Política

BOMBA! Troca de mensagens aponta para compra de votos em Rosário

21 de abril de 2021

O exonerado secretário de saúde de Rosário, Willame Anceles, deixou seu comentário no nosso site, o que mostra que o marido da vice não dorme sem antes apurar os bastidores da política em tempo real na nossa página. O titular do blog do Neto Cruz agradece o clique. Porém, vem chamar a atenção do azarado: ameaçar a Imprensa Livre de processo não o levará a lugar nenhum, assim como se encontra hoje.


Na persecução da verdade, o blog foi além e descolou documentos exclusivos que mostram o próprio Anceles cavando uma derrota nos tribunais. Em print anexado ao processo impetrado por Jonas Magno contra Calvet Filho por suposta compra de votos, Willame aparece oferecendo a direção e um hospital a uma liderança política, caso Filho viesse a obter êxito nas eleições. Traído por Magno, Anceles diz, conforme imagem,  que Calvet Filho era o único que tinha chances reais de vencer. [Também, com esse modus operandi, quem não ganharia? Grifo do editor do site.] As mensagens foram trocadas no dia 23 de setembro, menos de 2 meses antes das eleições. 

O Escritório de Advocacia Chagas & Rodrigues Sá vê no comportamento do marido da vice-prefeita Cláudia Anceles o crime preconizado no Art. 41-A.

Ressalvado o disposto no art. 26 e seus incisos, constitui captação de sufrágio, vedada por esta Lei, o candidato doar, oferecer, prometer, ou entregar, ao eleitor, com o fim de obter-lhe o voto, bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública, desde o registro da candidatura até o dia da eleição, inclusive, sob pena de multa de mil a cinqüenta mil Ufir, e cassação do registro ou do diploma, observado o procedimento previsto no art. 22 da Lei Complementar no 64, de 18 de maio de 1990. (Incluído pela Lei nº 9.840, de 1999).

No bojo do processo e anexado nos autos, há também postagens em redes sociais mostrando o que seria compra de votos no dia das eleições, 15 de novembro de 2020, nas ruas de Rosário.

Dias antes do pleito, a milícia digital ligada a Calvet disparava, em grupos de WhatsApp, que todas as pesquisas que apontassem Jonas na frente não deveriam ser levadas a sério, como mostra arquivo também juntado ao processo que vai tirar o sono do prefeito social cristão nos próximos dias.

Para consulta pública no site da Justiça Eleitoral e, sempre pautando a verdade, trazemos o processo com exclusividade, em anexo:

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog