Política

LOCKDOWN – Flávio Dino afirma que barreiras serão montadas na Grande Ilha

1 de Maio de 2020

Em entrevista coletiva, realizada na manhã desta sexta-feira (1º), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PcdoB), falou sobre o cumprimento da decisão do Poder Judiciário, que obrigou o Estado a estabelecer o bloqueio total (lockdown) das atividades não essenciais na Região Metropolitana de São Luís. Flávio Dino afirmou que dará cumprimento a essa decisão e irá, até domingo (3), editar o decreto do lockdown, que vai entrar em vigo na terça-feira (5), pelo prazo de 10 dias.

Entre os itens que constarão no decreto, o governador afirmou que haverá restrição do tráfego de veículos na entrada e saída da Ilha de São Luís e reforçou que não haverá desabastecimento, já que os caminhões poderão circular transportando alimentos e todos os produtos que são necessários para as atividades econômicas e sociais.

“Não há necessidade de corrida para compra de alimentos, os estabelecimentos que vendem comida estarão todos abertos. Vimos uma corrida, na noite dessa quinta, para comprar alimentos com base em fake news. Eu peço, não se aglomerem sem nenhuma racionalidade em supermercados e feiras, pois estarão abertos assim como as farmácias.

Ainda segundo o governador, haverá a restrição das atividades essenciais ao mínimo necessário. Entre as atividades, hoje consideradas essenciais, que serão paralisadas, o governador citou serviços de comércio, indústrias e obras de construção civil.

Fonte: G1MA

Comentários

Comentários

author-avatar

Sobre Neto Cruz

Contador (CRC/MA 012900), Jornalista (DRT 1792/MA), Acadêmico de Direito, Membro Fundador e Efetivo da Academia de Letras de Paço do Lumiar . Criou o Blog do Neto Cruz em 29 de Novembro de 2010. E-mail: [email protected] Instagram: @netocruz_doblog