Política

Morros: exonerações sem portarias chamam a atenção do Ministério Público

13 de janeiro de 2022

Paraíba conseguiu cair nas graças do morruense com distribuição explícita de dinheiro

Funcionários, recém-demitidos da gestão Paraíba, sentem na boca o gosto amargo da indiferença. É o que asseguram fontes confiáveis do blog que apuraram que demissões em massa, no mês de janeiro, foram mantidas. Mandados pra casa e esperar, muitos foram ferrenhos apoiadores do “Papa Tudo de Morros”, apelido carinhoso que vem sendo associado ao gestor.

Garantindo que, “em breve”, serão chamados novamente aos seus respectivos cargos, os agora desassistidos começaram a chiar.

Até agora, conforme levantado pela página, não foi expedida nenhuma portaria de exoneração, o que chama a atenção do Ministério Público, que deve ser provocado.

“O pagamento de dezembro saiu antes de ontem [11/01] para o restante dos funcionários (agora ele [Paraíba] paga em 2 datas). O salário de janeiro já não irão receber. Só que, de direito, ninguém está demitido, haja vista não ter nenhuma portaria de exoneração. Quero vê se ele vai expedir portarias com datas retroativas”, navalha informante bem posicionado.

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog