Política

Crise no PTB pode ser cortina de fumaça

20 de fevereiro de 2021

O presidente nacional do PTB e ex-deputado Roberto Jefferson (RJ) anunciou, poucos minutos depois da votação que ratificou a continuidade da prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), que “dissidentes” da sigla serão punidos.

Na visão de R.J., os deputados Pedro Augusto Bezerra, do Ceará, e Pedro Lucas Fernandes, do Maranhão, não seguem as diretrizes do partido e, por isso, perderão o comando do partido dos estados.

Segundo o site Atual7, Pedro Lucas afirmou que está tranquilo.

O que se comenta nos corredores do poder é que Jefferson estaria apenas usando a referida votação como desculpa para tomar a direção estadual do PTB de Pedro Fernandes/Pedro Lucas.

Conforme apurou o blog, a insatisfação de Roberto Jefferson teria se iniciado nas eleições do ano passado, quando a indicação seria de que o PTB caminhasse com um candidato/partido que tendesse pra direita [Podemos/Braide]. Pedro Lucas decidiu apoiar Neto Evangelita, do PDT (centro-esquerda).

Rumores ganham força de que quem receberá de bandeja o partido será o senador Roberto Rocha, que é aliado de Bolsonaro, assim como Jefferson.

A tese ganha força pois quanto mais próxima as eleições presidenciais, maior será a pressão para R.R. sair do PSDB, partido que tem o governador João Dória como presidenciável. Questão de lógica.

É aguardar e conferir…

 

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog