Política

Ribamar: mãe de vereadora ‘cai de ladrão’ em Natércio nos corredores da Câmara

3 de janeiro de 2023

Bem que tentam copiar o bordão criado pelo ícone da Pinga Fogo, Coluna semanal com 6 anos de existência. Mas BABADO, CONFUSÃO E GRITARIA! aconteceu nos corredores da Câmara Municipal de Ribamar logo após emissários do governo mandarem a real para o “prefeito” que se fez presente no ato solene que deu poderes a Dudu Diniz (Cidadania), poderes estes outrora usados de forma sorrateira por forasteiros que caíram, por sorte do destino e um coração apaixonado, de paraquedas na cidade do peixe pedra com sobrenome conhecido e derrotado na última eleição.

Visivelmente constrangido ao ser tratado como peso morto pela presença do vice-prefeito Jr. Lago (Avante) que representava ali a autoridade máxima do município, de forma tosca Natércio pensou que iria ser tratado como é pelos plays que lhe acompanham em aventuras pras bandas de Panaquatira. Pelo contrário, o desrespeito de Dr. Julinho (PL) pelo parlamento ficou mais que evidente, ou seria medo de enfrentar a dura realidade, de frente, criada por um chegado Assessor Especial que pensou em lhe representar perante o Poder Legislativo?

Segundo informante bem posicionado, nos corredores da Casa do Povo rolou um para pra acertar depois que Dudu foi empossado, envolvendo a mãe da vereadora Luciana Lauande (Avante) e esposa do ex-secretário da Regularização Fundiária, pai da vereadora Luciana [Giancarlo Massete].

Dona Ana Lauande não guardou almoço pra janta e partiu pra cima de Natércio quando este saía de fininho, no melhor estilo “murro no peito”. O Assessor ficou sem ação, ouvindo poucas e boas da Dona Lauande. O nome mais bonito, captados por quem quisesse no recinto segundo fontes, foi “ladrão”. Do lado e com o punho já cerrado, o Sr. Lauande esperava qualquer reação do franzino.

Foi quando o pessoal do “deixa disso” acalmou os ânimos.

A revolta de Dona Ana tem explicação, quando seu marido foi acusado do mesmo adjetivo por Natércio, que fez a caveira para que Giancarlo fosse exonerado num momento de vulnerabilidade do prefeito, que estava tratando uma doença (ainda está?) para indicar uma pessoa de sua “confiança” para o cargo.

O blog falou sobre o assunto no dia 25 de março do ano passado…

Ribamar: Julinho ‘retorna ao cargo’ e começa festival de exonerações; veja a primeira contratação

 

Ribamar: Assessor Especial e concunhado do prefeito ostenta relógio de 5 vezes o valor do salário

 

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI