Política

Humberto de Campos: omissão de bens pode levar à cassação de Luís Fernando

26 de agosto de 2021

Luis Fernando e o vice, acompanhado das esposas

Declarações feitas pelo atual prefeito de HC, Luís Fernando (DEM), podem acarretar sérios problemas na Justiça.

Durante live, LF tentou se defender, mas na verdade se arrolou num eventual processo que pode ser aberto pelo Ministério Público, com pedido de cassação do mandato do engenheiro.

Fernando verbalizou que se desfez de vários bens pra chegar ao poder. Dentre eles:

SW4 – avaliada em R$ 230 mil

L-200 Triton – avaliada em R$ 193 mil

Quadriciclo – avaliado em R$ 30 mil

Jet Ski – avaliado em R$ 60 mil

Caçamba – avaliada em R$ 175 mil

Trator: avaliado em R$ 126 mil

Em suma, foram suprimidos e omitidos da prestação de contas eleitorais um montante que beira meio milhão de reais.

Ao Tribubal Superior Eleitoral, Luís disse ter, apenas, 100% das quotas da empresa L.Z. Soluções em Engenharia, onde diz ser sócio mas tem todo o capital social integralizado em seu nome, o que aponta para a participação de sócios ocultos na empresa do prefeito de Humberto de Campos.

Vale ressaltar que o plenário do TSE já julgou casos análogos a este, onde o prefeito eleito de Manaus usa a mesma estratagema de Luís Fernando, ao capitalizar votos ao declarar que não veio à política para buscar enriquecimento.

O MP deve entrar no caso e apurar a omissão de bens por parte do gestor à Justiça Eleitoral.

Veja o vídeo abaixo e tire suas próprias conclusões:

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog