Política

Ribamar: mancha indelével no ‘Auxílio Cidadão’ instiga vereadores a criarem CPI para apurar fraude no benefício

27 de junho de 2021

Fedeu, mais que diarreia de ressaca, as últimas matérias lançadas nesta página que mostra suposto esquema de favorecimento usando o programa ‘Auxílio Cidadão’. Vereadores, da base, estudam criar CPI para investigar a fraude.

O blog do Neto Cruz mais uma vez sai na frente e traz com exclusividade os bastidores da política na cidade balneária.

Neste sábado (26), o titular do site foi contactado por cinco parlamentares, que se demonstraram indignados com os casos escancarados de maracutaia contra o Auxílio Cidadão, que já recebeu a chaga de ‘Auxílio Cabo Eleitoral’. A lei foi aprovada no plenário da Câmara e deveria, de acordo com a idealizadora e esposa de Julinho, Gilvana Duailibe, ajudar ribamarenses que estão passando dificuldades.

Os embucetados parlamentares compartilharam ao blog, em primeira mão, que estão em tratativas com pelo menos 10 vereadores para propor a criação da CPI da Fraude ao Auxílio Cidadão, o que pode enterrar em definitivo a sobrevida política do bigodin.

Os vereadores querem saber informações básicas, como, porque a Prefeitura não fez nenhuma divulgação ao público em geral, de como proceder para se cadastrar e receber o auxílio, navalhou um novato edil.

Queremos saber como funcionários da prefeitura com salários acima de R$ 3 mil reais, supostamente ligados à presidente da Câmara, Francimar Jacintho, apareceram na relação de contemplados com o auxílio de R$ 120 reais, navalhou uma parlamentar.

A insatisfação por parte dos edis e revolta com o tratamento diferenciado à afilhada do prefeito levanta suspeitas entre os pares.

Como foi feito a seleção dos estabelecimentos comerciais que receberão os recursos? Não sabemos, denuncia um parlamentar mais experiente.

Vamos propor a abertura da CPI em defesa dos ribamarenses que estão sendo prejudicados. Enquanto muitos que precisam ficaram de fora dessa relação que ninguém sabe como foi feita, outros muitos privilegiados com salários gordos foram incluídos na lista misteriosamente, protestou outro vereador.

Ao blog do Neto Cruz, os vereadores ainda se disseram surpresos com o contrato de R$ 600 mil pagos a empresa de Santa Catarina, tudo usando como pano de fundo o Auxílio.

Outro assunto que deixou os vereadores e sociedade ribamarense curiosa é a ONG milionária, que abocanhou R$ 20 milhões dos cofres públicos.

Se Princesinha não engrossar o caldo do Mocotó, vai feder…

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog