Política

Paço do Lumiar: Secretário de Segurança Pública desmente ‘Irmãos Campos’ e confirma que Qualitech agia de forma ilegal; obras com bloquetes da empresa deverão ser investigadas

12 de maio de 2022

Alderico e Leite / Ivan Wilson, Pindoba e Leite

Dois pesos e duas medidas é uma expressão popular utilizada para indicar um ato injusto e desonesto, algo feito de forma parcial. Normalmente, está relacionada com situações similares que são tratadas de formas completamente diferentes, seguindo critérios diferentes e a mercê da vontade das pessoas que as executam.

A expressão idiomática cabe perfeitamente na foto montagem acima, que mostra de um lado a prefeita de Paço do Lumiar, Paula da Pindoba (PCdoB) e, do outro lado, o irmão de Fred Campos, Alderico, que enquanto vereador chegou a assumir a comissão de meio ambiente daquela Casa mas parece não ter aprendido nada.

O ex-vereador – que não deixou saudades em Bia Venâncio, ex-prefeita de Paço hoje no ostracismo político com o “empurrão” dos Campos (um alerta para Carlos Brandão e Cia.) -, usou a tática mandrake, muito utilizada na política, para camuflar suas verdadeiras intenções.

Segundo apurou o blog por meio de seus informantes bem posicionados, no momento da batida da Polícia Ambiental no negócio irregular dos irmãos onde operava uma fábrica de bloquetes que foram usadas em obras do estado mas sem a devida origem legal – o que pode servir de escopo para uma futura investigação nas obras do governo Dino/Brandão e destinação de emendas parlamentares -, foi informado a membros da equipe que os “documentos” que dariam ar de legalidade à produção do material estaria no escritório dos Irmãos Campos, que ficava localizado do lado, no Posto Júlia Campos II.

O Cel. Leite, sem conhecer as artimanhas dos irregulares empresários, teria ido juntamente com Alderico ao escritório, como forma de “cortesia”, não sabendo ele que o registro fotográfico seria usado para “outros fins”, como foi. Fazendo-se de vítima, os brothers usaram setores da imprensa – não se sabe se a preço de bloquetes imorais e sem o devido rastro financeiro – que declararam a empresa ser de reputação ilibada que desfruta no âmbito da sociedade de reconhecida idoneidade moral, qualidade íntegra, “sem qualquer mancha” e “que paga seus impostos, gera centenas de empregos e produz renda aos maranhenses”. Curricular a empresa não tirou a chaga de operar de forma ilegal e contra as leis que protegem o meio ambiente, o que dá a entender que outros ilícitos podem estar acontecendo, envolvendo os mesmos atores.

A foto, usada pelo próprio Fred Campos como salvo-conduto para continuar agindo à margem da lei, teria deixado constrangido Leite, que preferiu deixar a poeira sentar para mostrar que, de fato, está do lado do bem, como diz a música de Legião Urbana:

É o bem contra o mal
E você de que lado está?
Estou do lado do bem
E você de que lado está?
Estou do lado do bem
Com a luz e com os anjos ***1965 (Duas tribos) 

O número 8 traz consigo a representação do equilíbrio e justiça, representando mediação e ponderação para lidar com questões simples e complexas. 8 dias depois do registro com “o lado do mal”, o Secretário de Estado de Segurança Pública do Maranhão, Coronel Leite, esteve “do lado do bem”, ratificando a ação de embargo de uma empresa irregular de fabricação de blocos pré-moldados realizada na última quarta-feira, 4.

Ao lado da de Pindoba, Leite explanou que Alderico/Fred se utilizaram de uma foto para jogar uma cortina de fumaça na ilegalidade da operação da empresa, que sem alvará não deveria funcionar, além de licença ambiental e outras documentações.

Ficou feio para quem???

Veja abaixo:

 

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog

AQUI