estados e do Distrito Federal vão trazer desde cedo as expectativas dos candidatos antes e a opinião deles na saída do Enem.

Programa ao vivo
Após o fim das provas, os estúdios do G1 em São Paulo e no Rio darão início a um programa em vídeo ao vivo com professores do Curso e Colégio de A a Z e estudantes que fizeram o Enem.

Eles comentarão os níveis de dificuldade de cada uma das provas, o tema da redação e os pontos mais polêmicos que caíram no Enem. No sábado, as provas serão de ciências humanas e ciência da natureza. No domingo, o Enem terá provas de linguagens, matemática e redação.

Candidatos que fizeram a prova poderão participar do programa enviando perguntas e comentários pela página da cobertura completa do Enem no G1.

Resolução das questões
O G1 trará ainda a resolução das 90 questões de sábado e as 90 questões de domingo preparadas pelos professores do Cursinho da Poli. O gabarito oficial do Enem será divulgado pelo MEC até quarta-feira (28).

Provas do sábado
No primeiro dia do Enem, os candidatos terão que responder a 90 questões de múltipla escolha. Dessas, 45 são da prova de ciências humanas, e 45 são da prova de ciências da natureza. Os portões abrem às 12h fecham às 13h no horário de Brasília (veja abaixo os horários locais de fechamento dos portões em cada estado), e as provas terão início às 13h30. A duração da prova deste sábado é de quatro horas e meia.

Os candidatos só poderão fazer a prova usando caneta transparente na cor preta, e precisam de um documento oficial com foto. Veja essa e outras regras no checklist do Enem.

O Enem 2015 em números:
7.746.057 candidatos
8.424 gestantes
10.773  lactantes
1.711 idosos
71.195 sabatistas
278 que vão usar nome social

Enem em números
O Inep informou que 57,55% dos inscritos deste ano são mulheres e 42,45% homens. Um grupo de 278 transexuais e travestis está apto a fazer o exame e será tratado pelo nome social. O total cresceu 172% em um ano. Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o número subiu de 102, na edição de 2014, para 278.

Estão inscritos 57.013 candidatos que solicitaram atendimento especial por conta de algum tipo de deficiência, como autismo, cegueira, surdez, deficiência física ou intelectual, entre outras.

Neste ano, também há 8.424 gestantes, 10.773 lactantes, 71.195 sabatistas, 1.711 idosos e 718 classes hospitalares.

Baixe o G1 Enem, jogo com perguntas, desafio e dicas em vídeo

Gil Cutrim esclarece decisão da Justiça…

 

Gil Cutrim
Gil Cutrim

Sobre a notícia divulgada nesta sexta-feira (23) pelo Ministério Público Estadual, cujo título é “Prefeito é condenado à perda do cargo”, o prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim, presta os seguintes esclarecimentos necessários:

O prefeito ainda não foi notificado oficialmente sobre a referida decisão do juiz Jamil Aguiar da Silva. Assim que o for, tomará as medidas judiciais necessárias e cabíveis visando restabelecer a verdade.

Causou estranheza tal decisão, uma vez que a mesma contraria o que reza a Lei nº 8.429/92, no seu Artigo 20, que determina que a perda da função pública e a suspensão dos direitos políticos só se efetivam com o trânsito em julgado da sentença condenatória.

No início deste mês, o Tribunal de Justiça do Maranhão, através da sua 1ª Câmara Criminal, rejeitou denúncia, também formulada pelo MPE, que versava sobre os mesmos objetos expostos contra o prefeito na ação acatada pelo juiz Jamil Aguiar da Silva.

O prefeito provou que não houve descumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (todas as nomeações estão respaldadas na Lei n. 962/2012, devidamente analisada e aprovada pelo Poder Legislativo Municipal, inexistindo qualquer questionamento judicial sobre a mesma), mostrando que a administração municipal já nomeou 378 aprovados no último concurso público, faltando apenas menos de 10% para serem chamados.

O referido concurso, é importante salientar, está em plena vigência de prazo.

“A conduta do gestor não se enquadra na descrição da denúncia ofertada e se entende pelo não recebimento da mesma”, afirmou, na ocasião, o desembargador Bayma Araújo, cujo voto, foi acompanhado pela maioria dos membros da 1ª Câmara.

Desta forma, percebesse claramente que a decisão do juiz Jamil Aguiar só terá seus efeitos concretizados caso seja confirmada pelas instâncias superiores, que em processo análogo julgou improcedentes os fatos narrados pelo magistrado.

CADÊ A SEGURANÇA ? Homem tem S10 roubada, na cara dura, no Maiobão

ESPAÇO DO LEITOR

Bom dia gente. O carro de Tereza foi roubado ontem meia noite quando no filho dela vinha da faculdade.

Chevrolet S10 Verde Oliva de placa NWX-7195 foi roubada na entrada do Maiobão.
Quem tiver informações, ligar: 988040900, 987204820, 988385081 ou 981233110

Foi próximo ao Meneses na entrada da 12. 4 homens armados.

 

Mastruz com Leite em grande apresentação hoje (24), no Mandamentos Hall

Todo mundo tem uma história, um amor e uma vaquejada pra lembrar ao som da Banda mãe do forró: Mastruz com Leite.
Venha matar a saudade. Porque Mastruz é Mastruz.
Sábado. 24 de Outubro no Mandamentos Hall.
E mais: Bruno Shinoda e Dj. Rogério Mix pra completar a festa.
Garanta já seu ingresso: Quarup Games ( Tropical Shopping), Ótica Veja ( Rio Anil Shopping), Bilheteria Digital ( Rio Poty e Shopping da Ilha).

Foto de Mandamentos Hall.

DIREITO DE RESPOSTA – Professora Priscilla Pestana emite nota e vídeo de retratação

 

Sábio é o ser humano que tem coragem de ir diante do espelho da sua alma para reconhecer seus erros e fracassos e utilizá-los para plantar as mais belas sementes no terreno de sua inteligência. (Augusto Cury)
Faço uso deste meio a fim de colocar a baila um fato que já é conhecido pela minha comunidade. Fui filmada no exercício de minha profissão, ou seja, no meu ambiente de trabalho sob forte emoção. Não detalharei tal vídeo, pois sei, muitos já o assistiram. Gostaria de deixar claro que o objetivo primordial de tal esclarecimento é o de retratar-me diante do acontecido. Sou docente, sou educadora e sei que o meu ato foi impensado e impulsivo. De já quero desculpar-me abertamente com todos e todas.

Escolher ser professora é tarefa árdua e difícil, principalmente em um país onde a educação pública de qualidade é deixada de lado. Familiares e amigos te desestimulam a tal escolha, pois são sabedores do quanto o docente é desvalorizado, desprestigiado, desdenhado e destratado dentro das inúmeras salas de aula pelo Brasil. Sem falar da falta de estrutura para garantir que o processo pedagógico seja realmente efetivado, além é claro da questão salarial que diz respeito à dignidade do trabalhador e da pessoa humana. Não quero com isto justificar meu ato em questão, mas gostaria que meus acusadores, meus julgadores alguns até colegas atentassem para esse contexto.

Um grande filósofo grego, o famoso Aristóteles nos ensinou que a “virtude é uma prática e não um dado da natureza de cada um, tampouco o mero conhecimento do que é virtuoso. Para ser praticada constantemente, a virtude precisa se tornar um hábito.” Bem, escolhi ser profissional da educação certa de que estaria sempre em um aprendizado constante ao tentar ensinar valores e virtudes, mas com isso não deixo de ser humana, portanto passível de erros e acertos. Sendo desta forma sei que devo fazer deste capítulo da minha vida laboral um aprendizado para a vida toda no intuito de tornar-me cada vez mais virtuosa. Eis o meu desabafo retratado.
Quero finalizar expondo que hoje eu estive em reunião com o representante da Unidade Regional, a direção da escola, os responsáveis do aluno em questão onde tive a oportunidade de me desculpar e fui prontamente desculpada. Fiz questão de ir à sala de aula fazer o mesmo com todos os alunos que presenciaram o ocorrido. Afinal de contas o erro é inerente ao ser humano.
Assina:
Priscilla Pestana

Deputado Wellington destaca sucesso da III Reunião do Parlamento Amazônico no Maranhão

Durante toda esta quinta-feira (22), o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) participou da III Reunião Ampliada do Colegiado de Deputados do Parlamento Amazônico/2015.

A solenidade de abertura aconteceu no Plenário Nagib Haickel (Assembleia Legislativa) e contou com a presença do presidente do Parlamento Amazônico, deputado Sinésio Campos (PT); do deputado estadual Diogo Moraes (PSB/PE), representando o deputado Sandro Locutor (PPS/ES), presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais-UNALE; do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB); do subdefensor geral do Estado, Werther de Moraes Lima Junior; além de outros parlamentares, acadêmicos e pesquisadores.

Na ocasião, Wellington, que é Secretário de Direitos Humanos do Parlamento Amazônico, destacou a importância de o Maranhão sediar o Parlamento Amazônico e ressaltou a relevância de o Legislativo Estadual envolver-se no debate sobre a Amazônia Legal, especificamente, sobre a parcela pertencente ao estado.

“Com o tema ‘Amazônia e seus Novos Caminhos’, esta é a primeira vez que a Assembleia Legislativa do Maranhão recebe uma reunião do Parlamento Amazônico, tendo como resultado um dia inteiro de discussões e explanações sobre assunto tão relevante. Apesar de ainda sofrer com os desmatamentos, retirada ilegal de madeira, mineração, produção de carvão e caça excessiva, a Amazônia maranhense ainda é dona de rica biodiversidade. Tal realidade enfatiza a importância das discussões fomentadas pelo Parlamento Amazônico, o que revela a produtividade oriunda da III Reunião. Além de tratarmos sobre uma temática de tamanha relevância, vale mencionar os conseguintes positivos, a exemplo da articulação de políticas públicas pautadas em uma visão sustentável e que almejam ao zelo por aquilo que é patrimônio de todos: o meio ambiente”, pontuou o deputado.

Após a III Reunião, destacou-se o convite feito pelo Parlamento Amazônico Internacional, que acontecerá em Lima, no Peru, entre os dias 04 a 08 de novembro. Além disso, obteve-se como encaminhamentos a emissão de moção de repúdio contra o IBAMA, por ter multado o Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (DNIT), durante o processo de recuperação da BR-319, que liga o município de Humaitá a Manaus, no estado da Amazonas; além de requerimento manifestando apoio ao Projeto de Lei 1139/2015, de autoria do deputado Sarney Filho (PV), após a indicação N 46/2015, com anteprojeto de Lei, de autoria do deputado Wellington do Curso, submetido no dia 10 de fevereiro de 2015 que dispõe sobre a implantação da Zona Franca de São Luís.

A próxima reunião ampliada do colegiado de deputados do Parlamento Amazônico acontecerá no dia 24 de novembro, na Assembleia Legislativa do Acre.

O QUE FOI A III REUNIÃO AMPLIADA DO COLEGIADO DE DEPUTADOS DO PARLAMENTO AMAZÔNICO/2015?
O evento discutiu as principais problemáticas e propostas para o desenvolvimento dos nove estados pertencentes à área da Amazônia Legal, dentre eles o Maranhão.
O evento iniciou às 09 horas, com a solenidade de abertura e estendeu-se pelo restante do dia, tendo por palestra inicial a discussão sobre a importância do Parlamento Amazônico e, em seguida, o papel da SUDAM no desenvolvimento da Amazônia Legal.
Pela tarde, discutiu-se sobre as Zonas Francas frisando os limites e possibilidades. Em continuidade à programação, o Profº Tadeu Oliveira debateu sobre a Amazônia Maranhense, ressaltando as problemáticas e potencialidades.
A última palestra abordou as ações de fiscalização dos órgãos da Amazônia maranhense e foi ministrada pela Coordenadora de Fiscalização do IBAMA-MA, Ciclene Maria Silva de Brito, e Rafael Carvalho Ribeiro, superintendente de Fiscalização da SEMA.

AXIXÁ – Professora humilha aluno em sala de aula: “Onde eu cheguei você nunca vai chegar”

O Blog do Neto Cruz recebeu o vídeo a seguir dando conta de um esquentado bate boca entre uma professora e um aluno no município de Axixá, interior do MA.

No vídeo, a professora exaltada humilha o aluno de diversas maneiras, chegando a arrotar seus títulos e diplomas.

O informante do blog, bem posicionado como sempre, mandou a seguinte frase: “Professora Priscilla do Colégio Estado do Acre de Axixá humilha aluno em sala de aula”.

Creio eu, que tal comportamento, por parte da professora, é digno de retratação e aberto um processo por parte da Secretaria de Educação do Estado.

Veja o vídeo: