RIBAMAR – Sem máscara, Beto das Vilas começa a fazer campanha

Paulo e Beto, sem máscaras

Andando na contramão das orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) para prevenção do COVID-19, o pré-candidato a prefeito Beto das Vilas decidiu iniciar sua campanha dando um péssimo exemplo, mais uma vez, à sociedade ribamarense.

Beto, que apesar de ter popularidade tem a imagem desgastada perante a opinião pública, se juntou ao seu principal orientador neste período pré-eleitoral e também “queimado” na cidade balneária, Paulo Alencar, sábado. Como que combinado, os dois decidiram “vender ilusão” sem máscaras.

A cena mostra o nível de irresponsabilidade de Beto e Paulo no que diz respeito ao momento de pandemia que passa o globo e como seria um eventual governo de Beto, sem seguir as medidas sanitárias e sem propostas de combate ao novo coronavirus…

Victor Martins na caminhada em Paço

Na manhã deste sábado (27), o pré-candidato a vereador Victor Martins (Patriota) esteve em visitas nas comunidades de Eugênio Pereira, Menino Gabriel e Bob Kennedy.

Ao lado de moradores e do fundador, líder comunitário Eugênio Pereira, Victor viu de perto os problemas das comunidades e se comprometeu em buscar melhorias junto ao poder público, somando com todos que ali habitam.

 

PAÇO DO LUMIAR – Litro de gasolina, bandeco e peixe podre…


O Liberalismo é uma doutrina político-econômica que surge, em sua essência, da vontade de limitação do Estado para a consequente ascensão da liberdade individual. Dentre as liberdades individuais, a de expressão é uma das mais festejadas. Nela, qualquer indivíduo pode expor suas ideias da forma que melhor entender.

Mas, ao que parece, para um certo ator político de Paço, ora filiado a um partido com essa ideologia, esse conceito não é de fácil compreensão quando, na expressão do cidadão qualquer ele é o alvo da opinião.

Acostumado a bajular grandes autoridades (de toga principalmente) o neófito que tem em $eu grupelho político centenas de bajuladores não suporta a ideia de ser criticado, arguido, contrariado. Lembra muito aquelas crianças mimadas que ao não ser atendido no seu desejo chora, berra, esperneia até conseguir seu objetivo.

Só que no jogo político em que se meteu, essa tática não dá retorno. Não adianta mandar seus “louvamilheiros” agredir a honra de quem não faz afagos para parar de chorar, ou seus “coordenadores” (que não passam de cachorros adestrados com pedigree) tentarem por meio daqueles que são bajulados pelo menino-mimado atingir quem não tem nada a ver com esta discussão…

O uso da máquina Judiciária tem sido contra quem não “lambe-a-gravata” deste cafuçu a última cartada, para assim como alguns edis luminenses, tentar arrastar pelo beiço este Jornalista para o natimorto plano de poder do mimado, com direito a versar nas redes sociais “meu grande amigo” sem nunca sequer ter sido convidado para um reles chá das 5…

Mil reais, um litro de gasolina, um bandeco ou, um peixe podre é muito pouco para quem tem caráter e não depende do dinheiro (sujo?) de quem se acha acima do bem e do mal.

O blog o aguarda para a próxima audiência para um debate jurídico que deixará orgulhoso o “Águia de Haia”.

ROSÁRIO – Acaba o amor entre Jonas Magno e Willame Anceles

O pré-candidato a prefeito de Rosário, Jonas Magno (PDT) teve uma baixa no seu grupo. Willame Anceles, até então aliado de Magno na corrida eleitoral, decidiu romper com Jonas pois, segundo ele, o acordo de lançar a mulher a vice na chapa do “Doutorzinho” foi por água abaixo.

Anceles está inelegível por não ter prestado contas eleitorais.

O texto que circula em grupos de WhatsApp diz o seguinte:

“Depois que saiu essa matéria divulgada ontem, a minha visão sobre o grupo de Jonas mudou muito e achei por bem dar os primeiros esclarecimentos ao meu grupo. Sempre estive com o coração aberto para este projeto político, dando todo meu suor com o objetivo de sairmos deste pleito vitoriosos. Mas isso que foi revelado nesta matéria eu ja tinha sido informado por alguns amigos fiéis componentes também do grupo de Jonas Magno, que se recusam a aceitar tal coisa. Todos sabem que a minha aliança com Jonas foi firmada em um acordo que eu viria para o grupo na condição de pré candidato a vice prefeito, e no caso de não poder sair como vice, eu indicaria a pessoa para assumir essa vaga. Só que de uns tempos para cá tudo que eu venho escutando é que se eu não puder sair como vice, também não poderei indicar o vice, que de certa forma vem me trazendo muita insatisfação. Peço aos meus amigos, pessoas que sempre me ajudaram, alguns dias para que eu possa pensar melhor em tudo isso que está acontecendo, pois não é justo nem comigo e nem com os meus apoiadores estarmos nos esforçando e não termos depois o merecido reconhecimento do nosso trabalho.”

Segundo apurou o blog, é o primeiro de muitos partidos que deixarão o projeto de Jonas Magno, pois assim como Anceles, o jovem não estaria cumprindo acordo$ com outras forças políticas do município.

Mas isso é assunto para outra matéria…

Sobrinha de Márcio Jerry e marido pedem licença de Paço após escândalo de supersalários

Camila e Cláudio


Após denúncia do Blog do Neto Cruz que mostra a sobrinha do paladino da moral do PC do B faturando gordos “15.000 corrós”, “Fofoquier” ligou para o blog e abriu o jogo. Camila e Cláudio, o “Casal 30”, pediram uma licença de 15 dias, sem justificar o motivo.

O Blog apurou que houve uma troca de comando na Secretaria na qual o “Carluxo” é nomeado, a mando de Jameson “amigo do poder”, e com certeza o – segundo o Blog apurou – Cláudio que é quem estaria dando as ordens na pasta no titular da pasta do “dinheiro”, Ciro. Agora, só o tio da amada para segurá-lo [Carlos] no cargo…

Certo dia, segundo informantes bem posicionados do Blog, Carlos teria sido visto em seu escritótio particular usando o carro da prefeitura, alugado com dinheiro público e, como reza o regimento, deveria está usando para fins “Institucionais”.

A fonte ainda assegura que o clima ficou pesado e os dois pombinhos tiveram que sair dos seus respectivos cargos para “dar um tempo” dos comentários…

Enquanto esse bunda lelê rola solto no Castelo Mal Assombrado do Tambaú, secretários palacianos envenenam os corredores dos Leões tornando a cada dia que passa mais difícil a vida de Paula no PCdoB…

Tudo acontece em Paço do Lumiar.

RIBAMAR – Para voltar ao poder, Dr. Julinho se alia a Gil Cutrim

O pré-candidato a prefeito de São José de Ribamar, Júlio Matos, o Dr. Julinho, tentou negar nesta terça-feira (23), alegando ser Fake news, a condenação que o impede juridicamente de concorrer no pleito eleitoral deste ano, durante entrevista ao programa Na Hora, da rádio 92.3.

Acontece que Dr. Julinho é sim considerado ficha suja porque teve suas contas reprovadas quando dirigiu a Maternidade Benedito Leite, em 2006. As contas foram julgadas pelo TCE em 2012 e não houve pedido de reconsideração.

O estranho, é que, agora, 8 anos depois, o processo foi atrelado a um pedido de reconsideração que não tem relação com o que apurou as irregularidades cometidas por Julinho.

Entenda a irregularidade

O recurso que pode aprovar as contas do Dr. Julinho sequer foi formulado pelo pretenso candidato. O processo foi solicitado por Maria do Socorro Bispo Santos da Silva, uma outra gestora da Maternidade Benedito Leite, que teve também as contas reprovadas. O próprio TCE havia dado parecer pela rejeição do pedido, no entanto, o recurso de Maria do Socorro Bispo está sendo aproveitado para ambos.

Segundo juristas, o efeito extensivo da decisão não pode ser aplicado porque são gestões diferentes, atos ilícitos e penalidades também diferentes, o que torna mais evidente o “truque jurídico” para tentar driblar a aplicabilidade da Lei da Ficha Limpa.

Alianças políticas

Durante a entrevista comandada pelos locutores Isaias e Flávio Chocolate, Dr. Julinho também confirmou sua aliança com toda a família Cutrim, desde Edmar Cutrim, integrante da corte do Tribunal de Contas do Estado (TCE) – O órgão é o mesmo que está julgando a ação que tenta “driblar” a Lei de Ficha Limpa para tornar possível a candidatura de Dr. Julinho – incluindo Gil, ex-prefeito de São José de Ribamar com alto índice de rejeição entre os eleitores.

PRESIDENTE JUSCELINO – Coluna Pinga Fogo

Charge da Coluna Pinga Fogo

***Quais são as familys que para se perpetuarem nas tetas da prefeitura filiaram os descendentes nos partidos de “João Grilo do Munim” e do “Fraudador de Vestibulares”? A “cerca elétrica” é garantia de barganhar espaços no poder, seja qual grupo ganhar…

***Babado, confusão e gritaria… Para pra acertar que agora o que importa é continuar “mamando”. A família de “Bibi” entregando pastas e deciditam pular do barco para apoiarem o forasteiro-fraudador. Qual terá sido o “acordão”? Acabou o amor ($)???

***Mais perdido que cachorro quando cai do caminhão da mudança. Qual “family K” que está desesperada, sem conseguir enconstar em nenhum pré? Como dizia o velho Futi do Paço, ninguém quer sentir a “catinga”. Fofoquier acha graça. Hahay…

***Quem são os dois “brothers” que decidiram largar a história de serem candidatos? O povo não gosta de ostentação nem de gente que “só tem merda na cabeça”…

***Quem foi pressionada a desistir de uma futura candidatura, a mulher só andava na ponta do salto? Agora se esconde por trás das paredes. Uma certa categoria foi até o patrão e deu pressão. Eita ela perdeu a empolgação… Quem é, que é, quem é???

***Quem é o ex-edil que passou 4 anos no poder vendendo a tese de ser contra a corrupção? Agora, Fofoquier só observa o dito cujo vive comprando voto com carrada de piçarra. Língua não é osso mas quebra caroço.

***Antes tarde do que nunca. Após muita reclamação que a city estava um breu, o Homem do Paletó mandou colocar lâmpadas na cidade. Agora sim! “Mais segurança”…

***Quem é o novo papai do pedaço? Neguinho da Beija-Flor, prepara o figueiredo que o papai tá chegando em PJ pra antecipar esse mijo.

***Eita que tem vereador fazendo churrascos nas portas, reunindo grupinhos, bebedeira solta e “algo mais”. Ontem viraram a noite farreando. Quem será? Fofoquier passou o rádio cedo… Agora ele anda de moto pra todo lado!!! Quem é esse, hein? Antes nem o vidro do carro abaixava. DESESPERO TOTAL. Será o vereador bananeira?

***Quem é o ex-secretário que tá amando novamente. Eita ” homi de lances”. Será que acertou dessa vez? Fofoquier deseja felicidades… Love is in the air.

***Quem é o pré que lançou campanha contra a violência doméstica mas vive enxugando a mão na amada? Esse Fofoquier sabe de coisa.

***O plano B seria apoiar “branquinho” prefeito. Mas será que a “Divindade” é que será “perfeita”…??? Perguntar não ofende.

***Quem é que estava vendendo comprimidos de Azitromicina por 17 corrós em Rosário? Vixe…

***Quem é a professora que estava morrendo de saudades da coluna Pinga Fogo? Fofoquier não vai te decepcionar. kkkkkkk…

10 milhões de contribuintes não entregaram declaração de Imposto de Renda – veja o que fazer na falta de documento

Para diretor executivo da Confirp, poderá trazer mais problemas do que solução enviar a declaração de imposto de renda até 30/06 para não pagar multa sem tomar alguns cuidados.

Acaba no dia 30 de junho o período de entrega da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2020 e muitos contribuintes já estão preocupados, pois ainda não entregaram esse documento à Receita Federal.

Até às 17 horas de terça-feira (23/6) 22.621.358 declarações do IRPF 2020 foram recebidas pelos sistemas da Receita Federal, a expectativa é receber 32 milhões de declarações. Ou seja, ainda devem ser entregues cerca de 10 milhões de declarações.

Mesmo com o adiamento do prazo de entrega (o prazo inicial era 30 de abril), já são aguardadas possíveis dificuldades para os contribuintes nesses últimos dias do prazo, tais como a falta de informações e documentos, além de imprevistos que podem ocorrer no último dia de entrega da obrigação, como: problemas ocasionados por congestionamento no sistema, problemas com sinais de internet, pane no computador e até falta de energia elétrica nas residências.

“A situação se agrava com a pandemia, pois muitas pessoas poderão não localizar documentos pendentes para o preenchimento da Declaração a tempo, e com o atendimento presencial reduzido nas empresas, cartórios, órgãos públicos, e instituições financeiras, associado a grande parte do efetivo de funcionários trabalhando no regime home-office, a busca por essas informações podem se transformar em um calvário”, alerta o diretor executivo da Confirp Consultoria Contábil, Richard Domingos.

“O pior não é deixar para entregar a declaração nos últimos dias, mas sim descobrir na reta final que não tem documentos para preencher a declaração de imposto de renda. Já não basta os problemas vividos no ano, o contribuinte ainda terá que pagar a multa por atraso, que tem o valor mínimo de R$ 165,74 e pode chegar à 20% sobre o imposto devido”, complementa.

Segundo o diretor executivo da Confirp, os trabalhos se intensificam neste período e o maior problema é a falta de organização dos contribuintes. “Na Confirp temos observado que muitas pessoas que se quer se preocuparam em saber quais documentos precisarão para entrega do Imposto e quais já possuem em mãos”.

“Um segundo erro cometido é que para evitar da multa a pessoa física entrega a declaração de imposto de renda à Receita Federal incompleta para não pagar multa, sem perceber que o formulário ao qual optou foi o errado, e em grande parte das vezes a retificação a ser feita (após o prazo legal) aumentará o imposto devido ou reduzirá o imposto a restituir”, ressalta Domingos.

A opção da tributação pelo formulário completo (que admite deduções legais) ou pelo simplificado (que são substituídas as deduções legais por um desconto padrão) só poderá ser efetuada se a retificação ocorrer até 30/06, a partir daí pode-se corrigir tudo na declaração, menos a tributação escolhida.

Domingos complementa que o cumprimento da obrigação não se conclui com a entrega, “É de suma importância, ao entregar a declaração à Receita, acompanhar o processamento da mesma junto ao órgão por meio do site da Receita Federal ou E-CAC. Esse trabalho é importante pois se a declaração de imposto de renda for retida em malha, o contribuinte poderá corrigi-la por meio de uma declaração retificadora com objetivo de retirá-la do sistema de malha fina”.

O procedimento para a realização de uma declaração retificadora é o mesmo que para uma declaração comum, a diferença é que no campo Identificação do Contribuinte, deve ser informado que a declaração é retificadora, informando o número do recibo da declaração anterior na nova declaração de imposto de renda.

Veja os procedimentos que o especialista destaca para fazer uma sua declaração de imposto de renda:

• Levante os documentos que necessita para fazer sua declaração de imposto de renda, utilize sua última declaração para montar um checklist de documentos;

• Certifique que se já possui todas as informações. Caso falte alguma coisa, vá atrás imediatamente;

• Como todos documentos em mãos, baixe o programa do imposto de renda, e de uma só vez preencha o documento. Não faça a declaração aos poucos, o sistema da Receita não permite marcação do que já foi conferido e certamente se fizer em partes ou momentos diferentes, deverá gastar o dobro de tempo pois terá que conferir tudo de novo por mais de uma vez;

• Tudo certo, certifique do melhor formulário, entregue a declaração à Receita Federal;

• Não esqueça de emitir ou agendar o débito automático das guias de impostos, a primeira parcela ou quota única já vence em 30/06;

• Faça uma cópia de segurança da Declaração de Imposto de Renda e Recibo, emitindo e arquivando uma via física (papel) ou arquivo digital para consultas futuras;

• Acompanhe o processamento da declaração no site da Receita Federal até o efetivo processamento;

• Havendo alguma pendência acusada pela Receita Federal, analise o que foi declarado e sendo o caso, faça uma declaração nova declaração (agora retificadora) e acompanhe novamente o processamento mesma;

• Caso a pendência acusada pela Receita Federal não seja de sua responsabilidade, deverá aguardar a liberação de agendamento de atendimento eletrônico ou presencial em uma unidade da Receita Federal para apresentação dos documentos. Isso ocorre após o pagamento do último lote de imposto de renda, ou seja, a partir de 01/10/2020.

Interiorização da covid-19 no Brasil pode criar os ‘mortos invisíveis’, diz historiador

O historiador Luiz Antônio da Silva Teixeira afirma que com a migração da covid-19 das capitais para o interior pode provocar uma “invisibilização da epidemia” e dos mortos pela doença. Algo que aconteceu em 1918, na “gripe espanhola” – pior crise sanitária da história.

“Acredito que haverá uma invisibilização da epidemia. Cada vez mais pessoas vão morrer em regiões mais distantes, em lugares mais pobres, no interior”, explica o pesquisador da Casa Oswaldo Cruz, da Fiocruz, no Rio. “A epidemia vai ficar mais invisível.”

CAMPINAS – O historiador Luiz Antônio da Silva Teixeira afirma que com a migração da covid-19 das capitais para o interior pode provocar uma “invisibilização da epidemia” e dos mortos pela doença. Algo que aconteceu em 1918, na “gripe espanhola” – pior crise sanitária da história.

“Acredito que haverá uma invisibilização da epidemia. Cada vez mais pessoas vão morrer em regiões mais distantes, em lugares mais pobres, no interior”, explica o pesquisador da Casa Oswaldo Cruz, da Fiocruz, no Rio. “A epidemia vai ficar mais invisível.”

Segundo o historiador, os primeiros estudos sobre a “gripe espanhola” consideravam registros do Rio (que era a capital do Brasil) e de São Paulo, onde o vírus se disseminou primeiro e rapidamente provocou mais mortes, mas estudos recentes mostraram um “lado oculto da gripe”. O das mortes em regiões distantes dos centros, onde não houve contagem nem divulgação dos óbitos. “Um dado que ficou fora da história.”

Teixeira se diz otimista. Para ele, a covid-19 não deve ser tão “violenta e poderosa” como a “gripe espanhola” – que matou pelo menos 35 mil pessoas no Brasil, no ano final da 1.ª Guerra Mundial (1914-1918), e pelo menos 50 milhões no mundo. “Só no futuro, daqui uma década, os historiadores vão calcular esse número.”

Podemos comparar a atual pandemia com a de 1918, da influenza H1N1, ou de outras doenças infecciosas?
É muito difícil se pensar em comparativo, em relação a outras epidemias. Porque fora a epidemia gigante de gripe espanhola, a gente não tem nada parecido no mundo. Nada que tenha se disseminado com a força que teve a influenza em 1918. Acho que não vamos ter um número tão grande – nem de infectados nem de mortos. Mas não existe muita certeza.

A covid-19 não leva vantagem em relação à gripe espanhola, no quesito maior propagação, em decorrência da vida moderna?

Existem dois aspectos. Biologicamente, a gripe espanhola foi muito mais contagiosa, teve um poder de difusão muito mais forte. Mas socialmente as pessoas não andavam de avião naquela época, não pegavam carro e iam para outro Estado. Isso hoje faz com que o coronavírus se propague mais.

Então teremos mais transmissão e mortes por covid-19?

Acredito que haverá uma invisibilização da epidemia. Cada vez mais, pessoas vão morrer em regiões mais distantes, em lugares mais pobres, no interior. E nas grandes cidades, onde a maior parte já vai ter se infectado, vai diminuir. E a epidemia vai ficar mais invisível. Na gripe espanhola, estudos recentes de história mostraram exatamente isso. Os primeiros dados falavam sobre São Paulo e Rio, sobre a epidemia e a violência dela. Depois, mais recentemente, surgiram estudos sobre casos em Salvador e várias outras regiões. Eles começaram a mostrar o lado oculto da pandemia de 1918. Sobre como ela foi chegando aos lugares mais distantes, matando muito mais gente, sem contato com o serviço de saúde, sem contato com a imprensa. E isso não ficou para a história – no interior da Bahia, tem um trabalho de uma pesquisadora que mostra que os meses seguem e a doença vai se alastrando.

Ricardo Brandt, O Estado de S.Paulo

Rildo Amaral espanta seguidores do Insta com mensagem subliminar


Parece que a quarentena forçada à qual foram impostos os parlamentares maranhenses fez com que os mesmos desaprendessem a utilizar os apps. Na pressa de mostrarem aos seguidores que estão na “ativa”, a maioria se danou a postar fotos no Plenário Nagib Haickel.

Um destes foi o deputado de Imperatriz, Rildo Amaral. Na máscara do parlamentar, uma caveira que, segundo internautas, é o símbolo da morte…