Política

PAÇO DO LUMIAR – Inaldo Pereira é investigado pela PF por suposta compra de votos

O paladino da ética e repetidor do Art. 1, § 1 da Constituição Federal de 1988, Inaldo Pereira, parece que entortou o ponteiro da sua bússola moral. Pré-candidato a prefeito de Paço do Lumiar, Inaldo perde seu tempo atacando opositores e sempre operou deste modo, uma vez que a ausência de propostas do seu “plano de governo” é evidente.
Pereira, que nasceu em Presidente Juscelino, só esquece de que quando se aponta um dedo para alguém, quatro apontam de volta para si.

No não tão longínquo ano de 2014, Inaldo se lançou a deputado federal, fazendo dobradinha com o filho da prefeita de Vitória do Mearim.

Em 2016, foi instaurado inquérito mediante portaria com o fim de apurar suposta compra de votos pelos candidatos Inaldo Pereira e Ricardo Rios, candidatos respectivamente a deputado estadual e deputado federal, que estariam entregando envelopes com o valor de R$ 40,00 para cada eleitor durante seu comitê de campanha realizado na Avenida Maiobão, próximo ao Depósito Mineiro e à Agência dos Correios.

A conduta imoral e ilegal fere o que preconiza o Código Eleitoral:

Art. 299. Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita:
Pena – reclusão até quatro anos e pagamento de cinco a quinze dias-multa.

Com isso, o discurso pseudo-moralista de Inaldo pode ser tido, apenas, como verborragia, desde que “Che” deu um balão no “Moral da BR”…

O Blog tentou obter uma resposta do pré-candidato a prefeito de Paço do Lumiar, mas não obteve êxito.

Veja mais clincando aqui.

Comentários

Comentários

Conheça o Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog