Política

Cadê o dinheiro? Professores de Rosário protestam e querem o rateio de R$ 6 milhões do FUNDEB

30 de dezembro de 2021

Nem corte profético faz Calvet escapar do processo de desgaste político

O prefeito de Rosário bem que tentou dar um zignal no dinheiro do FUNDEB, mas foi interceptado por professores atentos às contas públicas.

Segundo apurou o site, Calvet Filho tentava “fazer colar” a ideia de que o dinheiro do fundo eram apenas R$ 2 milhões, o que não daria para ratear entre os professores da rede municipal de ensino.

Porém, mais uma vez, foi pego com a boca na botija. Em reunião com o Conselho Municipal de Educação e Sindicato da Classe, foi descoberto que, na verdade, o valor nas contas do FUNDEB – que se não forem gastos serão devolvidos à União – é mais do que o triplo.

Como Calvet não abriu o diálogo, Professores estiveram presentes na porta da prefeitura cobrando uma posição do gestor, que recentemente teve a sua pupila aprovada pra o curso de Medicina do CEUMA, cuja mensalidade não é nada barata…

Veja:

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog