Política

Morros: enquanto prefeito desfila em shopping de Brasília, quilombos sofrem com devastação e especulação imobiliária

6 de julho de 2021

Moradores do Quilombo Mato Grosso, localizado no município de Morros, Região Munim, denunciam a suposta invasão de terras para especulação imobiliária.

Segundo informantes bem posicionados do blog que frequentam o quilombo, o desmatamento se multiplica nos territórios quilombolas de Mato Grosso e Bom Gosto, ambos localizados na cidade hoje capitaneada pelo midiático prefeito Milton Santos, o Paraíba (PL), que percorreu as duas comunidades em busca de voto à época das eleições e depois sumiu.

O Rio Una e seus pequenos afluentes, na bacia do Rio Munim estão na ” UTI” da degradação ambiental, a especulação imobiliária e a corrida por terras nas proximidades dos cursos d’água tem feito uma verdadeira descaracterização do território quilombola. Sítios e áreas para lazer se multiplicam as margens dos pequenos córregos e riachos que tem seus ecossistemas modificados trazendo prejuízos para a qualidade da água, para a pesca local e o modo de vida das populações locais. Assoreamento, desmatamento da mata ciliar, derrubada de bacurizeiros, juçareiras, acúmulo de lixo, grilagem de terras tem impactado diretamente as comunidades quilombolas. Tudo isto com a ” vista embaçada” das autoridades locais do município de Morros, diz publicação do Fórum Carajás, que articula entidades do Maranhão, Tocantins e Pará na missão de acompanhar e monitorar os impactos socioambientais, que vem acontecendo de forma predatória nas comunidades acima descritas.

Enquanto isso, Paraíba desfila em shopping de BSB, alheio a tudo o que acontece no município onde foi eleito prefeito…

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog