Política

Esquema do MEC: ‘Vigia’ que fez ponte entre Calvet e pastores lobistas será candidato a deputado estadual; suposto operador ostenta vida de luxo ‘fora do orçamento’

8 de abril de 2022

Oseas de Paula Viana Costa. Esse é o nome que pode levar ao desmonte de um provável esquema de tráfico de influências no Ministério da Educação (MEC). O blog do Neto Cruz, por meio de seus informantes bem posicionados, traz fatos curiosos sobre o “vigia”, que na noite de ontem (7), após matéria deste página, mostrou possuir “gordura” pra queimar nas eleições de 2022, onde concorrerá a uma das 42 cadeiras do Palácio Manuel Beckman. Até então desconhecido, no meio político, De Paula agora se coloca como um potencial pré-candidato, isso se o inquérito do STF não avançar e prejudicar a meteórica carreira política do “vigia”.

Filiado ao Republicanos, Oseas se coloca como rosariense da nata. Pode até ser, mas desde os 12 anos – segundo fontes confiáveis do blog – tinha zarpado da cidade do Micarroça. Viana até que tenta colocar-se como “funcionário público”. Resta saber se já deu algum plantão como “vigia”, como é lotado na Folha Santa da prefeitura, uma vez que é visto com frequência nos corredores de Brasília. O salário de R$ 2 mil garante essas pontes aéreas? Ou seria mais um marajá, abominado pelo ainda prefeito, que fazia pontes de interesses escusos? Os Senadores da Comissão de Educação e o inquérito aberto pela Ministra do Supremo Tribunal Federal, Carmen Lúcia, devem tirar essa dúvida da população rosariense.

Na foto acima, dia 23, Oseas estava em Brasília com o pastor Gilmar dos Santos, pastor que seria  integrante do gabinete paralelo do MEC que pediam dinheiro e até ouro em troca de liberação de recursos da pasta. Na legenda da foto, o bordão bolsonarista. E os plantões como “vigia”? Qual a escala do pré-candidato a deputado estadual? O registro fotográfico não tem dois meses e acontece antes de estourar o esquema de pedido de propina.

Para justificar a barrigada que Calvet deu ao participar da oitiva do Senado Federal, na qual gaguejou, tremeu e mentiu, Oseas tenta colocar no seu currículo que é um potencial apoiador de prefeitos vitoriosos na Região Munim, distribuído em releases divulgados logo após esta página mostrar a relação íntima entre ele e o atual prefeito de Rosário, Calvet Filho, o qual fez questão de suprimir e omitir do “jabá”.

O que a página apurou é que o “vigia”, conhecido de muitos prefeitos e políticos do MA, anda escoltado pelas ruas de Rosangeles, nome carinhoso da cidade (junção de Rosário com Los Angeles, Cidade dos Anjos).

Ora, caro eleitor – e em especial o rosariense -, como um “vigia” – não desmerecendo a classe, em hipótese alguma -, consegue desfilar em carros de luxo avaliados em quase meio milhão de reais. Tudo isso com o salário de R$ 2 mil? Coordenou campanhas exitosas em que sentido? E a contrapartida em ter “auxiliado”, foi agendando as mesmas pautas que agendou pro prefeito de Rosário, enrolado até o talo no aparente esquema envolvendo pastores e lobistas?

O site voltará a abordar o tema, com detalhes…

LEIA MAIS

Bomba! Provável operador de esquema no MEC está lotado na folha da prefeitura de Rosário; em vídeo, prefeito mentiu a Senadores da Comissão de Educação

Rosário: compra de votos pode derrubar Calvet Filho; TRE-MA anula decisão que favorecia prefeito

Rosário: no aniversário da cidade, prefeito convida como preletor Pastor lobista do MEC

Bomba! PGR Augusto Aras quer ouvir prefeito de Rosário sobre esquema de emendas no MEC

 

 

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog