Política

O que falta para Flávio Dino e uma ala do PCdoB migrarem ao PSB

1 de junho de 2021

A indefinição sobre as regras do jogo eleitoral para 2022 é o que impede uma movimentação importante nos partidos de esquerda nessa pré-temporada de alianças políticas.

Como o Radar vem mostrando desde o ano passado, uma ala importante do PCdoB, liderada pelo governador do Maranhão Flávio Dino, busca alternativas para o provável naufrágio do partido a partir da cláusula de barreira.

O caminho mais provável é a mudança ao PSB de Carlos Siqueira a partir de uma fusão, mas os aliados de Dino ainda tentam fazer avançar na Câmara uma proposta de emenda à Constituição que cria federações partidárias, mecanismo que permitiria aos partidos atingidos pela cláusula de barreira formarem federações com outras siglas para atuarem conjuntamente no Parlamento, mas sem perder suas colorações programáticas.

Enquanto essa definição não acontece, os quadros do PCdoB seguem em namoro com o PSB. Como o Radar já mostrou, Dino vai disputar o Senado em 2022.

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog