Política

Rafael Caracas, da GDR Construções, na mira do Ministério Público

16 de março de 2021

Após chuvisco que caiu na noite desta terça-feira, 16, na Grande Ilha, ficou mais que evidente que a empresa GDR Construções, por meio do seu empresário individual Rafael Alencar Caracas, desafia a Justiça.

O site denunciou, em janeiro deste ano, que a empresa lançaria esgoto no Rio Cururuca. Moradores chegaram a fazer protesto. Resumo da ópera: a empresa, pra lançar dejetos fecais no Rio Cururca – que passa pelo bairro -, precisaria entrar com uma contrapartida, que seriam melhorias de infraestrutura além de construção de casas para idosos e pessoas com necessidades especiais. No caso em tela, sem mel, nem cabaça. O blog apurou, através de denúncias de moradores, que a obra em questão se tratava de uma obra fantasma. Vereadores, inertes, chegaram a vistoriar o bairro. Puro engodo. Depois disso, escafederam-se.

Agora, na temporada das chuvas, a coisa piorou. Quem mora no bairro Rio Grande está impossibilitado de ir para casa, vide estrago feito pela GDR no percurso. As valas abertas para passarem tubulação de esgoto, de outro empreendimento da empresa, mostram a falta de planejamento e descompromisso com quem por ali precisa passar.

Resta saber até quando Rafael Caracas vai tripudiar tanto de quem precisa exercer do seu direito de ir e vir, como frisado por um morador no vídeo, além de afrontar a Justiça.

Morador da Península, Caracas não precisa enfiar o pé na lama para chegar em sua residência…

O site tentou contato com a empresa, sem sucesso.

O espaço está aberto para os devidos esclarecimentos.

Veja os vídeos e tire suas próprias conclusões:

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog