Política

Paço do Lumiar: Vereadora Alexisandra Garcia faz balanço dos 100 primeiros dias de mandato

12 de abril de 2021

No último sábado, 10, completaram-se 100 dias de atuação dos prefeitos e vereadores eleitos no último pleito. A vereadora de Paço do Lumiar, Alexisandra Garcia (Rede), celebrou os pouco mais de três meses de atuação do seu primeiro mandato, prestando contas à sociedade.

Através das suas redes sociais, é possível ter uma ideia do trabalho que Garcia vem desempenhando. Nos seus perfis, ela mostrou as diversas visitas que fez às Secretarias Municipais para conhecer os serviços e cobrar soluções para os problemas apontados pela população. Saúde, Desenvolvimento Social, Infraestrutura, Educação, Agricultura, além de reuniões com representantes de secretarias do governo do estado, como Agricultura Familiar e Igualdade Racial, foram algumas das pastas frequentadas.

Lutas até agora

Nas sessões ordinárias, a vereadora levou temas muito importantes para o debate. Nas provocações, Alexisandra defendeu a priorização da saúde dos idosos, principalmente no plano municipal de imunização contra a Covid-19; pediu que editais de financiamento fossem ofertados pelo Município para destinar recursos às instituições da sociedade civil; cobrou mais capacitação e oportunidade de trabalho para as pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza; reivindicou obras e revitalização de espaços públicos; defendeu o comércio durante o período de pandemia; destacou a necessidade de fiscalizações mais eficientes, especialmente em feiras e estabelecimentos que comercializam produtos de origem animal; pediu acolhimento das crianças e adolescentes órfãos da Covid; foi a favor do diálogo mais efetivo entre Município e Ministério da Saúde no que se refere às ações voltadas ao enfrentamento da Covid; exigiu articulações rápidas para que a vacina fosse retomada quando houve a paralisação devido à falta de vacinas, solicitando que o município realizasse compra direta por meio de inclusão em consórcio nacional.

Compreendendo que o atual quadro de crise sanitária se dá dentro de um contexto de crise ambiental, Alexisandra Garcia apresentou à Câmara o projeto de lei para a criação do Plano Municipal de Desenvolvimento Sustentável dos Povos, Comunidades Tradicionais e de Matriz Afroameríndia, que objetiva dar proteção e garantias de desenvolvimento a partir de políticas públicas de preservação das comunidades tradicionais e da zona rural luminense, com foco na agroecologia e sabes tradicionais. O projeto foi aprovado por unanimidade na Câmara.

“Aproveitei bastante os meus espaços na Câmara. Levei pautas de interesse do povo, ouvi as pessoas, os trabalhadores, os pais de família, os homens e mulheres luminenses. Porque, como afirmei no meu juramento, o meu lado é o povo. Estamos apenas começando. A minha missão é grandiosa. Só estarei satisfeita quando, verdadeiramente, enxergar que a nossa cidade avançou no processo de desenvolvimento sustentável com justiça social, respeito ao ser humano e na garantia dos direitos”, garantiu Garcia.

Diálogo com o terceiro setor

O terceiro setor teve voz nos primeiros dias de atuação da vereadora. Uma das perspectivas de Alexisandra Garcia é que o setor seja fortalecido e mais valorizado. Instituições como a Apae, Associações e Uniões de Moradores, Institutos, Escolas Comunitárias, Sindicatos da Classe Produtiva receberam a visita e apresentaram suas demandas à vereadora, por meio do Departamento de Assessoria às Organizações Socias, em seu gabinete, que oferta gratuitamente consultoria jurídica, contábil, em elaboração de projetos e captação de recursos.

Para dona Maria, fundadora do Instituto Conviver, na Vila Cafeteira, a presença de Alexsandra Garcia, na Câmara gerou boas expectativas.

“É um momento muito importante e temos expectativas da vereadora se somar à causa, abraçar e, claro, fortalecer o movimento do terceiro setor na nossa cidade que está precisando bastante desse olhar, dessa força e escuta”, comemorou.

Por Onde Andei

Discutir a mobilidade e a acessibilidade da cidade foi tratado como prioridade. A vereadora Alexisandra organizou uma campanha chamada “Por Onde Andei”, que traz uma série de assuntos relacionados à inclusão de pessoas com deficiência e à estrutura da cidade em termos de acessibilidade e mobilidade, discutido em visitas a famílias e organizações socias.

Nesse intuito, Alexisandra apresentou projeto de lei dando à prefeitura autorização para realizar serviços e obras de baixa complexidade em regime de mutirão voluntários:

“Esse projeto busca dar amparo material e técnico por parte da prefeitura às ações comunitárias em regime de mutirão, a população já realiza muito esse tipo de trabalho, só que sem nenhuma participação do poder público”, explica Garcia; para ela, este projeto autorizativo pode dar celeridade às obras de infraestrutura tão demandadas em Paço.

“A ideia é fomentar o debate, conscientizar a população e cobrar do poder público que sejam realizadas obras estruturantes para melhorar o histórico e grave problema da mobilidade e acessibilidade da nossa cidade. Estamos chamando as pessoas para o diálogo e vamos levar as demandas para os Órgãos competentes. Paço do Lumiar ainda precisa avançar nesse sentido”, lembrou Byron.

Mandato em ação

A vereadora conheceu de perto os problemas de vários bairros da cidade.

“Muitos desses problemas eu já conheço, já que os enfrento em minha própria comunidade, a Vila Cafeteira. Fomos ao Nova Vida, Pedro Careca, Iguaíba, Rua do Aeroporto, Abdalla 2, Mocajutuba, Carlos Augusto, Timbuba, entre outros locais da cidade para compreender as demandas dos cidadãos que nos acionaram para cobrarmos alternativas cabíveis. Posso dizer que a escuta, a ida in loco tem sido muito importante”, opinou.

Aprovação de matérias

Alexisandra Garcia votou favorável a projetos muito importantes, a exemplo do Auxílio Emergencial Municipal da Cultura, defendido e elogiado pela vereadora.

“Sem dúvida, foi uma das proposituras aprovadas mais relevantes nesses 100 dias. O setor cultural de Paço do Lumiar é pujante, merece e preciso deste amparo neste tempo difícil e que atingiu fortemente os nossos artistas”, avaliou a vereadora.

Protagonismo

A atuação de Alexsandra foi reconhecida pelos demais colegas da Casa Legislativa, agentes públicos e pela população.

“Só de saber, em minhas visitas, que as pessoas ficam surpresas quando me veem nas ruas, fiscalizando e fazendo diagnóstico dos problemas da cidade, é algo que mostra que estou no caminho certo. Só tenho que agradecer aos colegas da Câmara pelo carinho e respeito pelo meu trabalho. Sou muito bem tratada e as minhas pautas são sempre acolhidas pelos queridos vereadores. Esse respeito é nítido e a minha relação com todos os 18 vereadores é muito positiva”.

Expectativas

Segundo a vereadora, a luta contra a pandemia e seus impactos sobre os mais vulneráveis, continuará sendo a prioridade do mandato, sem deixar de lutar pelas pautas defendidas ao longo da sua Campanha.

“O nosso foco são as ações contra a pandemia. Precisamos vencer essa luta, precisamos voltar ao nosso normal, mas criando algo novo, mais justo, humano e sustentável. Os profissionais da Saúde estão cansados, doentes. As famílias estão passando necessidade. Essa continua sendo a nossa luta prioritária, mas não podemos perder o foco das demais pautas”, assegurou.

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog