Política

Estreito: Léo Cunha favorece forasteiros e esquece de aliados de campanha

O novo prefeito de Estreito, Léo Cunha (PL), já iniciou o mandato perdendo aliados por não cumprir os famosos “acordos de campanha”. Após vencer às eleições, o neófito já nomeou amigos de Imperatriz para comandar secretarias e ocupar cargos de confianças.

A denúncia foi feita por um médico que já morou no município de Estreito, Dr. Juan Alburqueque. Segundo ele, uma ex-funcionária e diretora do hospital de Porto Franco, na gestão de Adersinho, aliado de Deoclides Macedo, está ocupando um dos melhores cargos no Hospital Municipal de Estreito. Além disso, familiares da primeira-dama da cidade de Imperatriz já estão empregados na Prefeitura na sombra e água fresca.

O gesto tem revoltado os até então aliados de Léo Cunha, que esteviveram durante toda campanha ao seu lado. O novo gestor já tem perdido aliados, que não aliviam críticas ao modus operandi de Cunha.

Entre eles o Presidente da Colônia de Pescadores de Estreito, além de outros que já sinalizaram abandonar o grupo de Léo Cunha após presenciar a nomeação de forasteiros de outras cidades para ocupar cargos na Prefeitura de Estreito.

Comentários

Comentários

Conheça o Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog