Política

Simplício Araújo deveria cobrar de Dino o que cobra de Bolsonaro

O secretario de Estado de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão Simplício Araújo, com certeza com a ordem do seu líder Flávio Dino, emitiu opinião sobre a ausência de ajuda do governo federal para o empresariado.

Araújo diz o seguinte:

Precisamos dos auxílios do Governo Federal para socorrer esses empresários e assim, podermos retomar a economia, mas, infelizmente, essas medidas não estão surtindo efeito.

Dino e Simplício só se esqueceram do seguinte, segundo comentário feito em grupos de WhatsApp que tratam de política:

E no governo do estado do Maranhão. O que foi feito pelas pequenas e micro empresas aqui no Maranhão? Qual é o incentivo fiscal que o estado dá as micro e pequenas empresas? Nós sabemos o quanto é difícil abrir e manter uma pequena ou microempresa aqui no estado Maranhão. O ICMS no Maranhão praticamente deixou de existir para alguns ramos de atividades, agora tá sendo cobrada é a ST (SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA) e o MVA (MARGEM DO VALOR AGREGADO). Essas alíquotas e margem tem aumentado consideravelmente nesse governo para quem é enquadrado de acordo com o ramo de atividade ou tipo de produto comercializado. O MVA é um fator em percentual agregado ao custo do produto adquirido em em outro estado que serve como base de cálculo do ICMS na aquisição de um produto. O ICMS que significa teoricamente IMPOSTO SOBRE CIRCULAÇÃO DE MERCADORIA E SERVIÇOS, deveria é mudar de denominação para ICM (IMPOSTO NA COMPRA DE MERCADORIA). Antes se comprava um produto e era feito a apuração do ICMS na venda deste produto, e o imposto era pago até o dia 20 do mês seguinte. Também muitos “mercadinhos” ou comércios de bairro fecharam as portas por causa do aumento do ICMS, de 17% para 18%. Também por motivo da concorrência de um grande grupo que é beneficiado com apenas 2% de ICMS, enquanto o restante paga 18%. Com a palavra os falantes economistas: o secretário de Fazenda do Governo Flávio Dino, Marcellus Ribeiro e o ex-IMESC, Felipe de Holanda. Ambos com viés comunista. E ainda o secretário de Indústria e Comércio do Maranhão, Simplício Araújo.

Comentários

Comentários

Conheça o Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog