Política

HERANÇA EDIVALDO JR – Milhões em praças, zero em educação

Pagamento de abono salarial pela Prefeitura de São Luís comprova má gestão dos recursos da Educação Municipal

Não era de se esperar nada diferente em 2020, todos já sabíamos que São Luís iria se tornar um verdadeiro canteiro de obras as vésperas da eleição municipal, obras essas que não é preciso ser um gênio para saber que boa parte não será concluída. A questão contudo, se torna grave, quando a Secretária Municipal de Educação de São Luís não apresenta nenhum plano para o retorno das aulas aos mais de 80 mil alunos matriculados na rede municipal.

Nenhuma escola da rede recebeu sequer algum recurso para adaptar sua estrutura para receber alunos e profissionais da educação.diante da pandemia. Mas afinal, a educação não é uma prioridade? Isso é conversa antiga pra boi dormir. Obras em escolas públicas ficam distantes dos olhos da população. Praças e ruas são mais visuais e mais fáceis de convencer a população de que a prefeitura é atuante.

Enquanto isso, o Maranhão, em especial São Luís, continua configurando com os piores índices educacionais do país. A última Avaliação Nacional da Alfabetização – ANA, divulgada pelo MEC há 2 anos, mostra que na rede municipal não chega a 6% o número de alunos do 3° ano do fundamental que conseguem ler e escrever adequadamente um texto assim como não chega a 3% o número de alunos que conseguem resolver problemas básicos de matemática.

São mais de 80 mil alunos que estão sem aulas desde março, mais da metade desses alunos não têm acesso a internet, dados levantados pela própria SEMED, inviabilizando aulas online ou remota pela internet. Até quando a população ludovicense vai se colar diante desse descaso?

Comentários

Comentários

Conheça o Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog