Política

Humberto de Campos: sem remédio, população sofre na gestão LF; prefeitura celebrou contrato de R$ 400 mil

1 de setembro de 2021

O polêmico Alison Cley mais uma vez mostrou o descaso do neófito Luís Fernando (DEM), que vem dando uma aula do que os prefeitos não devem fazer.

Ao procurar um simples acido fólico, que deveria ser distribuído gratuitamente pela gestão, não foi encontrado nem o atendente da farmácia, só para se ter uma noção de que, em HC, a saúde anda na UTI.

O blog já evidenciou que isso deve ser pelo fato da importante pasta ser parte dos acordos espúrios para que o empreiteiro Luís Fernando pudesse ser eleito.

Algo que não passou despercebido foi o contrato com a dispensa de licitação para a aquisição de remédios para Humberto de Campos, na bagatela de quase R$ 400 mil.

O status no Tribunal de Contas é “pendente de envio”, o que possivelmente atrase ainda mais a entrega do produto por algum erro ou suposto vício na elaboração do “contrato”.

Com a resposta pela falta de atendimento na Saúde, o Ministério Público.

Veja o vídeo:

 

 

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog